fbpx
Conecte-se agora

Caminhoneiros e camponeses bloqueiam pontes e estradas que dão acesso à Cobija

Publicado

em

Nesta quarta-feira (22) um movimento de pequenos produtores de castanhas decidiram bloquear a ponte Wilson Pinheiro, que liga a cidade de Brasileia à Cobija, capital de Pando.

O motivo do bloqueio seria preço da lata de castanha que será reduzido por volta de 40%. A redução do preço irá afetar os pequenos produtores do país vizinho.

Segundo informações, o bloqueio começou devido a vários protesto no lado boliviano que vêm ocorrendo a mais de dez dias. De acordo com as informações, o movimento começou bloqueando alguns pontos de estradas no interior do estado de Pando e Riberalta.

Já no lado de Epitaciolândia, a ponte da Internacional que é o principal acesso de caminhões de grande porte, produtos alimentícios e outros, também está bloqueada, devido um impasse entre a categoria dos caminhoneiros dos dois países e, segundo eles, a causa é a burocracia boliviana

Quem também decidiu aderir ao movimento foi a categoria de transporte urbano por meios de vans, que está exigindo mais melhorias por parte do governo.

De acordo com informações, o acesso ao lado boliviano e brasileiro, ocorre somente a pé.

No lado do comércio boliviano, as compras reduziram devido o pouco fluxo de turistas que estão apreensivos, temendo uma radicalização total com o bloqueio total das pontes.

Com informações do Alto Acre




Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas