Conecte-se agora

Obra de escola em Rio Branco está parada há mais de dois anos

Publicado

em

Orçada em quase 900 mil reais, a escola Mestre Irineu Serra começou a ser construída em junho de 2017. A previsão era de que em novembro do mesmo ano, a unidade de ensino fosse entregue pela prefeitura de Rio Branco.

A expectativa era de que no início do ano letivo de 2018, centenas de crianças da Estrada Irineu Serra estivessem nas salas de aula e correndo pelos corredores da escola. Ocorre que passados dois anos e dois meses do previsto para o fim da obra, o que deveria ser uma escola é apenas um monte de tijolos com muito pouco construído.

Os recursos que estão nas placas da obra que ainda resistem ao tempo são de convênio com o Ministério da Educação e também recursos próprios da prefeitura de Rio Branco.

O ac24horas entrou em contato com a gestão municipal da capital acreana para saber os motivos da paralisação da obra durante muito tempo.

A resposta é a comprovação do quanto a burocracia com a ineficiência tão características, infelizmente, da gestão pública dificultam o uso correto dos recursos públicos.

Cerca de 26 meses depois do prazo de entrega, a prefeitura apenas afirma que a empresa contratada descumpriu cláusulas contratuais, que iniciou os trâmites para aplicação de multa e rescisão do contrato, mas sem informar se e quando a obra vai ser retomada.

Leia a nota da prefeitura de Rio Branco:

Informamos que a obra realizada na Escola Mestre Irineu Serra, encontra-se paralisada devido a problemas de execução por parte da empresa contratada, que no decorrer dos trabalhos descumpriu cláusulas contratuais e por este motivo, foi notificada pela Secretaria Municipal de Educação e teve iniciado os tramites legais para a aplicação de multa e rescisão contratual, conforme preceitua a Lei Federal nº 8.666/1993.

Anúncios


Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas