Conecte-se agora

Governo pretende regionalizar serviços da Saúde e do Deracre

Publicado

em

Desde o último domingo, dia 12, o governador Gladson Cameli (Progressistas) vem dizendo que pretende regionalizar os serviços da Secretaria Estadual de Saúde do Acre (Sesacre). Nesta segunda-feira, 13, durante o programa de rádio Fale com o Governador, o chefe do Executivo disse ainda que os trabalhos do Departamento de Estradas e Rodagens do Estado do Acre – Deracre também devem passar pelo mesmo processo, a fim de melhorar a qualidade dos serviços que são oferecidos à população, tanto no que diz respeito à saúde, como obras de infraestrutura.

Para 2020, Cameli disse que o estado já está com processo licitatório para a aquisição de cerca de R$ 50 milhões em novos maquinários para o Deracre. A regionalização do órgão deve “dar mais rapidez e eficiência” aos serviços, segundo o governador.

Cameli assumiu que a situação da saúde está um caos por sua culpa, uma vez que o governo continua tentando tirar “água de pedra” com alguns problemas relacionados à gestão. “As pessoas têm que ter a consciência de que acabou a hora de criarem problemas. Está faltando capital humano”, disse.

Ele também criticou a reação de algumas categorias da saúde após a instalação dos pontos eletrônicos nas unidades. “Ele [ponto] está lá para ter direitos iguais pra todos”.

Sobre a regionalização da Saúde, Gladson afirmou que quer “desvincular os municípios da Sesacre em Rio Branco, não depender”.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas