Conecte-se agora

“Quem vive com a bíblia na mão não pode faltar com a verdade”, diz Vagner Sales sobre Ilderlei

Publicado

em

O ex-prefeito de Cruzeiro do Sul Vagner Sales concedeu uma entrevista pra lá de desabrochada na última semana ao programa local de TV Juruá Notícias. Ele rebateu críticas do atual prefeito Ilderlei Cordeiro (Progressistas) e também elencou algumas à gestão do município. Sales afirmou que mesmo sem mandato algum, está num momento feliz e que ainda assim “pessoas me ofendem”, disse referindo-se a Ilderlei.

Ao explicar as dívidas que ficaram na prefeitura de Cruzeiro do Sul, Vagner Sales fez jus ao apelido de ‘Leão do Juruá’ ao tentar esmiuçar as contas. “Todo estado e prefeituras têm contas que se arrastam há muitos anos de gestões deixadas de uma para outras. Ilderlei, infelizmente é meio analfabeto nisso de “precatórios”, que são contas deixadas por administrações passadas e que foram judiciadas e determinado pela Justiça que a prefeitura pague”, salientou Sales.

Segundo ele, o Supremo Tribunal Federal (STF) determinou que essas contas da prefeitura devessem ser quitadas num prazo máximo de 10 anos. “Eu, como gestor, paguei essas contas do município durante muitos meses, de administrações passadas. Desafio o prefeito [Ilderlei] a mostrar conta precatória minha no valor de R$ 70 mil, como ele disse. Ele está faltando com a verdade. O homem que vive com a bíblia na mão sabe que não pode faltar com a verdade”, pontou Vagner.

O ex-prefeito garante que Ilderlei mentiu ao dizer publicamente que ele havia deixado dívidas nesse valor de sua gestão na prefeitura. Com relação a justificativa dos empréstimos contraídos por Ilderlei recentemente, que seriam para quitar dívidas junto à Energisa, Vagner atestou: “Todos de Cruzeiro do Sul sabem que por 21 anos a prefeitura não pagou energia elétrica na cidade. Como eu ia pagar uma conta de quase R$ 30 milhões deixada pela outras prefeituras só na minha gestão?”, indagou.

Sales completou dizendo que brigou por muito tempo na Justiça para fazer o parcelamento dessa dívida junto à empresa distribuidora de energia elétrica. “Negociamos uma dívida de 21 anos. Como prefeito ainda entrei com quase R$ 7 milhões pra fazer esse parcelamento. E não era só Cruzeiro do Sul que estava naquela situação. Então, dizer que a minha gestão não pagou energia? Muito pelo contrário”.

A prefeitura de Cruzeiro do Sul acaba de fazer um pedido de empréstimo para trocar as lâmpadas da cidade, no valor de R$ 6 milhões. “Essa dívida você vai pagar nesse mandato que você tem ou vai deixar para os outros, se ela for contraída?”, questionou Sales.

Vagner Sales: “Ilderlei é um prefeito cassado”

O ex-prefeito ainda proferiu algumas previsões sobre a gestão Ilderlei. Para Vagner Sales, Cordeiro “é um prefeito cassado”. “Ele está com recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), perdeu em primeira instância. Não tenho dúvida de que o prefeito será cassado daqui no máximo três meses. Graças a Deus, porque com a cagada (sic) que ele está fazendo, o povo vai agradecer”, relatou.

Turma do “contra”

Vagner revelou que é chamado de “turma do contra” pela atual gestão municipal de Cruzeiro do Sul. Ele afirma ser contra apenas a um projeto que não ouve a sociedade na formulação dos projetos para a cidade. “Por exemplo, querem trocar dois prédios da cidade, que são patrimônio, e dar mais R$ 600 mil por um prédio abandonado da Unopar. Deve haver interesse nesse negócio, por isso os vereadores estão preparando uma ação e entrando no Ministério Público pedindo anulação dessa lei. E esses vereadores não são do contra, são eleitos para fiscalizar se a aprovação desse projeto é boa ou ruim para o município”.

O ex-gestor diz que a suposta construção de um Centro administrativo comportando todas as secretarias em Cruzeiro do Sul, após uma possível troca dos prédios, é inviável. “É um péssimo negócio. A população deve acordar, porque essas propostas que estão sendo enviadas para a Câmara de Vereadores são coisas de maluco”, declara Vagner.

Ingratidão

Vagner Sales encerrou a entrevista pedindo mais respeito de Ilderlei. “A ingratidão é o maior defeito do ser humano. Fui seu parceiro. Chorava no palanque quando você foi candidato a deputado federal e depois lhe chamei pra ser candidato a prefeito. Elegemos você e hoje utiliza os meios de comunicação para me ofender. Isso é ingratidão”.

Além disso, Vagner lamentou supostos ataques também proferidos pelo prefeito a sua filha a deputada federal Jessica Sales. “Ela esteve 40 dias na sua campanha, ajudando a sua administração, quem mais coloca dinheiro no munícipio de Cruzeiro do Sul é ela e suas críticas a maltrata”. Vagner relatou um momento referente ao conflito. “Ela já chegou em casa chorando, dizendo ‘pai, estou fora da política’, isso por ser atacada pelo prefeito que ela mais ajuda”.

O Leão do Juruá finalizou alertando que “o poder é passageiro”. “Há poucos dias te encontrava vendendo frango e polpa de frutas, mas você aprendeu a ganhar dinheiro rápido nesses três anos”.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas