Conecte-se agora

Um nome difícil a ser batido

Publicado

em

Pelas pesquisas já feitas se nota que não será fácil os adversários derrotarem o prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), foto, na eleição deste ano. Claro que, pesquisa é momento, eleição é outro contexto e a campanha nem começou. Pode-se não gostar do prefeito Mazinho pelo seu gênio explosivo, pelo seu modo de administrar, mas parece que quem assim pensa é minoritário. Em todas as pesquisas que aferiram até aqui a aceitação dos prefeitos, Mazinho sempre aparece entre os mais bem avaliados. O que pesará muito ao seu favor numa campanha é que terá as chapas mais fortes de candidatos a vereadores lhe apoiando, e isso é de suma importância para uma candidatura majoritária. Já mostrou ao eleger a esposa Meire Serafim (MDB), que não era do ramo, a deputada estadual mais votada do Acre, isso numa disputa com medalhões que vinham de várias eleições, que sabe fazer política. Sem falar que, na campanha da reeleição Mazinho continuará no comando da máquina municipal. Os ataques que sofreu ao longo de 2019 não afetaram sua popularidade, a cada batida cresce como bolo. Não é impossível derrotar o Mazinho, na política isso não existe, mas não será fácil lhe derrotar.  Sena Madureira será um reduto em que a oposição terá mais dificuldades de obter uma vitória para a prefeitura.

AVANÇANDO NO MANDATO

O deputado federal Alan Rick (DEM) não se acomodou e avança neste segundo mandato. Graças à destinação de suas emendas parlamentares prefeitos de municípios do interior conseguem viabilizar a compra de equipamentos. O mais importante: sem olhar siglas.

MANDATO AFINADO

Neste segundo mandato o deputado federal Alan Rick (DEM) tem uma ação não só afinada com os prefeitos, mas também com as comunidades organizadas. Justifica a sua reeleição.

A CONVERSA FIADA NOSSA DE CADA DIA

Volta e meia a liberação de milhões de reais são anunciados por deputado para aplicação em projetos na Agricultura, para tirar o Acre da dependência completa de importação de produtos de outros Estados. Mas a nossa produção continua uma piada. Produzimos conversa fiada.

SALVAÇÃO DA LAVOURA

Até porque o agronegócio foi vendido pelo governo na campanha como a salvação da lavoura.

MÃO DUPLA DA EXIGÊNCIA

Não vejo nada de anormal, de perseguição, o governo implantar o ponto eletrônico para controlar a presença dos médicos nas unidades de Saúde. Mas, a categoria também está com razão ao deflagrar um movimento por melhor condição de trabalho. A mão tem de ser dupla.

BALAIO DO BOM ATENDIMENTO

O que se almeja é que ponham tudo num balaio e se preste um bom atendimento na Saúde.

COBRE A QUALIDADE

Nesta questão do fornecimento do fardamento escolar – já que o governador Gladson Cameli vai trabalhar com empresas locais – para uso na rede pública estadual, que se exija como princípio a qualidade do material, para que não se entregue alho como bugalho nesta história.

AÇÃO ENTRE AMIGOS

O fornecimento deste material não pode ficar na base de uma ação entre amigos do poder.

CARONA PERIGOSA

Tenho alertado de que a prática de secretários de fazer comprar para o Estado usando a carona em licitações de outros Estados ou de municípios pode causar muitos perrengues. O que era para ser adotado em ocasiões excepcionais está virando regra geral neste governo.

EMBALO QUE DEU CADEIA

Prefeitos do interior foram presos e afastados dos cargos ano passado pela prática das caronas nas licitações. Não é que no âmago sejam ilegais, mas é que podem ser usadas para favorecer amigos. Ai é que mora o perigo. Depois não digam que a Maria entrou na capoeira por engano. 

CAMPO DA ILAÇÃO

Tudo que se falar agora sobre uma candidatura a prefeita de Brasiléia pela ex-deputada Leila Galvão (PT) fica no campo da ilação, do ouvi dizer, ouvi falar. Até aqui não se conhece uma afirmação dela ou do marido Nelson Moreira de que será candidata. Por isso, minha cautela. 

PUBLIQUEI PORQUE OUVI

Quando publiquei que a ex-deputada Leila Galvão (PT) não apoiará em hipótese alguma a reeleição da prefeita Fernanda Hassem (PT), é porque ouvi sem pedido de reserva, a afirmação pessoal do seu marido Nelson Moreira. E não haveria porque duvidar e não publicar.

MUITO CAUTELOSO

Sou sempre cauteloso no BLOG, quero primeiro escutar da Leila ou do Nelson que ela será candidata. Pode até acontecer pelo contexto que se forma, mas não antecipo os fatos.

ROCHINHA PAZ E AMOR

O vice-governador Rocha adora uma briga política, briga até com aliados, mas parece que deixou de lado a belicosidade, o que é uma estratégia certa para quem sonha com uma candidatura majoritária em 2022. Não se constrói candidatura majoritária ciscando para fora.

UMA MEXIDA PERIGOSA

A ideia do senador Márcio Bittar (MDB) de relatar a PEC que tramita no Senado com parecer favorável à desvinculação de recursos da Saúde e Educação é perigosa. Pode levar um gestor desajustado a tirar recursos das duas áreas para aplicar em projetos politiqueiros e eleitorais.

BEM MELHOR

Claro que, o sistema estadual de saúde é maior, mais complexo, mas guardadas as devidas proporções, o sistema municipal se mostra melhor gerido, pelo menos tem um planejamento, um norte, as queixas sobre o atendimento deficiente são menores e é um bom exemplo.

FORA DO JOGO

Foge á lógica, mas o partido no poder, o PROGRESSISTAS, não terá candidato próprio para a prefeitura de Rio Branco. E por motivos óbvios: não há vontade política do governador para que isso ocorra, não tem um nome com densidade na capital e não há tempo para preparar. 

NO MÁXIMO VICE

O que o PROGRESSISTAS ainda pode a almejar é indicar o vice de um dos candidatos à PMRB.

FRANCA ARTICULAÇÃO

O MDB não só anunciou o deputado Roberto Duarte (MDB) candidato a prefeito da capital, mas tem feito política para ampliar as alianças em torno do seu nome. Junto com os dirigentes João Correia e Aldemir Lopes tem feito visitas a segmentos importantes em busca de apoio.

FLAVIANO ENTUSIASMADO

O presidente do MDB, deputado federal Flaviano Melo, tem comentado estar entusiasmado com a candidatura do deputado Roberto Duarte (MDB), achando que entrou numa espiral de crescimento. Flaviano deve se basear em pesquisas internas para a euforia, só trabalha assim.

SABER COM QUE ALIANÇAS

Deixando a sua boa gestão de lado, fica difícil fazer qualquer projeção sobre o futuro político da prefeita Socorro Neri. Primeiro, porque não se sabe se será mesmo candidata à reeleição, e segundo é que sendo, há de se saber qual será o seu arco de alianças partidárias.

PROBLEMA SÉRIO

O problema da prefeita Socorro Neri não é o seu nome inatacável, sua gestão exemplar, mas a falta da estrutura partidária. O PSB é um partido nanico. Não tem base, militância. Fora ela e o deputado Jenilson Lopes recém chegado, o PSB é cartorial. Por isso é essencial para entrar numa campanha ter suporte político que amarre alianças com partidos mais estruturados.

NÃO PODE SE ACOMODAR

Ao não ser que venha fazendo conversas políticas que não têm sido vazadas à imprensa, não se conhece ainda um partido que tenha declarado estar fechado com o PSB, lembrando de que o ano eleitoral já começou. E na formação de uma chapa majoritária a aliança é fundamental.

NÃO ACREDITA

Ainda com o convite continuando de pé, nas conversas com assessores do senador Sérgio Petecão (PSD) não se sente neles esperança que a prefeita Socorro Neri vá aceitar o convite do PSD para se filiar e disputar a prefeitura pelo partido. E, eles acham que, o PSD deve buscar rápido outro caminho para a eleição da prefeitura. A maioria defende uma aliança com o MDB.

PONTO POSITIVO

Com o grande número de mudanças na sua equipe de primeiro escalão a prefeita Socorro Neri mostrou que tem como meta principal no seu último ano de mandato dar agilidade à sua gestão. Trocou peças importantes. Precisa aliar isso a fazer também política partidária.

NOME NA MESA

Na eleição passada o nome do Delegado Sérgio Lopes chegou a surgir como candidato, e volta à tona novamente na eleição para a prefeitura de Epitaciolândia deste ano. A dúvida é saber se a candidatura será mesmo para valer ou se trata apenas de mais um balão de ensaio.

“NÃO DEMOS RUMO AO BRASIL”

Foi um dos comentários mais completos que li sobre o andar da política e dos políticos brasileiros nas décadas que se passaram, de autoria do ex-senador Cristovão Buarque. Desmonta a farsa do poder e mostra que deixamos de lado o mais importante investimento: a educação. Vou correr para ler o livro. Um país sem prioridade na educação é uma brincadeira.

DESDE QUE BEM APLICADO

O governador Gladson Cameli anunciou que tem em caixa 1 bilhão de reais para aplicar em obras no Estado em 2020. É uma notícia salutar num Estado que está praticamente parado economicamente, porque o valor vai gerar emprego e renda. Espera-se que seja bem aplicado.

TRABALHO MERITÓRIO

Meritório o trabalho do Pastor evangélico Arnaldo Barros para tirar bandidos de facções.

VANDA MILANI

É uma candidata que vem para disputa. Trabalha alianças, tem um bom discurso, e a sua candidatura a prefeita de Rio Branco é a certeza de que teremos debates qualificados.

NÃO CONTRATA AGORA

O governo está acima do limite da Lei de Responsabilidade Fiscal, o que impede contratações.

FRASE DO DIA

“Política e religião não se discute e assim a sociedade permanece nas trevas da ignorância”. Augusto Branco.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas