Conecte-se agora

Candidatos apontam erros em concurso da prefeitura e prometem acionar o MPAC

Publicado

em

O concurso para o provimento de mais de 500 vagas para a prefeitura de Rio Branco continua a render.

Depois de ter sido cancelado em novembro por conta de “uma falha técnica”, já que provas que seriam realizadas na parte da tarde foram distribuídas pela manhã em uma escola no Universitário, a prefeitura optou pelo cancelamento das provas, mas manteve a A Fundação de Apoio e Desenvolvimento ao Ensino, Pesquisa e Extensão Universitária no Acre (FUNDAPE) como organizadora do concurso.

Novas provas foram realizadas no último dia 29 de dezembro. Foi só sair o gabarito para que novamente chovessem reclamações ao ponto dos candidatos que se sentiram prejudicados divulgarem prometerem acionar o Ministério Público Estadual.
São diversas denúncias que vão desde falhas na organização do concurso, até questão com duas respostas corretas que não foi anulada.

Uma candidata que com medo de represália prefere não se identificar divulgou uma nota que vai servir como base para pedir providências do MPE.

NOTA DE INDIGNAÇÃO

A FUNDAPE (UFAC), banca responsável pela realização e elaboração das provas do concurso público para o provimento de cargos efetivos da secretaria municipal de educação de Rio Branco sob o Edital de Concurso Público n.º 01/2019, de 15 de outubro de 2019, vem demonstrando que não tem o devido preparo técnico e organizacional para a realização de um concurso público do padrão exigido para o município de Rio Branco, capital do estado.

A falta de organização e preparo é tanta que inúmeras falhas e problemas têm sido identificados, denúncias de irregularidades vêm ocorrendo rotineiramente em vários momentos deste certame.

Tal situação tem gerado inúmeros problemas aos candidatos, que tem visto seus dias, semanas e meses de preparação sendo desperdiçados em face das reiteradas “trapalhadas” ocorridas neste concurso.

Um exemplo, foram anuladas para o cargo de Mediador nada menos que 10 questões e 2 questões tiveram o gabarito alterado, isso tudo em um universo de 60 questões, ou seja, 20% das questões da prova tiveram problemas.
Vou detalhar um pouco mais as questões anuladas:

4 na prova específica = 12 pontos
2 na prova de português = 4 pontos
1 na prova de matemática = 1 ponto
1 na prova de atualidades = 1 ponto
2 na prova de legislação = 2 pontos

Até aqui temos 20 pontos, mais 2 questões da prova específica tiveram seus gabaritos alterados o que pode gerar uma variação de mais 6 pontos.

Em síntese um candidato que teoricamente estaria fora do certame por ter “Zerado” a prova de matemática por exemplo, fato que ocorreu em grande escala, graças a essa atuação da banca retornou a disputa a depender da sorte podendo “ganhar” até 26 pontos.

Isso é um absurdo, totalmente desproporcional, essa pontuação equivale a 20% da pontuação máxima da prova, não é razoável e muito menos aceitável.

Para ficar inteligível para todos, imaginem um candidato que não estudou muito, mas teve “sorte” inicialmente ele tinha uma nota mediana por exemplo 74 pontos, mas devido a sua sorte ele “ganhou” mais 26 pontos… O candidato mediano se tornou graças a incompetência da banca um candidato de alto nível com ótimos 100 pontos.

Do mesmo modo que uns ganham, outros candidatos que tinham se saído bem, são prejudicados, pois com a situação descrita fundam por ter seus esforços lançados no lixo, pois ao ter anulada uma questão que tenha acertado anteriormente o candidato deixa de ganhar a pontuação.

Espero que o Ministério Público do Estado do Acre verifique essa situação, para que as centenas de pessoas que estão sendo prejudicadas venham a ter seus prejuízos minimizados e seus direitos preservados.

Uma outra candidata apresenta na prova uma questão que teria duas respostas corretas, mas que mesmo assim não foi anulada.

“Desde as inscrições a banca já vem se mostrando despreparada para organizar um concurso de tamanha proporção. Na realização da primeira prova, a prova foi anulada por falta de prova para alguns candidatos e, filmagens na hora da prova. A segunda prova veio cheia de questões erradas, tanto que na prova para professor de pré-escola foram 6 questões anuladas, ou seja a prova tinha 60 questões e 10% foi anulada. Só Deus e os colegas do concurso, sabem o que estamos sentido, a angústia de nos sentir lesados, pois uma prova desse nível acaba beneficiando quem não conseguiu alcançar a pontuação mínima. Agora me digam se é normal? Queremos uma resposta para saber como uma banca de uma universidade Federal elabora tantas questões erradas assim, e não são erros pequenos, são erros grotescos.

Os candidatos que se sentiram lesados prometem que vão ao Ministério Público na manhã desta sexta-feira, 10.

 

Anúncios

Destaque 3

Domingo de eleição será de céu encoberto com pancadas de chuvas pela tarde e à noite

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas

A Divisão de Meteorologia do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) informa que este domingo, 29 de novembro, dia do 2º turno, será de céu encoberto em todo o estado, com pancadas de chuva à tarde e à noite. Com sol aparecendo sempre entre muitas nuvens e com predomínio quente.

Portanto, além de levar caneta, fazer o uso da máscara e levar a identidade, o eleitor deverá reservar um guarda chuva pelo período da tarde. A temperatura mínima está prevista para 24º e a máxima 34º. Segundo o Climatempo, há probabilidade de 90% de chuva no Acre.

Na região do Alto Acre, que engloba as cidades de Assis Brasil, Brasileia, Epitaciolândia e Xapuri, as temperaturas devem oscilar entre a mínima de 21°C e a máxima de 33ºC. Na região do Baixo Acre, a mínima será de 22°C e máxima de 32ºC e no Vale do Juruá os termômetros ficam entre 21ºC e 33°C.

No Purus, Tarauacá/ Envira, a variação de temperatura fica entre a mínima de 23°C e a máxima de 32°C.

Continuar lendo

Destaque 3

Alto Acre avança à fase Verde; Baixo Acre e Juruá se mantêm na Amarela na pandemia de Covid-19

Publicado

em

Foto: Neto Lucena/Secom

Durante a coletiva do governo do Acre e o Comitê de Acompanhamento Especial da Covid-19 na manhã desta sexta-feira, 27, ficou decidido que, conforme os indicadores avaliados para a classificação de risco da pandemia, a região do Alto Acre avançou para a Bandeira Verde, que a coloca com a liberação do funcionamento do comércio em geral.

Em contrapartida, a região do Baixo Acre/Purus e Juruá/Tarauacá/Envira permanecem na fase Amarela, que significa nível de atenção em relação à pandemia.

Agora, os municípios de Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil e Xapuri devem atuar com um ambiente mais livre, no entanto, ainda com adoção das medidas sanitárias a fim de evitar o aumento de contaminação e internações por Covid-19.

Em relação à última avaliação, o Comitê atesta que houve progresso e diminuição tanto no número de casos e internações no Alto Acre.

“Reforçamos a importância da vigilância. Houve redução de notificação por síndrome gripal em 38% e de novas internações diminuiu 36%. Já o registro de novos casos teve redução de 42%”, explicou o Comitê em relação ao Alto Acre. Os profissionais destacaram que a pandemia não acabou e que Bandeira Verde não significa o fim do vírus. “Pedimos apoio dos gestores prefeitos”.

Nas regiões do Baixo Acre e Juruá, foram observadas redução e também aumento de alguns indicadores, o que as fizeram continuar na fase amarela. “Necessitamos de fortalecer todas as nossas ações com apoio da sociedade”.

São verificados os níveis de isolamento social, notificações por síndrome gripal, novas internações por síndrome respiratória aguda grave, novos casos confirmados de covid-19, novos óbitos por covid-19, ocupação de leitos clínicos por pacientes com coronavírus e ocupação de leitos de UTI por pessoas acometidas pela covid-19 para determinar nova classificação de risco da pandemia no estado.

Continuar lendo

Destaque 3

Prefeitura prorroga por mais 30 dias auxílio emergencial para servidores da saúde da capital

Publicado

em

A Prefeitura Municipal de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Gestão Administrativa e Tecnologia da Informação (SEGATI), anunciou nesta quinta-feira, 26, que irá prorrogar por mais 30 dias o pagamento do adicional de insalubridade para os profissionais de saúde do município que estão trabalhando na linha de frente do combate ao Covid-19. Com essa decisão, o benefício continuará a ser pago nos meses de novembro e dezembro deste ano.

O secretário da SEGATI, Josué da Silva Santos, destacou a importância do trabalho desenvolvido pelos profissionais de saúde no enfrentamento a doença e ressaltou que a população continue tomando os devidos cuidados para evitar a propagação do vírus. A gestão municipal, conforme Josué, está fazendo o possível em todas as frentes de combate à doença.

A prorrogação do tempo determinado é regida pela Portaria nº 240 de 28 de julho de 2020, que versa sobre dilatação do prazo sucessivamente a cada 30 dias, enquanto perdurar o reconhecimento de calamidade pública no âmbito do Município de Rio Branco, desde que haja disponibilidade financeira e orçamentária.

Continuar lendo

Destaque 3

Governo do Acre deve injetar mais de R$267 milhões na economia com antecipação dos salários

Publicado

em

Com a antecipação do pagamento dos salários de servidores ativos e inativos da administração pública estadual, anunciada pelo governador Gladson Cameli nesta semana, a folha de pagamento do pessoal do Estado do Acre, que possui 49.619 servidores, deve injetar mais de R$ 267 milhões na economia local.

O pagamento foi antecipado para esta sexta-feira, dia 27. Pelo calendário oficial, o salário seria pago no último dia útil do mês de novembro. O governador também anunciou a prorrogação do auxílio emergencial destinado aos servidores da saúde e segurança que estão atuando diretamente no combate à Covid-19.

Os profissionais terão direito a mais duas parcelas, referentes aos meses de novembro e dezembro. Para Gladson, a medida mostra compromisso em pagar o funcionalismo em dia. “Os servidores são as pessoas que nos ajudam a mover a máquina, a realizar serviços e melhorar a vida das pessoas”, afirma.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas