Conecte-se agora

Mortes violentes reduziram 56% em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

De acordo com relatório do Núcleo de Apoio Técnico do Ministério Público, no Acre houve queda de 25 % de Mortes Violentas Intencionais em 2019 com relação a 2018.Em 2018 foram 412 mortes e em 2019, foram 309.

Em Cruzeiro do Sul foram 60 mortes violentas em 2018 e 26 no ano passado, uma redução de 56%.

Em Mâncio Lima foram 8 mortes em 2018 e 6 em 2019. Em Rodrigues Alves foram 3 em 2018 e 9 em 2019. Em Marechal Thaumaturgo houve uma morte violenta em 2018 e nenhuma no ano passado. Em Porto Walter n5ão houve crime violento em nenhum dos dois anos.

Ainda de acordo com o relatório do Ministério Público, 91% das pessoas mortas eram homens e 9%, mulheres. Em 66 % dos casos foram usadas armas de fogo. Em 25% , arma branca e em 9% , outros objetos.

A motivação da maioria das mortes violentas é a droga ou acerto de contas, sendo 160 dos casos registrados. Os outros foram por feminicídio, vingança, erro de pessoa, legítima defesa e intervenção policial.

De acordo com o comandante do 6° Batalhão da Polícia Militar, que inclui as 5 cidades do Vale do Juruá, major Evandro Bezerra, a redução do número de mortes violentas é resultado do trabalho de patrulhamento ostensivo preventivo e repressivo desenvolvido pela Polícia Militar e em integração com os demais órgão de segurança pública e justiça criminal.

Destaca que em 2019, nas 1.316 operações realizadas, a Polícia Militar, aprendeu 500 quilos de entorpecentes, 153 armas de fogo, U$79 mil e R$ 23 mil em espécie. Ainda fez 2007 prisões.

O major Evandro acredita que todas essas ações impactam positivamente na redução das mortes violentas em 2019 com relação ao ano anterior ” e o objetivo é seguir nessa diminuição da violência na região “.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas