Conecte-se agora

Rio Acre ultrapassa cota de transbordamento em Rio Branco e Brasileia e atinge população

Publicado

em

O Acre já enfrenta sua primeira enchente no início de 2020. Na manhã desta quarta-feira, 8, o nível do Rio Acre ultrapassou a cota de transbordamento em Brasileia e também em Rio Branco.

No município localizado no Vale do Alto Acre, o nível do manancial está 10 centímetros acima da cota de transbordamento (11,40 m) e já atinge os primeiros bairros. Imagens dos bairros mais baixos mostram que a água do rio já chegou em quintas e ruas da cidade e já desabriga as primeiras famílias.

Já na capital acreana, o nível do Rio Acre na medição das 6 horas da manhã desta quarta, aponta o nível de 14,02 m, dois centímetros acima da cota de transbordamento.

Centenas de famílias já são atingidas, mas até o momento não há registro de desabrigados.

Segundo o Corpo de Bombeiros a tendência é de subida do nível dos rios tanto em Brasileia, quanto na capital acreana.

A prefeitura de Rio Branco construiu 168 boxes que estão prontos para receber as pessoas que por ventura sejam obrigadas a deixar suas casas por conta da enchente.

A boa notícia é que em Cruzeiro do Sul, o nível do Rio Juruá baixou, apesar de ainda atingir centenas de famílias na região.

Durante esta quarta-feira, a Defesa Civil vai percorrer os bairros que já estão sendo alagados pela cheia do rio na capital acreana para fazer um levantamento do número de pessoas que estão atingidas.

Além dos rio, há também a preocupação com alguns igarapés, que já começam a transbordar e estão sendo monitorados.

Foto: Corpo de Bombeiros

Anúncios

Acre 01

Gestão do prefeito Clodoaldo, de Cruzeiro do Sul, tem 53% de aprovação e 18% desaprovam

Publicado

em

Outro ponto avaliado pela pesquisa de opinião pública registrada AC 09491/2020, realizada pela Real Time Big Data, encomendada e divulgada nesta segunda-feira, 28, pela TV Gazeta/ac24horas, foi a satisfação dos eleitores de Cruzeiro do Sul com o mandato do atual prefeito, Clodoaldo Rodrigues.

De acordo com o cenário das eleições municipais 2020 na cidade, 53% aprovam o trabalho executado por Clodoaldo, enquanto que 18% desaprovam. Neste critério, 29% não souberam ou não responderam à pesquisa.

35% dos entrevistados consideram a gestão de Rodrigues em Cruzeiro do Sul ótima/boa. 28% consideram regular e 1% considera ruim/péssimo 1%. Não souberam ou não responderam, somam 23%.

A pesquisa de opinião pública de avaliação do cenário municipal na cidade de Cruzeiro do Sul foi realizada no período de 21 e 22 de Setembro de 2020 e tem amostra de 600 entrevistas. A margem de erro é de 4,0 pontos, com nível de confiança de 95%.

Continuar lendo

Acre 01

MDB lidera ranking de candidaturas nas eleições de 2020 no Acre e PMN é o último colocado

Publicado

em

O MDB lidera o ranking de candidaturas a prefeito e vereadores em todo o estado do Acre. Foram registradas 333, 11,20% do total de 2.974 pedidos. Em segundo lugar vem o PSD, com 281 candidatos, 9,45% do total. Na terceira posição do ranking aparece o Progressistas com 277 registros de candidaturas, 9,31% do todo. Os dados são do setor de estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral.

O PSDB aparece em quarto lugar no registro de candidaturas, com 258 registros, 8,68%. Só depois, em quinto lugar, aparece o PT com 202 candidaturas, 6,89%. O DEM ocupa o sexto lugar com 170 registros, 5,72%.

Na sétima posição do ranking aparece o Solidariedade da deputada federal Vanda Milani também com 170 candidatos. Na oitava posição vem o PROS com 163 registros, depois, em nono lugar o PCdoB com 158 candidatos e na décima posição o PDT d com 151 registros de candidatos.

No total, 25 partidos registraram candidaturas nas eleições de 2020. Na outra ponta do ranking aparecem o PMN com o registro de apenas duas candidaturas, o PMB com dez e o PV com 22 registros.

Continuar lendo

Acre 01

Estatísticas da Justiça Eleitoral expõem perfil dos candidatos a prefeito e vereador no Acre

Publicado

em

Com o encerramento neste sábado, 26, do prazo para a apresentação de pedidos de registro de candidaturas na Justiça Eleitoral, os 5.568 municípios brasileiros já têm quase definidos os panoramas eleitorais para o pleito deste ano, que será realizado nos dias 15 e 29 de novembro, a segunda data apenas onde houver a necessidade de segundo turno.

No Acre, a Justiça Eleitoral recebeu 2.972 pedidos de registros de candidaturas, entre os cargos de prefeito (89), vice-prefeito (89) e vereador (2.794). A proporção de candidatos por vaga é de 4,05 para prefeito e vice-prefeito e 12,1 para vereador. Em 2016, o número de pedidos totalizou 2.310, de acordo com os dados do sistema Divulgacand, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Entre todos os candidatos que tiveram registro protocolado neste ano, 96 concorrem à reeleição, sendo 9 para prefeito, 2 para vice-prefeito e 85 para vereador. Os cinco partidos com maior número de candidatos são MDB (333), PSD (281), PP (277), PSDB (258) e PT (202). O PMN é a sigla que apresentou o menor número, apenas 2.

Pelo gênero, 1.950 (65,95%) dos candidatos registrados são homens e 1.008 (34,1%) são mulheres, sendo que nenhum declarou nome social. 1.430 (48,3%) são solteiros e 1.316 (44,5%) são casados. Outros 212 (7,16%) são divorciados, viúvos e separados judicialmente.

Pela faixa etária, 539 candidatos (18,2%) tem entre 40 e 44 anos. 11 tem 18 anos (0,37%) e 7 entre 75 e 79 de idade (0,24%). Já quanto ao grau de instrução, 782 têm ensino superior completo (26,44%) e 1.046 têm ensino médio completo. Apenas um dos candidatos registrados no Acre se declarou analfabeto.

A grande maioria dos candidatos, 2.211, se declarou pertencer à cor parda (74,75%) enquanto se declaram brancos 448 (15,15%); pretos 201 (6,8%); indígenas 65 (2,2%) e amarelos 22 (0,74%). As ocupações mais declaradas foram agricultor 295 (9,97%), dona de casa 140 (4,73%) e servidor público 134 (4,53%).

Os dados completos sobre as estatísticas e outras informações disponibilizadas pela Justiça Eleitoral sobre os partidos, coligações e candidatos, como distribuição de recursos e gastos de campanha, por exemplo, podem ser acessadas livremente no site do Divulgacand Contas.

Continuar lendo

Acre 01

Ministro garante que DNIT já está elaborando projeto da ligação da BR-364 com o Peru

Publicado

em

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, garantiu nesta sexta-feira, 25, na cidade de Cruzeiro do Sul, que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), já está elaborando o projeto básico da construção do trecho da rodovia que vai ligar o Brasil ao Peru, dando continuidade da BR-364 via Parque Nacional da Serra do Divisor. O anúncio foi feito durante o II Encontro Brasil/Peru – Avanços na Integração na tarde de hoje, no Sesc, onde a imprensa teve acesso restrito.

Além de Marinho, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, também esteve no evento e assegurou a políticos e empresários locais que o Itamaraty também passará atuar junto ao governo peruano para acelerar a integração.

O senador Márcio Bittar, relator do Orçamento da União para 2021, apresentou um vídeo do DNIT sobre a elaboração do projeto executivo da obra da rodovia para licitar ainda este ano. Com relação à ponte da travessia sobre o Rio Juruá entre a BR-364 e Rodrigues Alves, Bittar assegurou que o governo do Estado está concluindo o projeto para licitar e incluir no orçamento da União do próximo ano.

“Eu sou o relator do Orçamento e vice-líder do presidente Bolsonaro no Congresso. Então não há a menor chance do Orçamento ser
aprovado sem o recurso da rodovia estar incluído”, assegurou o senador lamentando que o governo central peruano esteja agora criando dificuldades do ponto de vista ambiental para a aprovação da obra da estrada. “Temos inimigos do progresso no Brasil e no Peru. Do ponto de vista econômico, temos que estar virados para o oceano Pacífico e não para o Atlântico”, citou.

Sobre a ligação com Pucallpa, o governador Gladson Cameli disse que ficou surpreso com a celeridade do trâmite de projetos e andamentos. “Essa é a vantagem do governo Bolsonaro. Quando dá, dá, não tem enrolação. Agora vamos nos preparar para esse desenvolvimento que virá”.

A preparação da indústria e comércios locais para a ligação com o país vizinho e o restante do mundo via pacífico, lembrou o vice-governador Major Rocha, está bem adiantada por parte de instituições, como o Sebrae e Federação das Indústrias (FIEAC). “Essas instituições então dando suporte técnico para as empresas estarem aptas para aproveitar o novo momento que virá”.

Duplicação da AC-405 e melhoria da AC-407

Outro anuncio feito em Cruzeiro do Sul foi de recursos da ordem de R$ 45 milhões para a duplicação das rodovias estaduais, incluindo a AC-405, que liga Cruzeiro ao aeroporto. R$ 15 milhões foram garantidos por emenda do senador Márcio Bittar. “Essa obra é importante para os cruzeirenses, que já têm um lindo aeroporto”.

Cameli explica que o governo já tem R$ 40 milhões para duplicar a estrada até o aeroporto. E os R$ 15 milhões de Bittar serão empregados na duplicação até Mâncio Lima e para melhorias na AC- 407 até Rodrigues Alves.

Fazem parte da comitiva os ministros das Relações Exteriores, Ernesto Araújo e do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, senadores Márcio Bittar, Sérgio Petecão, deputados federais Mara Rocha e Alan Rick, presidente da FIEAC, Adriano Silva, presidente da Assembleia legislativa, Nicolau Junior e deputado estadual, Luís Gonzaga.

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Clodoaldo Rodrigues, destaca que os cruzeirenses que cresceram ouvindo falar dessa integração “agora estão vendo tudo se tornar realidade e estamos todos muito felizes”, concluiu.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas