Conecte-se agora

Cheia nos rios alerta riscos de choque elétrico, doenças e animais peçonhentos

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

Chegado o inverno amazônico, é natural a incidência de cheia nos rios acreanos. As inundações provocam inúmeros transtornos aos ribeirinhos e moradores de bairros próximos aos mananciais. Com isso, alguns riscos são mais iminentes no início das alagações, como choques elétricos, doenças e proximidade de animais peçonhentos.

Ao ac24horas, o Major Cláudio Falcão, porta-voz do Corpo de Bombeiros, explicou algumas das situações em que as pessoas atingidas com a cheia dos rios devem ficar atentas. A primeira delas diz respeito ao perigo da água junto à eletricidade.

“Existem muitos riscos nesse momento de inundação, a começar pelas pessoas que estão em casa. Elas devem ter preocupação com choque elétrico, pois quando a água chega às residências, pode atingir as tomadas e provocar choques fatais”, fiz o Major. O choque elétrico na água tem uma intensidade muito maior e, consequentemente maiores danos.

Segundo os Bombeiros, os moradores devem observar quando a água atinge suas casas e prestar atenção se a água alcança as tomadas ou os padrões de energia elétrica, para assim evitar contato e acidentes.

Outra situação que deve ser evitada, de acordo com o Major, é o contato com a água, uma vez que o contato direto com água poluída também acarreta riscos à saúde. “São muitas doenças que podem afetar os moradores, como a leptospirose ou doenças de pele”, salienta Falcão.

Muitas vezes, as crianças acabam aproveitando os quintais alagados para se divertirem e até nadar, situação vista como perigosa para as autoridades. “Esses locais podem se transformar numa grande fonte de infecção”, pontua.

Por último, a aproximação de animais peçonhentos nas residências próximas da inundação ou parcialmente inundadas. “São cobras, caranguejeiras, aranhas e escorpiões. Nesse momento, as pessoas devem ter muito cuidado em locais alagados, tanto pela água do rio como água da chuva para ficar sujeito a riscos de saúde”, finaliza Cláudio Falcão.

Às 9 horas desta quarta-feira, 8, o rio Acre na capital acreana já ultrapassava cinco centímetros a cota de transbordamento, marcando 14,05 metros. Em Brasileia, o rio registra 11,56 metros. Sena Madureira mede, conforme a última avaliação, 11,95 metros. Tarauacá saiu da cota de alerta, baixando para 6,40 metros. Já em Cruzeiro do Sul, o rio Juruá segue em transbordamento, marcando 12,94 metros.

Anúncios

Cotidiano

TSE anuncia parceria com principais redes sociais para combater fake news nas eleições

Publicado

em

O Juiz Eleitoral da 9ª zona, Giordane Dourado, tem dito que uma das principais metas para as eleições deste ano é o combate às fake news. Em uma campanha eleitoral onde ainda vigora medidas de isolamento social, a internet, que já tem sido decisiva, ganha uma importância ainda maior.

A preocupação não é só do Acre, mas de todo o país. Tanto que o Tribunal Superior Eleitoral anunciou, nesta quarta-feira (30), uma parceria com WhatsApp, Facebook e Instagram para combater a disseminação de fake news, de disparos em massa, e para divulgar medidas de segurança para o combate ao Covid-19 durante as eleições municipais de novembro.

A justiça eleitoral realizou um evento virtual com a participação do presidente do TSE, ministro Luís Roberto Barroso, e de representantes das três redes sociais, onde foi comunicado que o WhatsApp disponibilizará um canal de comunicação para denunciar contas suspeitas de realizar disparos em massa, o que é proibido.

“O TSE será a primeira autoridade eleitoral do mundo a ter um chart bot dentro do aplicativo, que permitirá aos eleitores interagirem com o Tribunal Superior Eleitoral no Whatsapp. Haverá um canal específico para que a Justiça Eleitoral e cidadãos possam denunciar contas suspeitas de fazerem disparos em massa. Recebida a denúncia, o WhatsApp conduzirá uma apuração interna para verificar se as contas indicadas violaram as políticas do aplicativo. E, se for o caso, irá bani-las”, explicou Aline Osorio, secretária-geral do TSE.

Continuar lendo

Cotidiano

Foragido condenado por estupro no Mato Grosso é preso em Sena Madureira

Publicado

em

A Polícia Civil no município de Sena Madureira, distante 144 km de Rio Branco, prendeu nesta quarta-feira, 30, um foragido da Justiça de Mato Grosso (MT). O foragido condenado pela Justiça do Estado de Mato Grosso foi localizado numa residência situada no bairro Jardim Primavera. Ele é condenado pelo crime de estupro.

O trabalho investigativo da equipe de agentes de Polícia Civil, coordenados pelo delegado Marcos Frank, também resultou na prisão de duas pessoas em Rio Branco pelo crime de tráfico de drogas que, de acordo com a mesma investigação, o casal S. S. S e D. da D. M. enviava drogas para abastecer “bocas de fumo” daquele município.

Ao todo, foram efetuadas quatro prisões que, para o delegado Marcos Frank, foram importantes para retirada de circulação de ativos criminais. “São prisões importantes para a Polícia. Conseguimos neutralizar parte do envio de drogas que chegava até o município e conseguimos prender um foragido do Estado de Mato Grosso, o que demonstra forte interação com outros estados da federação”, declarou Marcos Frank.

Continuar lendo

Cotidiano

Petista Jonas Lima critica demora em hospital e falta de delegacia em Mâncio Lima

Publicado

em

O deputado Jonas Lima (PT) criticou nesta quarta-feira (30), em sessão virtual da Assembleia Legislativa, a demora na reforma do hospital de Mâncio Lima. “Esse hospital já foi referência para outras cidades. Mulheres de cidades vizinhas vinham para Mâncio Lima dar à luz nesse hospital”, disse.

Ele também destacou a necessidade de se melhorar as instalações da Polícia Civil de Mâncio Lima. “Aqui é uma fronteira e a polícia não tem uma delegacia para trabalhar”, criticou.

Continuar lendo

Cotidiano

Termina hoje o prazo para inscrições em bolsas remanescentes do ProUni

Publicado

em

Terminam nesta quarta-feira, 30, as inscrições para 90 mil bolsas remanescentes do Programa Universidade Para Todos (ProUni) 2020/2. Os interessados têm até às 23h59 (horário de Brasília) para o cadastro. As vagas retornaram ao sistema após os candidatos selecionados não entregarem a documentação ou terem seus documentos reprovados pelas instituições de ensino.

Podem requerer a bolsa quem fez o Exame Nacional do Ensino Médio, a partir de 2010, com média mínima de 450 pontos e nota acima de zero na redação. Professores da rede pública de ensino que estejam em exercício do magistério, também podem se candidatar. O inscrito precisa comprovar estar enquadrado em uma das seguintes situações: ter feito todo o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral em colégio particular; ser pessoa com deficiência; ter contrato ativo em escola pública como professor.

O pré-selecionado deve procurar a instituição de ensino dois dias úteis após a inscrição no ProUni para apresentar a documentação exigida para a concessão da bolsa de estudos.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas