Conecte-se agora

Reforma tributária com imposto único traz ganho para o Acre

Publicado

em

O Acre está entre os 19 Estados que ganharão maior participação no novo imposto IBS (Imposto Sobre Bens e Serviços) que deve ser criado com a reforma tributária. O estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) diz que ganham justamente os Estados consumidores que consomem mais do que produzem e, em geral, são as mais pobres.

O estudo analisou as PECs no Senado e na Câmara dos Deputados tratando da reforma tributária. Além o incremento na arrecadação deverá ser de mais de R$ 8,3 mil per capita com o IBS diferença de mais R$ 663 em relação aos encargos atuais na receita corrente líquida per capita no Estado ao longo dos próximos anos.

“É importante observar, contudo, que essa análise preliminar considera a UF como o conjunto formado pelo governo do estado e por todos os municípios desse Estado, ou seja, não permite ainda avaliar o impacto distributivo dentro de cada UF, entre os diferentes municípios e entre estes e o estado. Por exemplo, embora São Paulo apareça como a UF com maior valor absoluto de perda, existem municípios paulistas que potencialmente ganhariam com a reforma”, alerta o estudo.

Os municípios acreanos sentirão os efeitos positivos da reforma tributária, já que, segundo o estudo do Ipea, sairão de um mínimo de receita corrente líquida de pouco mais de R$ 1,4 mil per capita para mínimo de mais de R$ 1,7 mil per capita.

A previsão é que dos 22 municípios, 21 ganhem RCL e apenas um (não nominado no estudo), registre alguma perda.

“As propostas de reforma tributária sintetizadas nas PECs nos 45/2019 e 110/2019, originárias da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, respectivamente, buscam modernizar e simplificar nosso modelo de tributação do consumo inaugurando um IBS, nos moldes de um IVA, alinhado às melhores práticas internacionais, em substituição aos diversos tributos federais, estaduais e municipais que hoje se sobrepõem.”, explicam os pesquisadores Rodrigo Orair e Sergio Gobetti, autores da pesquisa.

Acesse: http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/TDs/td_2530_web.pdf

Propaganda

Destaque 6

Xapuri é a região que mais acumula chuva neste mês de janeiro

Publicado

em

Os dados da Unidade de Situação e Monitoramento Hidrometeorológico da Secretaria de Estado do Meio Ambiente mostram onde as chuvas tem sido mais intensas neste mês de janeiro.

Nas estações de monitoramento que possuem série climatológica para efeito de comparação, onde é possível observar se a chuva está abaixo ou acima do esperado para o mês os registros mostram que em Xapuri vem chovendo muito: 305,8 mm no período; Assis Brasil, 269,4 mm, Brasileia, 264,6 mm; Manoel Urbano, 211,6 mm; Capixaba 197,4 mm, Cruzeiro do Sul, 159,4 mm e Sena Madureira, 146,2 mm, .

O maior acumulado de chuva do início do mês de janeiro até hoje (de 1 a 22) foi registrado na estação de monitoramento da Ponte do Rio Liberdade: ali choveu 212,4 mm; em seguida, a estação do Igarapé Espalha, no Seringal Belo Horizonte, onde choveu de 203,2 milímetros no período.

A estação no Seringal Guarany foram 167,6 mm; Riozinho do Rola 157,4 mm, Aldeia dos Patos, nas cabeceiras do Rio Acre, registrou 137,6 mm.

Continuar lendo

Destaque 6

Ifac oferta 520 vagas para cursos superiores através do Sisu

Publicado

em

O Instituto Federal do Acre (Ifac) está ofertando 520 vagas para cursos superiores, nos municípios de Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Sena Madureira, Tarauacá e Xapuri, através do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). As inscrições, que tiveram início nesta terça-feira (21.01), devem ser realizadas até o dia 24 de janeiro pelo site http://sisu.mec.gov.br/.

Conforme edital, podem concorrer às vagas os candidatos que tenham realizado a edição de 2019 do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2019), como também obtido nota diferente de zero na Redação.

Dentre os cursos ofertados pelo Ifac estão: Bacharelado em Administração (Rio Branco) e Zootecnia (Sena Madureira), Licenciatura em Ciências Biológicas (Rio Branco), Física (Cruzeiro do Sul e Sena Madureira), Matemática (Cruzeiro do Sul e Rio Branco) e Química (Xapuri), além de Tecnólogo em Agroecologia (Cruzeiro do Sul), Gestão Ambiental (Xapuri), Gestão do Agronegócio (Tarauacá), Processos Escolares (Cruzeiro do Sul) e Sistemas para Internet (Rio Branco).

De acordo com o calendário do Ministério da Educação (MEC), o resultado da chamada regular será divulgado no dia 28 de janeiro. As matrículas dos aprovados em primeira chamada serão realizadas entre os dias 29 de janeiro e 04 de fevereiro, nos setores de Registro Escolar das unidades do Ifac em Cruzeiro do Sul, Rio Branco, Sena Madureira, Tarauacá e Xapuri.

As Inscrições devem ser feitas até o dia 24 de janeiro pelo site https://sisu.mec.gov.br/

Com informações da assessoria do IFAC

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

welcome image