Conecte-se agora

Após terceira morte por dengue, Sesacre enviará equipe técnica para investigação

Publicado

em

Após a terceira morte por dengue no município de Cruzeiro do Sul, o Governo do Estado do Acre, por meio da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), decidiu enviar nesta segunda-feira (06) uma equipe do Departamento de Vigilância Epidemiológica para investigar as causas da morte da adolescente, Abigail, 16 anos. A jovem faleceu na última quinta-feira (02) na Unidade Terapia Intensiva do Hospital do Juruá.

Outras duas mulheres também morreram de dengue grave em Cruzeiro do Sul. Uma delas é Neiva Nascimento, que morava no Bairro da Várzea. A outra mulher, que não teve o nome divulgado pela Vigilância Epidemiológica, também foi infectada na Várzea, mas morreu em outra localidade. Este ano em Cruzeiro já são 2.230 casos de dengue confirmados.

Segundo a chefe de Departamento de Vigilância em Saúde da Sesacre, Glória Nascimento, o trabalho do Estado no combate a dengue é de orientação, monitoramento da doença e de investigação dos casos de óbito, sendo as secretarias de Saúde dos municípios, as responsáveis pela prevenção e eliminação dos focos do mosquito transmissor.

“Estaremos em Cruzeiro auxiliando o fluxo de atendimento [das pessoas acometidas pela dengue] dentro dos hospitais e investigando em que circunstâncias o óbito da adolescente ocorreu”, explica Glória.

Por ser de responsabilidade dos municípios, os recursos para o combate a dengue são repassados diretamente do Ministério da Saúde (MS) para as administrações locais.

A Sesacre, no entanto, acompanha os trâmites principais, como, por exemplo, o envio de inseticidas que são borrifados nos bairros pelo Ministério da Saúde. Segundo o MS, essas ações só devem acontecer a partir de março, o que obriga aos moradores redobrar os cuidados com medidas como tampar as caixas d’águas e não deixar poças d’água no quintal, geralmente em pneus velhos e tampas de garrafas em áreas de matagal.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas