Conecte-se agora

Culto profético da Igreja Batista do Bosque reúne mais de 2 mil pessoas em Rio Branco

Publicado

em

A Igreja Batista do Bosque (IBB), uma das entidades evangélicas mais tradicionais e frequentadas no estado, realizou o último culto profético de 2019 nesta terça-feira (31). O início da celebração foi conduzido pela ministrante Valéria Marques, esposa do pastor Agostinho Gonçalves, líder e presidente da IBB em Rio Branco. Agostinho esteve afastado recentemente da liderança da igreja por motivos de saúde, mas retornou em novembro deste ano.

O culto iniciou às 19 horas e reuniu mais de 2 mil pessoas. O templo central, localizado na Via Verde, capital acreana, comporta cerca de 3 mil fiéis. Às 22 horas está marcado na mesma igreja o início do Culto da Virada, que irá celebrar junto aos fiéis os primeiros momentos de 2020.

Antes da ministração, Valéria destacou os acontecimentos marcantes de 2019 realizados pelos membros da igreja. “Obrigada a todos vocês que fazem parte dessa obra. Essa é nossa missão”, disse. A retrospectiva foi contada com apoio de um vídeo transmitido nos telões e várias aparições de membros, como o pastor Agostinho.

O culto denonimado “O ano da minha Vitória 2020” reuniu centenas de famílias. Um delas era a de Antônio Fernandes, marceneiro de 36 anos que saiu de outro bairro para participar do último culto do ano na IBB. “Moro no João Eduardo, mas sempre que posso venho para a Catedral. Hoje decidi trazer parte da família para celebrar a chegada do novo ano na presença do Senhor”, explicou.

A IBB em Rio Branco é uma das maiores congregações e conta com cerca de 10 mil fiéis.

Anúncios

Acre 01

Socorro e Duarte terão mais tempo de TV e Rádio; Jamyl e Soster terão menos de 30 segundos

Publicado

em

Durante o ato da assinatura do Termo de Compromisso em combate à desinformação (fake news) nas eleições 2020, o juiz eleitoral Giordane Dourado disponibilizou a distribuição do tempo de TV e Rádio que as coligações terão direito a partir do dia 9 de outubro, data que marca o início do horário eleitoral gratuito.

A coligação que terá maior tempo nos meios difusores de comunicação será a da candidata a reeleição, Socorro Neri (PSB). Batizada de “União Por Rio Branco”, o grupo terá 2 minutos e 30 segundos. Em segundo lugar na distribuição de tempo, ficou a coligação Coragem Para Mudar de Roberto Duarte que terá a sua disposição 2 minutos e 7 segundos. Já na terceira colocação de tempo, a coligação Unidos Por Uma Rio Branco Melhor, do tucano Minoru Kinpara, terá 1 minuto e 47 segundos.

A coligação Produzir Para Empregar do candidato Tião Bocalom terá 1 minuto e 30 segundos de tempo na TV e Rádio. Já a Coligação Rio Branco Mais Feliz, do candidato petista Daniel Zen, terá 1 minuto e 19 segundos para trabalhar.

Com menos de 30 segundos de tempo, as coligação de Jarbas Soster (Avante) e Jamyl Asfury (PSC) terão 26 segundos e 17 segundos, respectivamente.

Caso alguma candidatura seja indeferida, haverá alteração no tempo destinado a cada partido/coligação, informou o magistrado, que enfatizou que no próximo dia 5 de outubro haverá uma audiência pública para decidir a sequência das coligações exibidas no horário eleitoral a partir do dia 9.

Continuar lendo

Acre 01

Candidatos a prefeitura de Rio Branco assinam Termo de Compromisso contra desinformação

Publicado

em

Foto: ac24horas/Sérgio Vale 

Os sete candidatos a prefeitura de Rio Branco assinaram na manhã desta terça-feira, 29, o termo de compromisso elaborado pela justiça eleitoral em combate à desinformação (fake news) durante as eleições 2020. O documento, que contou com a anuência da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Ministério Público e Tribunal Regional Eleitoral, foi rubricado por Socorro Neri (PSB), Minoru Kinpara (PSDB), Roberto Duarte (MDB), Tião Bocalom (Progressistas), Jarbas Soster (Avante), Jamyl Asfury (PSC) e Daniel Zen (PT) em ato realizado na Sede da PF, em Rio Branco.

Este slideshow necessita de JavaScript.

De acordo com o conteúdo, os candidatos, partidos ou coligações, ao tempo que reafirmam o compromisso com a democracia, os princípios republicanos e o Estado de democrático de direito, comprometem-se em comunhão de esforços entre si e com a justiça eleitoral, zelar pela lisura do processo eleitoral, observando as regras e limites estabelecidos na legislação, bem como orientar e fiscalizar a atuação de seus colaboradores, filiados e militância, de forma a garantir eleição municipal segura, hígida e paritária para todos os agentes envolvidos.

Além disso, os prefeituráveis se comprometem a abster-se de reproduzir, replicar ou estimular a disseminação, por qualquer canal de comunicação, sobretudo na internet e nos aplicativos de mensagens, de notícias e conteúdos falsos, manipulados ou que, manifestados fora do contexto, imputem a qualquer pessoa a prática de ilícitos. Além disso, os candidatos terão que promover durante os atos de campanha a conscientização dos eleitores e da sociedade em geral sobre a relevância do combate a desinformação.

Veja o documento aqui.  

Documentos Escaneados
Continuar lendo

Acre

Dos 7 candidatos a prefeitura de Rio Branco, somente dois são acreanos

Publicado

em

Com a definição das candidaturas a prefeito de Rio Branco, muitos eleitores perguntam sobre a origem dos 7 candidatos postos na disputa. O ac24horas fez um levantamento que mostra que do montante apenas dois são “acreanos do Pé Rachado”, ou seja, nasceram e se criaram no Estado.

Candidata a reeleição, Socorro Neri (PSB), que conta com apoio do governador Gladson Cameli é uma das acreana legítimas. Nascida em Tarauacá, ela que tem 54 anos faz parte de uma das famílias mais tradicionais da região.

Outro que também é acreano da gema é o deputado estadual Daniel Zen (PT), 40 anos. Natural de Rio Branco, o advogado e professor universitário milita no Partido dos Trabalhadores desde criança.

Além dos acreanos, dois candidatos tem origem no Estado do Paraná. Trata-se de Tião Bocalom, 67 anos, (Progressistas) que é natural de Bela Vista do Paraíso (PR) e o empresário Jarbas Soster, 50 anos, que nasceu em Alto do Piquiri (PR).

Nascido no Rio Grande do Sul, o deputado estadual Roberto Duarte, 51 anos, candidato pelo MDB, é natural de Porto Alegre. Já o policial federal, pastor e engenheiro Jamyl Asfury de 47 anos nasceu na cidade de Parnaíba, no Piauí.

Já o professor e ex-reitor da Ufac, Minoru Kinpara, 51 anos, é de origem japonesa, mas nasceu em Itapaci, no interior de Goiás.

Continuar lendo

Acre 01

Ministro garante que DNIT já está elaborando projeto da ligação da BR-364 com o Peru

Publicado

em

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, garantiu nesta sexta-feira, 25, na cidade de Cruzeiro do Sul, que o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), já está elaborando o projeto básico da construção do trecho da rodovia que vai ligar o Brasil ao Peru, dando continuidade da BR-364 via Parque Nacional da Serra do Divisor. O anúncio foi feito durante o II Encontro Brasil/Peru – Avanços na Integração na tarde de hoje, no Sesc, onde a imprensa teve acesso restrito.

Além de Marinho, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, também esteve no evento e assegurou a políticos e empresários locais que o Itamaraty também passará atuar junto ao governo peruano para acelerar a integração.

O senador Márcio Bittar, relator do Orçamento da União para 2021, apresentou um vídeo do DNIT sobre a elaboração do projeto executivo da obra da rodovia para licitar ainda este ano. Com relação à ponte da travessia sobre o Rio Juruá entre a BR-364 e Rodrigues Alves, Bittar assegurou que o governo do Estado está concluindo o projeto para licitar e incluir no orçamento da União do próximo ano.

“Eu sou o relator do Orçamento e vice-líder do presidente Bolsonaro no Congresso. Então não há a menor chance do Orçamento ser
aprovado sem o recurso da rodovia estar incluído”, assegurou o senador lamentando que o governo central peruano esteja agora criando dificuldades do ponto de vista ambiental para a aprovação da obra da estrada. “Temos inimigos do progresso no Brasil e no Peru. Do ponto de vista econômico, temos que estar virados para o oceano Pacífico e não para o Atlântico”, citou.

Sobre a ligação com Pucallpa, o governador Gladson Cameli disse que ficou surpreso com a celeridade do trâmite de projetos e andamentos. “Essa é a vantagem do governo Bolsonaro. Quando dá, dá, não tem enrolação. Agora vamos nos preparar para esse desenvolvimento que virá”.

A preparação da indústria e comércios locais para a ligação com o país vizinho e o restante do mundo via pacífico, lembrou o vice-governador Major Rocha, está bem adiantada por parte de instituições, como o Sebrae e Federação das Indústrias (FIEAC). “Essas instituições então dando suporte técnico para as empresas estarem aptas para aproveitar o novo momento que virá”.

Duplicação da AC-405 e melhoria da AC-407

Outro anuncio feito em Cruzeiro do Sul foi de recursos da ordem de R$ 45 milhões para a duplicação das rodovias estaduais, incluindo a AC-405, que liga Cruzeiro ao aeroporto. R$ 15 milhões foram garantidos por emenda do senador Márcio Bittar. “Essa obra é importante para os cruzeirenses, que já têm um lindo aeroporto”.

Cameli explica que o governo já tem R$ 40 milhões para duplicar a estrada até o aeroporto. E os R$ 15 milhões de Bittar serão empregados na duplicação até Mâncio Lima e para melhorias na AC- 407 até Rodrigues Alves.

Fazem parte da comitiva os ministros das Relações Exteriores, Ernesto Araújo e do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, senadores Márcio Bittar, Sérgio Petecão, deputados federais Mara Rocha e Alan Rick, presidente da FIEAC, Adriano Silva, presidente da Assembleia legislativa, Nicolau Junior e deputado estadual, Luís Gonzaga.

O prefeito de Cruzeiro do Sul, Clodoaldo Rodrigues, destaca que os cruzeirenses que cresceram ouvindo falar dessa integração “agora estão vendo tudo se tornar realidade e estamos todos muito felizes”, concluiu.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas