Conecte-se agora

Empresa suspende fornecimento e pacientes e servidores ficam sem pão no café da manhã

Publicado

em

Boa parde das empresas fornecedoras de alimentação do estado tiveram um ano difícil. Muitas, ainda tem a receber da gestão passada, mais de um ano após o fim do governo de Sebastião Viana.

Além do débito do antigo governo, o atual também não estaria pagando em dia. Com isso, existem empresas com até seis meses de pagamento atrasado.

Uma delas não aguentou mais e tomou uma medida drástica na manhã desta sexta-feira, 3. O velho e bom pãozinho de todas as manhãs não chegou até os pacientes e funcionários do Hospital Sansão Gomes em Tarauacá.

A reportagem do ac24horas entrou em contato com a diretora da unidade de saúde, Laura Pontes.

Visivelmente irritada com o vazamento da informação, a gestora chegou a afirmar que o corte de fornecimento de pão para a unidade de saúde não seria um assunto de interesse da população, mas acabou confirmando a suspensão da alimentação.

No entanto, garantiu que o pão foi substituído por bolacha e que nenhum paciente ou servidor ficou sem café da manhã. Quanto ao corte do fornecimento pela empresa, Laura se limitou a responder que cumpre seu papel de gestora da unidade e que os pagamentos são de responsabilidade da Secretaria Estadual de Saúde. A Sesacre ainda não se pronunciou.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas