Conecte-se agora

Secretário de Socorro Neri critica viagem de Gladson e diz que armas não resolvem a violência

Publicado

em

A participação do governador Gladson Cameli, do vice Major Rocha e do Comandante Geral da Polícia Militar, Ulysses Araújo, na maior feira de armas do mundo enquanto o Acre vive uma séria crise na segurança pública, continua repercutindo.

Nas redes sociais, o embate é sobre quem acha pertinente o investimento na aquisição de novas e modernas armas para o aparelhamento das forças de segurança pública e de quem entende que a compra de armas não vai resolver o banho de sangue que tem acontecido no Acre.

Essa última, inclusive, é a opinião do presidente da Fundação Garibaldi Brasil, da prefeitura de Rio Branco. Sérgio de Carvalho, criticou a viagem à Las Vegas e disse que mais armas só trarão mais morte dos jovens nos bairros de Rio Branco.

Ele sugere ao governador que lugar de visitar a maior feira de armas do mundo, visite a Colômbia e constate que foi com investimento em cultura, esporte e educação que o país conseguiu se recriar após o domínio dos grandes cartéis do tráfico de drogas. “Sugestão: vão dar uma volta na Colômbia, pois foi com cultura, esporte e educação que o país se levantou e se recriou depois dos grandes cartéis do tráfico. Dali sim, podem trazer qualquer possibilidade de mudança”.

Sérgio diz que é preciso uma discussão mais profunda e defende a descriminalização das drogas. “Que possamos ir para uma discussão profunda. E esta discussão passa pela cultura, pela descriminalização das drogas, pelos direitos!”.

 

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas