Conecte-se agora

Em reunião secreta e com todos offline, governador do Acre dá “puxão de orelhas” em secretários e cobra mais eficiência na gestão

Publicado

em

FOTO: SECOM/ACRE

“Pull the rug“ essa seria a expressão “puxar o tapete” em Inglês. Mas não foi esse o idioma cobrado no primeiro escalão da gestão do governador Gladson Cameli. Ao pedir fim do “fogo amigo”, o chefe do executivo disse que esperava estar falando em português.

Ao chegar praticamente uma hora atrasado no prédio da biblioteca pública de Rio Branco na manhã desta quinta-feira (16) para participar do encontro com o primeiro e segundo escalão de sua gestão, o governador Gladson Cameli deixou de lado toda simpatia peculiar e falou grosso ao cobrar unidade de seus secretários e diretores e pedir o fim das famosas puxadas de tapete entre o grupo.

Cameli desceu do carro pela avenida Getúlio Vargas, entrou sorridente no hall principal do prédio recém-inaugurado, cumprimentou todos os servidores e sem conceder entrevistas entrou no auditório da Filmoteca onde já acontecia o encontro de alinhamento de seus principais assessores.

Ele foi o único a entrar com celular nas mãos. Os demais comissionados foram surpreendidos no primeiro encontro de planejamento, com o confisco do aparelho celular, gentilmente colocado em uma bandeja.

O cartão de visita parecia anunciar o cardápio que seria oferecido pelo governador que após agradecer o empenho de todos, mesmo sem sair do salto, engrossou o cangote e pediu unidade entre os que estão à frente de secretarias e autarquias.

“É um querendo puxar o tapete do outro”, desabafou o chefe do executivo.

Com olhar firme em direção aos subordinados e mãos inclinadas, ele disse que esperava estar falando em português, deixando muito bem claro que não vai mais admitir picuinhas no grupo que o ajuda a governar o Estado.

O tom já era esperado. O governo enfrentou uma séria crise no final do ano, saindo das paredes de sua gestão o desafino entre os secretários de planejamento [Maria Alice], fazenda [Semírames Plácido] e infraestrutura [Thiago Caetano].

Antes do Natal, Cameli ainda teve que administrar uma rebelião comandada pelo chefe da Casa Civil, Ribamar Trindade, que chegou a lhe entregar uma carta de demissão.

Nem mesmo contornou as cismas com o homem de maior confiança no governo, a secretaria de empreendedorismo e turismo emplacou um debate sobre dinossauros, se sobrepondo aos aspectos de desenvolvimento do estado. O carão parece ter servido, Sinhasique voltou atrás no projeto do pórtico com dinossauros.

Cameli disse o que há muito tempo queria, em seguida, optou por não sair pelo tapete estirado pelos servidores da biblioteca, mas, as portas do fundo, acesso principal a Filmoteca, onde o evento acontecia. A estratégia era para driblar a imprensa. Deu certo.

Fora a expressão “puxar o tapete” pouco ou quase nada se sabe do que foi conteúdo na reunião secreta da manhã desta quinta-feira em Rio Branco. Sabe-se através de assessores mais próximos que um pacto foi feito entre os secretários e diretores.

O estado tem meio milhão de reais para investir no primeiro semestre do ano, a maioria do aporte financeiro é de operações de crédito. O governo aposta alto nas obras de infraestrutura para recuperar a economia, gerar emprego e renda.

Anúncios

Destaque 2

Certidão do TSE chega no TRE e desembargadora diz que “não dá para tomar qualquer medida somente com isso”

Publicado

em

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) comunicou a Corte Eleitoral do Acre na tarde desta quinta-feira, 24, a sua decisão da última terça-feira, 22, que cassou os mandatos dos deputados Manuel Marcos e Juliana Rodrigues, ambos do Republicanos, e também determinou o afastamento dos cargos independente da publicação do acórdão.

A questão foi tratada na sessão desta quinta na Corte Eleitoral, onde o procurador da república Vítor Teodoro, do Ministério Público Eleitoral levantou questão de ordem sobre o que o TRE do Acre faria já que o comunicado havia chegado.

Em resposta, a presidente do TRE/AC, desembargadora Denise Bonfim, afirmou que a corte apenas recebeu a certidão de julgamento. “Estou aguardando e vou aguardar o cumprimento desse decisor a partir do momento que fomos intimados. Eles só mandaram a certidão de julgamento acho que é impossível a gente tomar qualquer medida. Eu não me sinto segura de dá cumprimento só com a certidão de julgamento”, ponderou.

Denise ressaltou que aguarda apenas a comunicação pois a corte eleitoral ainda não tem em suas mãos o acórdão do julgamento. “Eu preciso desse comunicado, independente da publicação do acórdão”. A expectativa é que acórdão seja disponibilizado até sexta-feira, 25.

O ac24horas apurou que assim que a corte tiver em mãos o acórdão, mesmo sem está publicado no Diário Eletrônico, iniciará os trâmites de recálculo dos votos já que as votações de Marcus e Juliana foram anuladas para assim notificar a Assembleia Legislativa do Acre e da Câmara dos deputados para afastamento da dupla republicana ligada a Igreja Universal do Reino de Deus.

Autoridades consultados pelo ac24horas acreditam que Manuel e Juliana deverão ser afastado de seus cargos no início da próxima semana.

video

 

Continuar lendo

Notícias

Iniciativa de universitários aborda a escolha da profissão para estudantes do ensino médio

Publicado

em

A série “Diário de Profissões” vai transmitir entrevistas com profissionais de várias áreas

Que carreira seguir é uma das principais decisões que os jovens precisam tomar ao sair da educação básica. É comum escolher um curso de graduação e se sentir desconectado com a profissão ao longo da carreira, seja por falta de conhecimento ou de autoconhecimento, ou pela pressão da família. Por isso, quanto mais conhecimento sobre a área profissional, maiores são as chances de sucesso.

Pensando nisso, a série “Diário de Profissões” vai transmitir entrevistas com profissionais de várias áreas. O projeto foi pensado pelos estudantes da Universidade de São Carlos (UFSCar) Leonardo Cardoso de Oliveira e Gabriel Santos da Silva. Ambos alunos do curso de Engenharia. A iniciativa foi proposta com o objetivo de apoiar jovens que estão no ensino médio na escolha de profissão.

O evento é gratuito e está previsto para ocorrer durante todos os sábados de outubro, à noite, pela internet. As entrevistas estão marcadas para os dias 3, 10, 17 e 24 de outubro, sempre às 19 horas, e os idealizadores do Diário de Profissões conversarão com profissionais de diversas áreas, para que relatem o cotidiano de sua atividade profissional. Na ocasião, quem estiver assistindo poderá interagir fazendo perguntas.

As inscrições para assistir às transmissões devem ser feitas no site do Diário de Profissões, onde também há mais informações sobre a iniciativa.

Ferramenta para descobrir a vocação 

Conversar com profissionais atuantes no mercado de trabalho é uma forma positiva de obter esclarecimentos acerca do curso que se pretende fazer. Aliada a essa atitude, o autoconhecimento é fundamental para descobrir quais inteligências emocionais se destacam no seu perfil. 

Para isso, o teste vocacional é uma ferramenta que contribui para essa descoberta. É utilizado como um guia que vai apontar quais inteligências o indivíduo apresenta como dominantes em seu perfil e em quais cursos elas se encaixam. O teste pode ser feito com apoio do profissional de Psicologia ou pela internet.

A estudante do 3º semestre de Psicologia, Brenda Vaz, de 20 anos, aderiu ao teste vocacional on-line para decidir qual graduação iria cursar. Ela usou a ferramenta pela primeira vez antes de ingressar na faculdade de Direito, curso que ela abandonou no 2º semestre. Depois, usou novamente para confirmar se Psicologia era o curso ideal para ela.

“Fiz diversos testes vocacionais, apareciam vários cursos, mas o que me encantou mesmo entre eles foi o de Psicologia”, conta a estudante.

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Continuar lendo

Cidades

Estelionatário que aplicava golpes no Acre e Rondônia é preso em Mâncio Lima

Publicado

em

Acusado também responde a vários processos na Justiça de Rondônia pelo mesmo crime

Foi peso em flagrante na tarde desta quinta-feira, 25, enquanto caminhava pelo centro da cidade de Mâncio Lima, o indivíduo E. P. da C. acusado de estelionato. A investigação da Polícia Civil aponta que o acusado possui passagem pela polícia e responde a vários processos pela Justiça do estado de Rondônia pelo mesmo crime.

Uma vítima que foi lesada no município de Cruzeiro do Sul reconheceu o homem como sendo o mesmo que lhe aplicou um golpe causando prejuízo de 40 mil reais.

O delegado responsável pelo inquérito, José Obetânio, informou que há mais pessoas vítimas do mesmo criminoso que vão ser identificadas.

“Estamos levantando toda ficha criminal desse indivíduo para identificar mais ações criminosas que ele tenha cometido. Ele aplicou vários golpes com mesmo ‘modus operandi’ e essas vítimas serão comunicadas à comparecer à Delegacia para depor, o que dará robustez ao processo que será encaminhado à Justiça “, esclareceu Obetânio.

Continuar lendo

Acre 01

Após prejuízo de R$ 150 mil, governo estuda fazer um ‘acerto’ com indústria de açaí no Acre

Publicado

em

Passado mais de uma semana da denúncia feita pela indústria de frutas Norte Hortifruti, sediada em Mâncio Lima, de que uma abordagem errada da Polícia Militar na BR-364, próximo à cidade de Tarauacá, resultou na perda de uma carga de 15 toneladas de açaí com um prejuízo de mais de R$ 100 mil, o comando da PM do Acre deu calado como resposta.

O ac24horas fez contato nesta quinta-feira, 24, com um representante da Norte Hortifruti, Janaldo Pinheiro, que afirmou, sem querer entrar em detalhes, que já há um indicativo de acerto com o governo do estado sobre o prejuízo. No entanto, a Polícia Militar não se pronunciou se foram corretos os procedimentos adotados durante a barreira policial que resultou na perda de 15 toneladas de açaí.

Leia também:  Empresa perde 15 toneladas de açaí avaliada em R$ 150 mil durante abordagem da PM

Por meio de uma carta endereçada ao Secretário de Segurança Pública do Acre (Sejusp), Paulo Cézar dos Santos, a empresa conta que o policial responsável pela abordagem, que não é identificado, sem justificativa, resolveu que toda a carga deveria ser revistada e ainda passar pelo equipamento de detecção de infravermelho que fica dentro presídio Moacir Prado, localizado em Tarauacá.

No documento, a empresa esclarece que o motorista explicou que o açaí é um produto extremamente delicado, não podendo ser manipulado de qualquer maneira, sem refrigeração, o que pode fazer com que fique inapto para o consumo.

Mesmo assim, de acordo com a denúncia, por volta de meio-dia, o policial obrigou o motorista a levar o caminhão até o presídio. Um trecho da carta detalha: “Ato contínuo, fez com que os detentos descarregassem toda a carga para ser vistoriada, que além de causar a ruptura das embalagens pelo manejo inadequado, pois os sacos eram jogados dentro de uma “carrocinha” e depois carregados pelos presos até o interior da penitenciária, fez com que a mesma ficasse por horas sem refrigeração adequada gerando a fermentação do produto e consequentemente perda total da carga!”. O prejuízo, de acordo com a empresa, foi de R$ 150 mil.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas