Conecte-se agora

Fuga de presos em Rio Branco pode ter relação com a do Paraguai

Publicado

em

FOTO: G1/ACRE

Há relação entre a fuga ocorrida no presídio de Rio Branco com a debandada em massa no Paraguai. 76 presos ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero, na fronteira do Brasil com Paraguai.

Entre os fugitivos estão 20 brasileiros. A recaptura já começou, segundo informou o Sistema Nacional de Segurança Pública.

No Acre, quase 30 presos do pavilhão L fugiram do presídio Francisco D´Oliveira Conde. Uma das lideranças dos policiais penais, Janes Peteka, disse que “pela lógica” há sim relação da fuga ocorrida no Acre com a do Paraguai, já que os presos conseguem se comunicar entre si nos países vizinhos. “No Pavilhão L fica o pessoal Bonde dos 13, aliado do PCC, que está na fuga do Paraguai”, explicou Peteka.

O ac24horas buscou contato com autoridades da segurança pública para avaliar a relação das duas fugas, mas não obteve sucesso.

Em nota, o Governo do Acre se manifestou sobre a fuga deste fim de semana e diz que “todas as forças de segurança do Estado foram acionadas e várias medidas operacionais estão sendo realizadas para captura dos foragidos”.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas