Conecte-se agora

No Acre, metade das chamadas ao Samu não são emergenciais

Publicado

em

Mais da metade das ligações telefônicas que o Samu de Rio Branco recebe são de ocorrências que não se destinam ao Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. De janeiro a dezembro de 2019 a central responsável pelo atendimento do Samu 192 recebeu quase 80 mil ligações, mas 46 mil delas não eram destinadas ao serviço.

Para reduzir o problema, o Samu está orientando a população a ligar para o 192 em casos graves, como agressão por arma de fogo ou arma branca; afogamentos; choque elétrico; acidentes com produtos perigosos; suspeita de infarto ou AVC; queimaduras graves; trabalhos de parto em que haja risco de morte da mãe ou do feto; tentativas de suicídio, entre outras situações consideradas de urgência ou emergência, com risco de morte, sequela ou sofrimento intenso.

O Samu também atenderá urgências em situações de natureza clínica, cirúrgica, traumática, pediátrica, psiquiátrica, entre outras. “Possuímos médicos 24 horas nas centrais de regulação, onde são realizadas as orientações ao solicitante de como proceder. O profissional classifica as chamadas e despacha as ambulâncias. O que acontece é que todo e qualquer agravo à população acaba entrando em contato com a central solicitando ambulância em situações como diarreia, dores crônicas, troca de sondas, infecção de urina e febre prologada”, relata Pedro Pascoal, coordenador do Samu.

São situações, diz Pascoal, que não levam o paciente a ter riscos de morte, sendo possível o transporte em veículo particular, o que caracteriza que não são ocorrências classificadas para o Samu.

(Com Agência de Notícias do Acre)

Propaganda

Acre

Secretaria da Fazenda recebe visita de representante do BID

Publicado

em

FOTO: NETO LUCENA

Visando avaliar os processos e a maturidade da gestão fiscal do estado, a Secretaria da Fazenda do Acre (Sefaz) recebeu, na última segunda-feira, 20, a visita de uma representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Na ocasião, foi apresentada a metodologia para avaliação da Maturidade e Desempenho da Gestão Fiscal (MD-Gefis).

Durante o mês de fevereiro, uma equipe de consultores e especialistas do BID deve acompanhar e analisar os métodos de trabalho da Sefaz, avaliando os processos internos da gestão fiscal. O resultado da avaliação permite ao gestor orientar seu planejamento estratégico, potencializando assim seus resultados e priorizando seus investimentos.

“É uma avaliação integrada da gestão fiscal do estado que estuda a administração dos fiscos subnacionais, na área financeira, de planejamento e de transparência, tudo isso é analisado”, explica a representante do BID e componente da equipe de avaliação, Soraya Naffah.

O desenvolvimento dos trabalhos será supervisionado pela equipe técnica da Sefaz. Em função dos processos transversais, participarão também da avaliação, a Procuradoria Geral do Estado (PGE), a Controladoria Geral do Estado (CGE), a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), a Secretaria de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict) e Casa Civil.

O que é a MD-Gefis?

É um instrumento criado para diagnosticar a maturidade dos processos de trabalho dos órgãos responsáveis pela gestão fiscal dos estados, buscando identificar os pontos positivos e oportunidades de melhorias na gestão tributária, tesouro e contabilidade do estado.

Continuar lendo

Acre

Acre já tem 1.210 casos suspeitos de dengue em 2020

Publicado

em

De 1 a 18 de janeiro deste ano o Acre foi assolado por 1.210 casos suspeitos de dengue. 353 deles foram confirmados e os pacientes entraram em tratamento.

O Departamento de Vigilância Epidemiológica do Acre confirmou oficialmente o o primeiro caso de morte por dengue em 2019. A vítima é uma adolescente de 16 anos, moradora de Cruzeiro do Sul.

A população deve manter o combate diário aos criadouros do mosquito, é importante estar atento à caixa d’água, se está aberta ou não; à limpeza das calhas; à verificação permanente da presença de água na bandeja do ar-condicionado, na bandeja da geladeira e nos pratinhos de vaso de planta; e acondicionar adequadamente os objetos que costumam ficar nos quintais, como garrafas e latas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

welcome image