Conecte-se agora

Indefinição marca primeiro encontro entre Gladson e Ribamar no Palácio Rio Branco

Publicado

em

Em uma reunião que durou pouco mais de uma hora, o Secretário da Casa Civil, Ribamar Trindade, esteve no Palácio Rio Branco na tarde desta terça-feira, 7, para uma conversa franca com o governador Gladson Cameli.

Longe dos holofotes desde que veio a tona um suposto desentendimento entre ele e o chefe do Palácio Rio Branco em meados de dezembro, Ribamar saiu do gabinete de Cameli sem conversar com ninguém, o que deixou o clima da incerteza no ar. Ele estava fora do estado acompanhado de sua família curtindo férias e deveria decidir o seu futuro na primeira semana de 2020.

O ac24horas questionou por telefone o governador Gladson Cameli sobre o teor do encontro com Trindade e a manutenção de secretário da Casa Civil, porém o chefe do executivo foi sucinto: “Ainda não decidimos”, sem repassar mais detalhes. A reportagem tentou por diversas vezes falar com Trindade durante o dia, mas não obteve êxito.

Ribamar chegou a entregar no dia 20 de dezembro uma carta de demissão a Cameli pontuando uma série de motivos para o seu desligamento, mas foi convencido a tomar a decisão após as festas de final de ano.

O estopim para a crise palaciana também se deu quando o governador revelou ao ac24horas sobre a falta de entendimento entre seus principais cabeças da gestão: Semírames Dias (Sefaz), Maria Alice ( Seplag) , Thiago Caetano (ex-Seinfra), e o próprio Ribamar.

Na manhã de hoje, Trindade foi a Casa Civil e despachou normalmente. O clima parecia mais ameno entre seus interlocutores, mas a falta de um posicionamento oficial acendeu uma luz vermelha no Palácio Rio Branco.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas