Conecte-se agora

PSL rechaça dar legenda para Tião Bocalom ser candidato a prefeito de Rio Branco

Publicado

em

O diretório regional do PSL no Acre não pretende dar legenda para o pré-candidato Tião Bocalom disputar a sucessão municipal da capital acreana, informa Cezar Negreiros na edição deste domingo (12) de A Tribuna.

Os “bivaristas” que passaram a dar as cartas no Estado prometem manter-se sem atrelamento ao governo Gladson Cameli e combater os partidos da esquerda acreana que ensaiam continuar governando a Prefeitura de Rio Branco pelo quinto mandato consecutivo. “O ex-prefeito de Epitaciolândia está fora dos nossos planos. Depois da fraude com um áudio, a sua convivência no nosso partido se tornou impossível”, declarou o presidente Pedro Valério.

“Com o tempo de televisão que disponibilizaremos, temos condições de viabilizar uma candidatura de terceira via para a Prefeitura de Rio Branco, como aconteceu na disputa nacional com o presidente Jair Bolsonaro”, aposta Valério.

O cacique quer a população indicado um dos três nomes do PSL como pré-candidato a prefeito de Rio Branco. “Como temos três nomes no páreo da disputa da capital pretendemos promover um amplo debate no estilo americano, o nome melhor avaliado pela sociedade rio-branquense será indicado para a disputa eleitoral”, disse.

O ac24horas tentou contato com Tião Bocalom para saber como ele avalia as declarações de Pedro Valério, mas Bocalom não atendeu às chamadas da reportagem.

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas