Conecte-se agora

Empresas de agronegócio ainda são apenas 2,27% do total de empresas no Acre

Publicado

em

Na contramão do discurso oficial de uma agroeconomia, a abertura de novas empresas ligadas ao agronegócio participa com apenas 2,27% no total de empreendimentos abertos no Estado do Acre de 2018 até os primeiros dias de de 2020.

O comércio é o setor que domina o empreendedorismo no Acre, com 47,6% do total de empresas instaladas. Serviços aparece em segundo lugar, com 44,0%. As indústrias representam 4,86% das empresas abertas no Estado no período. Os dados são da plataforma Empresômetro.

Comércio de roupas e acessórios, o varejo de produtos alimentícios, e os cabeleireiros são as três atividades econômicas mais comuns no Estado Acre.

Rio Branco detém o maior número de empresas, com 26.008 empreendimentos (59,78% do total). Na sequência Cruzeiro do Sul, com 11,81%; e Sena Madureira (3,75%).

O agronegócio (em inglês: agribusiness) é a junção de inúmeras atividades que envolvem de forma direta ou indireta, toda a cadeia produtiva agrícola ou pecuária -uma loja que vende sementes ou ração, por exemplo, ou uma propriedade rural produtiva.

Neste domingo (12) o governador Gladson Cameli respondeu à questionamento de morador acerca do agronegócio durante uma transmissão em rede social. Gladson disse que prometeu incentivar o setor, que deve levar em conta o desenvolvimento sustentável.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas