Conecte-se agora

Milhares de acreanos celebram juntos a chegada de 2020 na Gameleira

Publicado

em

Fotos: Sérgio Vale/ac24horas

Um céu colorido durante 15 minutos e milhares de corações com esperança de um ano melhor para o acreano. Foi assim a chegada de 2020 em Rio Branco. O Calçadão da Gameleira abrigou milhares de pessoas que aproveitaram as atrações musicais para festejar o ano novo com muita alegria.

Famílias inteiras saíram de casa para a festa que teve como ponto alto a queima de fogos que durou 15 minutos. Espetáculo que encantou adultos e crianças. O pequeno Artur, 8 anos, não conseguiu tirar os olhos do céu. “É bonito demais”, disse.

A grande surpresa foi a cascata de fogos montada na ponte Juscelino Kubitschek

Dona Adelaide, 64 anos, disse que não quer nada mais que saúde em 2020. “Na minha idade, não tem nada mais importante do que ter saúde. O resto a gente resolve com a ajuda de Deus”, afirmou.

Segurança inclusive foi um pedido de muita gente para o ano novo. “Nossa cidade hoje tá violenta demais. Vivemos com medo. Eu mesmo nem queria vir pra cá, só vim porque a família insistiu. Segurança é o meu pedido para esse ano que tá começando”, afirma Carlos Andrade.

Apesar da preocupação de Carlos e de muita gente, a festa, até a virada, foi marcada por tranquilidade. As principais ocorrências foram de pessoas que tentaram entrar com garrafas de vidro onde era proibido.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Propaganda

Acre 01

Bandidos fazem arrastão na estrada do Amapá

Publicado

em

O jornalista e pré-candidato a prefeitura de Rio Branco Rogério Wenceslau denunciou um arrastão ocorrido em plena manhã deste domingo, 26, na estrada do Amapá, em frente ao restaurante Manto Verde, na capital acreana. Wenceslau afirmou que dezenas de pessoas foram vítimas de dois bandidos, que estavam numa motocicleta.

“Uma situação muito desagradável agora pela manhã. A violência no Acre está fora de controle”, disse Rogério num vídeo publicado por ele nas redes sociais. O jornalista explica que estava saindo do local – onde estava a trabalho – quando os suspeitos passaram, um desceu da motocicleta e começou a render quem estava na estrada, local que fica bem em frente ao restaurante.

“As pessoas tiveram vários objetos roubados. Tinha gente lá fora [do restaurante], tinha ciclistas. Eles desceram da moto já com a arma na calça anunciando o assalto”. O jornalista conta que teve de entregar seu celular e outro equipamento de gravação de vídeo. “De outras pessoas eles pegaram relógio, carteira também”.

Os criminosos ainda fecharam uma caminhonete que ia passando pela estrada e abordaram as pessoas que estavam no carro. Tudo isso por volta das 10 horas da manhã de hoje.

Wenceslau aproveitou para destacar que a estrada é movimentada e mesmo assim “o governo do Acre não conseguiu dar resposta à falta de segurança. As pessoas que se propuseram a atuar na segurança fracassaram”, disparou.

Ele diz que estava com a esposa no momento do ocorrido, que teve de se esconder dentro do carro para não ser vítima do arrastão. “Chegou a minha vez, assim como milhares de acreanos também foram vítimas”.

Após o arrastão, Rogério foi até a Delegacia de Flagrantes registrar um Boletim de Ocorrências. “Sei que a possibilidade de ter o meu equipamento recuperado é muito remota”. Cerca de uma hora depois de ser assaltado, o jornalista recebeu a informação de que os bandidos continuavam no local fazendo mais vítimas.

Continuar lendo

Destaque 3

Receita Federal apreendeu quase R$ 2 milhões em mercadorias irregulares no Acre em 2019

Publicado

em

A Receita Federal divulgou o balanço de mercadorias apreendidas em todo o país. Segundo a tabela, foram R$ 1,9 milhões em mercadorias apreendidas no Acre em 2019. No Brasil inteiro, foram R$ 3,26 bilhões em mercadorias irregulares.

Na Região Norte, o Acre foi o terceiro estado com menor valor em mercadoria apreendida, ficando atrás somente de Amapá e Tocantins. Por aqui, os itens mais apreendidos foram cigarros falsificados (35,67%), eletroeletrônicos (11,42%), itens de vestuário (7,02%) e brinquedos (4,71 %).

O Amazonas e o Pará foram os estados do Norte com os maiores valores de apreensões de mercadorias irregulares, o primeiro com R$ 10 milhões e o Pará mais de R$ 8 milhões.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas