Conecte-se agora

Membros do Comando invadem casa na Cidade do Povo e executam detento com 12 tiros

Publicado

em

O detento monitorado por tornozeleira, Felipe Ramon, foi executado com 12 tiros na madrugada desta sexta-feira (3) dentro de uma casa localizada na rua Manoel Teixeira, na quadra 12, casa 10, no Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia repassadas a reportagem do ac24horas, Felipe estava dormindo com uma escopeta debaixo do travesseiro, quando três homens, membros da facção Comando Vermelho, em posse de armas de fogo, quebraram a porta, invadiram a residência e efetuaram vários tiros contra a vítima, que foi atingido com 12 projeteis, na região da cabeça, peito, costas e braços. Após a ação ,os criminosos fugiram do local tomando rumo ignorado.

Moradores acionaram a ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas quando os paramédicos chegaram ao local, nada pode fazer pelo detento que já se encontrava morto.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos dos peritos em criminalística, em seguida os policiais colheram informações a respeito dos autores do crime e fizeram rondas na região em busca de prendê-los, mas ninguém foi encontrado.

O corpo de Felipe foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavérico. O caso segue sob investigação dos agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Segundo a Polícia, Felipe ganhou a liberdade condicional há 4 meses e é filho de uma Agente de Polícia Civil do município de Plácido de Castro. A Polícia acredita que a motivação do crime é guerra entre facções, pela disputa de território e domínio do tráfico de drogas.

Propaganda

Acre 01

Procuradora Kátia Rejane toma posse para novo mandato à frente do Ministério Público do Acre

Publicado

em

A procuradora-geral de Justiça, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, toma posse para novo mandato durante o biênio 2020-2022, em sessão solene do Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público do Estado do Acre (MPAC), marcada para a próxima sexta-feira (31), no auditório do Centro Universitário Uninorte.

Na mesma cerimônia, o órgão colegiado reconduz ao cargo o corregedor-geral Celso Jerônimo de Souza, e serão empossados também os procuradores de Justiça Danilo Lovisaro do Nascimento, Álvaro Luiz Araújo Pereira e João Marques Pires como membros titulares do Conselho Superior, órgão que zela pelos princípios institucionais.

Além da Procuradoria-Geral de Justiça, a administração superior do MP acreano compreende a Corregedoria-Geral, o Conselho Superior e o Colégio de Procuradores, órgãos responsáveis por atuar e deliberar em assuntos administrativos, funcionais e institucionais, sendo que nos dois últimos as decisões são tomadas conjuntamente.

No final de 2019, com quase 70% dos votos dos membros do MP acreano, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues foi reconduzida ao cargo de chefe da instituição e nomeada pelo governador do estado, Gladson Cameli, para mais um mandato de dois anos.

A cerimônia de posse no Centro Universitário Uninorte começa a partir das 18h30.

Jaidesson Peres- Agência de Notícias do MPAC

Continuar lendo

Acre 01

Criminosos executam membro do CV com três tiros na cabeça na frente da mãe

Publicado

em

As guerras entre facções não cessam e mais um homicídio com características de execução foi registrado na capital. O membro da facção Comando Vermelho (CV) Jair Figueiredo Castelo Júnior, de 23 anos, foi morto com quatro tiros dentro de sua residência na madrugada desta terça-feira (28), localizada na rua Celeste, no Conjunto Jacarandá, região do Segundo Distrito de Rio Branco.

De acordo com informações da polícia repassadas a reportagem do ac24horas, dois homens membros do Bonde dos 13 (B13) chegaram na frente da residência em uma motocicleta, arrebentaram o portão, invadiram a casa, perguntaram para mãe aonde a vítima estava, em seguida, foram até o quarto aonde Jair estava dormindo e em posse de uma arma de fogo executaram o membro da facção rival com três tiros na cabeça e outro no peito. Após a ação os criminosos fugiram do local.

A ambulância do suporte avançado do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada pela mãe, mas quando os paramédicos chegaram ao local, nada puderam fazer por Júnior que já se encontrava morto.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos dos peritos criminais, em seguida a polícia fez várias rondas na região em busca de prender a dupla na motocicleta, mas ninguém foi encontrado.

O corpo de Jair foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) já iniciaram as investigações em busca de identificar os acusados.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas