Conecte-se agora

Estudantes de escola técnica dizem que foram enganados pelo governo

Publicado

em

No ano de 2017, cerca de 200 estudantes entraram na Escola Técnica em Saúde Maria Moreira da Rocha com um sonho. Concluir o ensino médio e já sair, ao mesmo tempo, com uma profissão, pronto para o mercado por meio de um curso profissionalizante. Os alunos foram divididos em três cursos: Estética, enfermagem e saúde bucal.

No primeiro ano de curso, tudo funcionou como deveria. Já no ano seguinte, 2018, último ano da gestão do ex-governador Sebastião Viana, algumas turmas tiveram aulas dos cursos técnicos e outras começaram a ter falha em seu cronograma.
Chegou 2019, uma nova gestão e a esperança dos estudantes de que as coisas voltariam aos trilhos e que eles conseguissem concluir o curso profissionalizante junto com o ensino médio.

Pois o ano terminou e o sentimento dos alunos é de indignação e revolta. Os estudante concluíram o ensino médio. Já o curso profissionalizante, passou de sonho para pesadelo.

“O que foi pior foi brincar com os nossos sonhos. Cada um de nós sonhava com um futuro melhor, sonhava em se formar, dar essa alegria para nossas famílias. Quando surgiu a oportunidade, pelo menos eu, não pensei duas vezes. A Maria Moreira era um lugar que deveria ser referência, um lugar para realizar sonhos e não teve nada disso. Formos enganados, nem uma formatura tivemos. O que mais me dói foi ter chegado em minha mãe e ter falado que talvez eu não me forme. Logo que ralou tanto pra comprar meu material. Teve aluno que vendeu brigadeiro, doces para comprar um jaleco e todo esse nosso esforço foi em vão”, diz o aluno João Oliveira.

“Fizeram a gente sair da escola prometendo um ensino de qualidade e o curso técnico e em algumas escolas falaram até de dar uma bolsa em dinheiro. Sem falar da péssimas condições de aula, já ficamos uma semana sem merenda”, diz uma outra estudante.

Indignada, Beatriz Santos, também estudante, afirma que até agora os alunos não tiveram acesso as notas e nem sabem quem passou ou não no último ano do ensino médio. Fomos enganados nossa escola tinha um plano piloto de fazer uma integração com ensino médio e curso técnico. Eles prometeram o curso técnico junto com ensino médio, nos íamos terminar tudo junto. Até agora não sabemos quem passou ou não. Apenas nos iludiram”, afirma.

O mais curioso é que a Escola Técnica em Saúde Maria Moreira da Rocha foi reinaugurada em março do ano passado pelo atual governo, onde foram apresentados seus modernos laboratórios, que segundo os alunos nunca foram usados, e salas de aula com capacidade para atender quase 2 mil estudantes por ano.

O que diz o IEPTEC

O Instituto Estadual de Educação Profissional e Tecnológica (IEPTEC), responsável pelo ensino técnico no Acre, confirma que os alunos não tiveram uma única aula técnica se quer no ano de 2019. A culpa, mais uma vez, é de Sebastião Viana, diz Francineudo Costa, presidente do instituto.

“Em 2018, na antiga gestão as aulas técnicas deixaram de ser oferecida. Findou que quando assumimos em junho, ficou inviável. Esses alunos já estavam prejudicados. Como a carga horária dos cursos técnicos já havia sindo prejudicada, entramos em contato com a secretaria e o conselho estadual de educação para que eles não fossem totalmente prejudicados. Se fossemos ofertar o curso técnico eles iam terminar apenas em 2021. Como esse pessoal ia fazer o Enem? Por isso decidimos que eles se formassem no ensino médio”, afirma Francineudo.

Francineudo Costa, presidente do instituto – Foto: Reprodução

Perguntado qual o motivo de entregar o certificado de ensino médio e de continuar com a oferta do curso profissionalizante, já que foi isso o prometido aos estudantes, Francineudo afirma a gestão anterior gastou o recurso.

“A gestão passada gastou o dinheiro, que é proveniente de precatórios do Ministério do Trabalho. Grande parte do recurso foi gasto. O que restou não é suficiente para oferecermos os cursos”, afirma Francineudo.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas