Conecte-se agora

Diretor de presídio diz que policiais penais terão dificuldades para “dar conta” de presídios do Acre

Publicado

em

A partir do dia 20 somente os policiais penais (ex-agentes penitenciários), atuarão nos presídios acreanos. Os militares deixarão as funções nos complexos penitenciários.

Cerca de 140 policiais militares foram dispensados do serviços como de escoltas e segurança interna e externa, que passam a ser exclusivos da nova categoria.

Em Cruzeiro do Sul, 19 PMs deixarão as funções no Complexo Penitenciário Manoel Neri, sendo 17 homens e 02 mulheres.
Eles faziam escoltas judiciárias dos presos, ficavam na guarda de entrada do complexo e em 3 guaritas ao redor do complexo.

Agora todas as funções no presídio que abriga 840 presos serão executadas pelos 133 policiais que atuam no Complexo Manoel Neri, sendo que 84 ficam dentro do local.

O diretor do Complexo, Missael Melo, ressalta que a Polícia Militar não será mais acionada, mas afirma que o trabalho sem a PM não será fácil.

“Teremos muitas dificuldades pra dar conta de tudo”, conclui Missael.

Propaganda

Na rede

Juíza se defende contra pedido de suspeição feito por Ilderlei

Publicado

em

A juíza Mirla Regina, do Tribunal Regional Eleitoral (TRE/AC), apresentou sua defesa em relação ao pedido de suspeição feito pela defesa do atual prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (Progressistas) contra a sua pessoa.

A defesa da juíza foi encaminhada para a Presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Denise Bonfim, e foi publicada no Diário Oficial do TRE, desta terça-feira (28).

A defesa de Ilderlei Cordeiro alegou no pedido de suspeição que a magistrada (Mirla Regina), fez a ‘antecipação pública de voto’, e que isso “soou de fácil percepção interpretativa, inclusive, na imprensa acreana que veiculou matérias anunciando um suposto ‘fôlego’ do Prefeito Ilderlei Cordeiro para a permanência de mais alguns dias no cargo eletivo”.

Em sua defesa, Mirla Regina, relatou que o recurso feito pela defesa de Ilderlei não visa a condenação do recorrente, como ele próprio alega, pois tal condenação já foi objeto da decisão de primeiro grau, restando somente a análise do julgado pela corte eleitoral.

“Sobremais, os fatos alegados pelo excipiente (Ilderlei) não se amoldam a nenhuma das hipóteses previstas nos arts. 144 e 145 do Código de Processo Civil nem no art. 192 do RI-TRE/AC para que se reconheça como fundada a suspeição desta relatora (Mirla Regina), pois não há elementos probatórios concretos hábeis a demonstrar a sua parcialidade, sendo o incidente inoportuno e protelatório”, afirmou.

Mirla argumentou que mesmo que sua decisão já estivesse logicamente formada na data em que o processo estava pautado para julgamento, 02/12/2019, alegou que o voto em nenhum momento representaria a decisão final, uma vez que poderia vir a ser alterado pelo julgamento da Corte Eleitoral, porquanto a juíza Mirla Regina representa apenas um voto num colegiado de sete membros.

A magistrada alegou que a argumentação de Ilderlei é insuficiente e não se fez acompanhar de qualquer prova substancial, inequívoca e robusta.

“Nenhum fato concreto em relação a esse aspecto foi apontado, ficando tudo no campo da mera suposição. Suposição essa firmada em presunções infundadas e publicações da imprensa local, sem nenhum suporte fático que lhe confira sólida sustentação”, afirmou.

Continuar lendo

Na rede

Criminoso invade antiga delegacia e rouba armas e celular

Publicado

em

Os ladrões não poupam nem os órgãos da Segurança Pública. Na noite desta segunda-feira, 27, a antiga Delegacia de Polícia de Cruzeiro do Sul, atual sede do Instituto de Criminalística, foi invadida e roubada.

Segundo o coordenador da Segurança no Juruá, delegado Marcos Vinicius, foram roubadas uma arma de fabricação caseira tipo garrucha, uma espingarda e munição antigas além de e um celular.

O delegado cita que não há câmeras de segurança no local e nem próximas. Pegadas de uma única pessoa foram encontradas. Impressões digitais foram coletadas no local, como tentativa de identificação do ladrão . “As pegadas são pequenas e a pessoa agiu sozinha. Estamos investigando”, explica o delegado.

Como resposta ao roubo, Marcos Vinicius afirma que o local passará a ter escala noturna de policiais civis para garantir a segurança da antiga delegacia.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas