Conecte-se agora

Vídeomaker do ac24horas mostra a realidade das primeiras famílias atingidas pela alagação

Publicado

em

Nem mesmo um bairro com nome de cidade foi suficiente para comportar tanta gente que ano após ano é atingido pelas águas do Rio Acre e seus afluentes. Basta alguns dias de chuva forte e algumas famílias já ligam o sinal de alerta.

Os rios estão pegando água pelos lados do município de Assis Brasil, chegando na parte de cima dos barrancos e as autoridades ligadas a Defesa Civil já começam a pensar no que fazer com as primeiras famílias do bairro Ayrton Sena, em Rio Branco, conhecido pela vulnerabilidade de seus moradores e fragilidade de algumas casas da rua Beira-Rio.

O Videomaker do ac24horas saiu às ruas que alagam primeiro, conheceu famílias que mesmo antes do alarme oficial já estão preocupadas. Gente que ao longo dos anos acreditou na promessa de um inverno de paz e sem risco de perder os poucos pertences que possuem.

Kennedy Santos encontrou Enoque, um homem de 53 anos, que depois de sobreviver a três tragédias, resolveu por conta própria morar numa casa-barco. Ele é um dos poucos que mora perto do Igarapé Turiba e que não está preocupado com a possibilidade da enchente. As águas do pequeno Igarapé se juntam com o rio acre e expulsa os moradores para o abrigo público ou casa de parentes. Quem assistir ao vídeo vai ver essa e outras comoventes histórias que tem um fim com mesmo roteiro de sempre. Assista!

video

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas