Conecte-se agora

Lista de material escolar: o que a escola pode ou não solicitar

Publicado

em

O Educa Mais Brasil fez uma lista baseada na legislação

O início do ano chega repleto de comemorações. Durante a virada do ano velho para o novo, as pessoas celebram a vida, novas expectativas e a possibilidade de concretizar novos sonhos. Entretanto, cada nova fase também chega com novas despesas, e a lista de materiais escolares é uma das primeiras. Por causa da rotina, muitos pais não conferem quais itens solicitados pelas escolas estão de acordo com o que permite a legislação.

Para facilitar a vida dos pais, o Educa Mais Brasil, programa de apoio estudantil que já beneficiou mais de 1 milhão de estudantes com bolsas de estudo para várias modalidades de ensino, inclusive Educação Básica, resolveu buscar na lei os itens que são proibidos na lista de material escolar dos estudantes. A relação está enumerada a seguir:

Itens da lista de material escolar proibidos

O Órgão de Proteção ao Consumidor (Procon) proíbe que as unidades educacionais exijam produtos de limpeza e higiene, administrativos e remédios nas listas escolares. Desta forma, é proibido constar:

  • Álcool
  • Algodão
  • Sabonetes
  • Papel Higiênico
  • Papel Ofício
  • Grampeador
  • Piloto de lousa
  • Pratos descartáveis
  • Detergente

Além disso, as escolas não podem solicitar itens de marcas específicas ou adquiridos em locais previamente indicados pela instituição.

Materiais permitidos

A escola deve solicitar apenas os itens que serão usados durante o período escolar. A lista é diferenciada de acordo com o grupo e a idade do aluno a ser matriculado.

Para o maternal, período da educação infantil, podem ser indicados:

  • Massa de modelar
  • Pincel
  • Tubo de cola
  • Lápis de cor
  • Livro de desenho
  • Caderno de desenho

As crianças maiores pedem a utilização de:

  • Lápis
  • Caneta
  • Apontador
  • Tesoura sem ponta
  • Tinta guache
  • Pincel
  • Revistas para recorte
  • Algum livro de história infantil específico

Fonte: Agência Educa Mais Brasil

Propaganda

Acre 01

Gladson nomeia advogado de Marcus Alexandre para cargo de diretor de planejamento da Seinfra

Publicado

em

O Diário Oficial desta terça-feira, 21, trouxe a nomeação de mais um cargo comissionado na Secretaria Estadual de Infraestrutura do governo acreano (Seinfra).

A partir de agora, a secretaria tem como novo diretor de planejamento Fernando Daniel Faria da Conceição.

Dois fatos curiosos chamam a atenção em relação ao novo gestor.

O primeiro é que Fernando, novo gestor, é filho de Fernando Moutinho, engenheiro aposentado do Deracre, que foi homem forte nas administrações petistas e considerado um dos responsáveis pela trafegabilidade completa da BR-364 até Cruzeiro do Sul, ocorrida pela primeira vez em 2011.

O outro fato que chama a atenção é que Fernando Daniel é um dos advogados do próprio pai e de Marcus Alexandre, ex-prefeito e candidato derrotado nas últimas eleições ao governo do Acre pelo PT, na ação que investiga o desvio de R$ 700 milhões em recursos públicos e o envolvimento de servidores do Departamento de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre), Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Rondônia, além de empresários.

 

Continuar lendo

Acre

Oferta de vagas do Atacadão na internet é falsa e pode ser golpe

Publicado

em

Tem se espalhado em grupos de Whatsapp ofertas de empregos no Atacadão.

Segundo a publicação, em janeiro deste ano a empresa inaugura um novo empreendimento e estão disponíveis 487 vagas em diversos setores, mesmo sem experiência.

Há um espaço para que o candidato preencha com o nome, cidade, e-mail, grau de escolaridade, selecione o setor onde pretende trabalhar e ainda a disponibilidade de horário.

Depois de preencher os dados, aparece uma imagem com as vagas disponíveis. Mas o que chama a atenção é que mensagem diz para o preenchimento de todas as vagas e antes de ser redirecionado para uma entrevista é preciso compartilhar o anúncio com cinco amigos ou cinco grupos.

O ac24horas entrou em contato com o Atacadão em Rio Branco e confirmou que se trata de uma informação falsa. A empresa garantiu que no momento não tem planos de expandir sua rede em Rio Branco e que essa não é a forma que realiza as contratações.

 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas