Conecte-se agora

Em meio ao surto de dengue em Cruzeiro do Sul, Coordenador de Saúde do Juruá pede exoneração

Publicado

em

Nesta terça-feira, 7, o coordenador Regional de Saúde do Juruá, Roberto Holanda, pediu exoneração do cargo que ocupava há seis meses. Enviou o pedido ao governador Gladson Cameli e ao secretário Alisson Bestene e publicou o fato em suas redes sociais.

Ele confirmou que há 50 casos suspeitos de dengue grave (antes denominada hemorrágica) em Cruzeiro do Sul, onde circula atualmente o tipo 2 da doença, considerado muito letal, mas diz que o motivo de sua saída não é o surto de dengue apesar de confirmar que “o governo do Estado deveria dar mais atenção e suporte aos municípios, com insumos e pessoal”, cita ele reconhecendo que a situação é muito grave em Cruzeiro do Sul onde três pessoas já morreram com dengue grave.

“Tem muita coisa errada que eu não tenho como corrigir. Tem coisas que acontecem abaixo do secretário e ele nem sabe”, afirmou.

Holanda diz que não tem autonomia para comprar um parafuso sequer, mas que é cobrado “como se eu fosse um secretário”.

 

Outra crise que Roberto não mais terá que contornar é com relação à reclamação de servidores do Hospital do Juruá, do não recebimento do salário de dezembro. Enfermeiros dizem não terem recebido ainda.

No início da noite Roberto Holanda publicou em suas redes sociais, um atestado médico de oito dias e em seguida, postou seu pedido de exoneração. Biológico e servidor público municipal, Holanda deverá voltar para a secretaria Municipal de Saúde de Cruzeiro do Sul.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas