Conecte-se agora

Aviação do Acre teve 45 acidentes e incidentes de 2011 a 2019

Publicado

em

O Acre registrou 45 incidentes, acidentes e incidentes graves na aviação entre 2011 e 2019. A maioria dos casos, os incidentes, somaram 28 registros no período. O último registro ocorreu em Feijó no dia 23 de dezembro de 2019, mas não há detalhes sobre o caso –isso porque o caso do helicóptero Harpia 01 não estava catalogado no Painel de Dados -criado pela Aeronáutica Brasileira para dar transparência aos acidentes na aviação- até este domingo, 19 de janeiro. O Harpia se envolveu em acidente neste sábado (18) tocado na hélice por um caminhão em Rio Branco.

Em 2018 ocorreu o maior número de fatalidades na aviação acreana e no ano de 2012 ocorreu a maior parte dos incidentes graves: foram 12 registros.

As falhas de motor em voo são os maiores problemas: seis casos com essa característica foram considerados ´acidentes´. Os estouros de pneu foram o segundo incidente mais comum, com 7 casos. Falhas no trem de pouso foram o quarto problema com mais casos.

Rio Branco foi o lugar com maior número de ocorrências: 23 incidentes, 3 acidentes e 1 incidente grave. Do total de 11 acidentes, 2 ocorreram em Feijó.

O avião PA34, bimotor, são os que mais se envolveram em ocorrências no período, seguido do PA32, monomotor.

Do total de ocorrências, seis ainda estão ativas, sob investigação, incluindo um caso de 2011 em Senador Guiomard. A maioria, no entanto, está finalizada e com recomendações já implementadas.

“A atividade de investigação de um acidente aeronáutico é um processo dinâmico e pode demandar anos até a publicação do Relatório Final, por isso, existe a possibilidade de os dados aqui tabulados sofrerem alterações durante o curso das investigações”, explica a Anac.

O órgão que mais emitiu recomendações foi a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Segundo levantamento, o Brasil registrou no ano passado o menor número de acidentes com aviões e helicópteros desde 2010. Em 2019, foram 142 acidentes, com 58 mortes. Em 2010, ocorrem 129 acidentes e 55 mortes, segundo o painel criado pelo Sistema de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, ligado ao Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos.

O acidente com o Harpia no Acre repercutiu muito. O portal especializado em aviação militar, o Cavok, fez a seguinte observação acerca das circunstâncias que levaram o caminhão a tocar a aeronave: “num primeiro momento, não se identifica nenhum cordão de isolamento da área e o que se observa é o trânsito fluindo normalmente”.

O Cenipa é o órgão brasileiro responsável pela investigação de acidentes aeronáuticos e pela consequente divulgação dos dados referentes à essas ocorrências.

Anúncios

Acre

No Acre, PRF apreende quase 100 mil cigarros contrabandeados

Publicado

em

Milhares de pacotes de cigarros contrabandeados e dezenas de pneus ilegais foram apreendidos durante uma ação da Polícia Rodoviária Federal no Acre (PRF/AC) ocorrida na madrugada desta quinta-feira, 24, no município de Senador Guiomard.

Um homem foi preso após os PRFs abordarem o motorista de um caminhão boiadeiro, no Km 91 da BR-317. Foram localizados 4.725 pacotes, contendo cerca de 945 mil cigarros de origem estrangeira, e 38 pneus irregulares. Uma equipe da Polícia Militar do Acre (PMAC) apoiou na ocorrência.

O caminhoneiro recebeu voz de prisão e foi conduzido, com o veículo e toda a mercadoria apreendida, à Sede da Polícia Federal, na capital acreana, para os procedimentos pertinentes.

Continuar lendo

Acre

Gladson está engajado pela Loren Medeiros no The Voice Kids

Publicado

em

O governador Gladson Cameli engajou-se em em apoio à jovem acreana Loren Medeiros em mais uma etapa eliminatória no The Voice Kids, programa que revela talentos da música internacional.

“Ela também é lá de Cruzeiro do Sul e está participando do programa The Voice Kids, da Globo. Neste domingo, dia 27, basta votar no site ou app do Gshow”, disse o governador.

Ela faz parte do Conservatório Musical do Juruá, projeto do Ministério Público do Acre que ajuda jovens através da música em Cruzeiro do Sul.

“Vamos ajudar a Loren a ganhar a competição e chegar na semifinal. Conto com a participação e torcida de vocês”, pediu Gladson.

Continuar lendo

Acre

Xapuri tem a pior qualidade do ar no Acre, nesta quinta-feira

Publicado

em

Entre os 10 municípios com mais focos de queimadas no país nas últimas 24 horas, Xapuri tem fumaceiro nesta quinta-feira, 24, e o pior registro de qualidade do ar no Acre no começo da manhã, de acordo com o sensor de monitoramento instalado na sede do 8º Batalhão do Corpo de Bombeiros.

De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), foram 17 focos de calor detectados no município nesse período pelo satélite de referência AQUA Tarde. Brasiléia, com 31 focos, Sena Madureira, 24, e Rio Branco, 19, também figuram entre os que mais tiveram ocorrências registradas pelo órgão.

No Acre, há mais de 30 sensores que monitoram a qualidade do ar. Os equipamentos são parte de um projeto entre o Ministério Público do Acre (MP-AC), a Universidade Federal do Acre (Ufac) e órgãos de saúde e do meio ambiente do estado acreano.

Por volta das 6h30 desta quinta-feira, o monitoramento registrou uma máxima concentração de material particulado de 280 (US EPA PM2.5 AQI), representa que todos podem sofrer efeitos mais graves na saúde se forem expostos a essas condições por 24 horas.

Em 2020, o Acre já registra 6.8397 mil focos de queimadas, o maior índice desde 2003.

Continuar lendo

Acre

Casos de pessoas com sintomas gripais caem para 5,4% no Acre

Publicado

em

Caiu de 12,8% em maio para 5,4% em agosto a faixa da população do Acre que disse ter sentido algum sintoma de gripe no período. O número de pessoas que disseram ter sentido os sintomas conjugados também caiu substancialmente no período: de 3,9% para 1,3%. Os dados são do IBGE.

Já o percentual de pessoas que fizeram algum teste para detectar Covid-19 e o de pessoas que testaram positivo subiu um pouco entre julho e agosto. Quem fez algum teste eram 5,1% da população em julho e subiu para 6,0% em agosto – e quem testou positivo eram 1,3% e depois 2,0%.

A Unidade da Federação com o maior percentual de testes realizados foi o Distrito Federal, com 19,4%, seguida por Piauí (14,4%) e Roraima (12,0%). Por outro lado, Pernambuco registrou o menor percentual (5,8%), seguido por Acre (6,0%) e Minas Gerais (6,1%).

No país, praticamente não houve diferença no percentual de pessoas de homens e de mulheres que fizeram algum teste para coronavírus, 8,3% e 8,7%, respectivamente. Por grupos de idade, o maior percentual foi entre as pessoas de 30 a 59 anos de idade (11,9%), seguido pelo grupo de 20 a 29 anos (9,5%) e, entre as pessoas de 60 anos ou mais de idade, 7,3% realizaram algum teste.

Quanto maior o nível de escolaridade, maior foi o percentual de pessoas que fez algum teste, entre as pessoas sem instrução ao fundamental incompleto, 4,4% e, entre aqueles com superior completo ou pós graduação, 17,9%.

Quanto maior a classe de rendimento domiciliar per capita, maior o percentual de pessoas que realizaram algum teste para Covid-19. chegando a 18,0% para as pessoas no décimo mais elevado e abaixo de 5,0% nos dois primeiros décimos. O percentual de pessoas que testaram positivo variou 18,7% (no 10° décimo) a 26,4% (no 2° décimo).

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas