Conecte-se agora

Chuvas elevam nível do Rio Madeira e causam prejuízos na capital de Rondônia

Publicado

em

IMAGEM DA INTERNET

O nível do Rio Madeira subiu muito nos últimos dias e as chuvas vem causando grandes transtornos à população de Porto Velho.

Na manhã desta segunda-feira (6) um balanço parcial dos problemas mostra que parte do teto do Hospital de Base, importante referência na saúde pública do Estado de Rondônia, caiu por causa de infiltração.

Além disso, há notícias de que placas de automóveis arrancadas e parte do muro do Aeroporto do Belmont caiu com a força de vento.

As águas do Rio Madeira tem se alterado de volume de modo substancial e marcou 13,74 metros na cidade de Porto Velho nesta segunda-feira ante a 13,16m na medição de domingo. (JAM)

Propaganda

Cotidiano

Quinta será de tempo instável com chuvas no decorrer do dia em algumas regiões

Publicado

em

No Acre, a previsão do tempo para esta quinta-feira (23) será de tempo instável, com chuvas a qualquer momento, desde as primeiras horas do dia. Alta probabilidade de chuvas intensas.

A umidade do ar mínima, na parte da tarde, varia entre 70 e 90%, no leste e no sul do estado, e entre 65 e 85%, nas demais áreas.

A temperatura na capital acreana e em Senador Guiomard, Bujari e Porto Acre, mínima, varia de 21 e 23ºC, e a máxima, entre e 27 e 29ºC.

Sena Madureira e Manuel Urbano, mínima, 21 e 23 ºC, e máxima, entre 28 e 30ºC. Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Xapuri e Capixaba, mínima, entre 20 e 22ºC, e máxima, 26 e 28ºC.

Já em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Porto Walter, a mínima, entre 20 e 22ºC, e máxima, entre 29 e 31ºC. Marechal Thaumaturgo e Jordão, a mínima, entre 22 e 24ºC, e máxima, entre 32 e 34ºC.

Em Tarauacá, Feijó e Santa Rosa do Purus, a mínima, entre 21 e 23ºC, e máxima, entre 29 e 31ºC. Acrelândia e Plácido de Castro, a mínima, entre 21 e 23ºC, e máxima, entre 27 e 29ºC.

Continuar lendo

Cotidiano

Governo atende reivindicação e dará policiamento específico a unidades de saúde

Publicado

em

O governo do Acre vem tentando a todo custo, nos últimos dias, minimizar os efeitos da criminalidade, principalmente em Rio Branco. Nesta quarta-feira, 22, mais uma reunião entre representantes da segurança pública e da saúde definiu novas medidas a serem colocadas em prática imediatamente. É o caso do policiamento específico a todas as unidades de saúde, que começa a ser realizado hoje.

O encontro ainda reuniu cinco sindicalistas da área da saúde. A medida atende uma das reivindicações da categoria. Segundo o secretário-adjunto de Segurança Pública, coronel Ricardo Brandão, “a proposta é entender a problemática que envolve as unidades de saúde do Acre e, a partir desse entendimento, buscar construir uma solução definitiva para essa situação”.

O secretário de Saúde, Alysson Bestene discutiu estratégias para atender demandas de segurança das unidades de saúde da capital e anunciou medidas efetivas a curto, médio e longo prazo para dar mais segurança aos trabalhadores em saúde e à população que utiliza as unidades.

“Reuniões já vêm ocorrendo nesse sentido, fazendo alinhamentos, trabalhando de modo integrado com a segurança para que, em um curto espaço de tempo, se tenha um efetivo maior na garantia de segurança nas unidades não só da capital, mas no interior”, destaca Alysson.

 

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

welcome image