Conecte-se agora

Sistema mostra crescimento de 15% do desmate no Acre

Publicado

em

O Imazon divulgou no último dia 10 de janeiro mais um boletim do desmatamento na Amazônia, desta vez com dados do mês de novembro de 2019. Naquele mês, o desmate aumentou 15% no Acre em relação a igual período de 2018.

Em novembro de 2018 o Acre desmatou 13 quilômetros quadrados e no ano seguinte, 15 km². Os números são elaborados através do Sistema de Alerta de Desmate (SAD).

Em novembro de 2019, o SAD detectou 354 quilômetros quadrados de desmatamento na Amazônia Legal, um aumento de 23% em relação a novembro de 2018, quando o desmatamento somou 287 quilômetros quadrados.

Em novembro de 2019, o desmatamento ocorreu no Pará (58%), Mato Grosso (16%), Rondônia (9%), Amazonas (8%), Acre (4%), Roraima (3%), Amapá (1%) e Tocantins (1%). As florestas degradadas na Amazônia Legal somaram 471 quilômetros quadrados em novembro de 2019, enquanto que em novembro de 2018 a degradação florestal detectada totalizou apenas 10 quilômetros quadrados. Em novembro de 2019 a degradação foi detectada na maioria no Mato Grosso (93%), seguido do Pará (3%), Acre (1%), Rondônia (1%), Amazonas (1%) e Amapá (1%).

Em novembro de 2019, a maioria (47%) do desmatamento ocorreu em áreas privadas ou sob diversos estágios de posse. O restante do desmatamento foi registrado em assentamentos (36%), unidades de conservação (8%) e terras indígenas (9%).

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas