Conecte-se agora

Católicos comparecem em massa na última Missa de 2019, na Catedral de Rio Branco

Publicado

em

Na última noite de 2019, terça-feira (31), foi realizada a tradicional Missa de Ano Novo, na Catedral Nossa Senhora de Nazaré, em Rio Branco. Católicos lotaram a última missa do ano que foi ministrada pelo Bispo Dom Joaquim Pertinez.

Na catedral, as orações e louvores começaram às 19h. A missa reuniu mais de mil pessoas e contou com a procissão do menino Jesus até o altar da Catedral feita pelos jovens da Igreja.

Durante a ministração do Evangelho de Cristo, o Bispo Dom Joaquim falou sobre o amor e a gratidão, convidando os participantes da missa a orarem e agradecerem a Deus pelo ano de 2019.

O Bispo começou a sua fala aos fiéis ressaltando que não existem caminhos sozinhos no mundo, e que Jesus Cristo está sempre andando com todos mesmo com as provações que todos os fiéis enfrentam.

“Não existe caminhos sem provações, sempre iremos encontrar obstáculos, mas tudo isso é para ser superado. Portanto, não existe vitórias sem batalhas. Jesus está sempre andando conosco”, disse.

O Bispo dedicou também um tempo da missa para falar de gratidão e que os fiéis devem agradecer as pessoas que ajudaram na caminhada: colegas, famílias e amigos.

Encerrando sua fala, Dom Joaquim pediu a todos os fiéis um coração cheio de paz em 2020, principalmente nas famílias com esse momento de tanta violência.

“É importante ter um coração de paz e limpo nas nossas famílias e, em momento de tanta violência de pai contra filho, marido contra esposa. Jesus veio ao mundo através de uma família e Ele é chamado de príncipe da paz e devemos levar a palavra dele para as nossas famílias e as comunidades”, afirmou.

Por fim, os fiéis se encaminharam ao Altar da Catedral com plaquinhas dizendo: paz, amor, felicidade, prosperidade, esperança e caridade.

Anúncios

Acre 01

Acre registra seis óbitos e mais 135 novos casos da Covid-19 em apenas 24 horas

Publicado

em

A Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre), por meio do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informou nesta quarta-feira, 25, 135 novos casos de contaminação pelo novo coronavírus no Acre. O número de infectados subiu de 35.053 para 35.188 nas últimas 24 horas. Das novas notificações, todos os 135 são resultados RT-PCR.

Foram registrados nesta quarta-feira, 25, mais 6 óbitos, sendo 3 do sexo masculino, e 3 do feminino, fazendo com que número oficial de mortes por Covid-19 subisse para 721 em todo o Acre.

Dos 6 óbitos, dois ocorreram nesta quarta-feira, 25, os outros quatro óbitos ocorreram na primeira quinzena de novembro, mas somente agora entrou no sistema como óbito em decorrência da Covid-19, após laudo.

O Acre, até o momento, registra 97.476 notificações de contaminação pela doença, sendo que 61.927 casos foram descartados.

Atualmente, 361 exames de RT-PCR seguem aguardando análise pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Acre (Lacen) ou pelo Centro de Infectologia Charles Mérieux. Pelo menos 30.179 pessoas já receberam alta médica da doença, enquanto 124 pessoas seguem internadas.

Continuar lendo

Acre 01

Após alfinetadas, coordenação de Bocalom reage e cita Acrelândia para destacar experiência

Publicado

em

As provocações e alfinetadas da prefeita Socorro Neri (PSB) acerca da falta de preparo e estudo do candidato Tião Bocalom, causaram efeitos e resultou em nota de resposta da coordenação de campanha do progressista.

A coordenação geral de Tião Bocalom lamentou que Socorro Neri utilize de todos os meios, incluindo ataques pessoais, para tentar ganhar votos na reta final de campanha.

Ao contrapor Neri, a coordenação destacou a experiência de Bocalom como prefeito de Acrelândia por três vezes, secretário de Estado e diretor da Emater, recentemente.

“A administração de Bocalom garantiu a ele diversos prêmios, dentre eles o de ‘Prefeito Empreendedor’ pelo Sebrae, e ainda, foi classificado entre os 20 melhores do Brasil com o Prêmio “Melhores Práticas”, promovido pela CAIXA e ONU”, afirmou.

Em outro trecho, a coordenação cita que na área da Educação, ele foi o pioneiro na Amazônia, em transporte escolar gratuito e escola centralizada.

“O verdadeiro atraso é realizar ataques gratuitos a um senhor, pai e avô, que nunca mediu esforços para servir a população, sem nunca ser envolvido em casos de corrupção”, encerrou em nota.

Continuar lendo

Acre 01

Socorro Neri exonera diretora-presidente do Saerb ligada aos irmãos Correia, do Podemos

Publicado

em

Na caneta, a prefeita Socorro Neri (PSB) deu o troco nos irmãos Correia, Railson Correia [vereador] e o ex-deputado Raimundinho Correia, o “Raimundinho da Saúde”, presidentes da Executiva Municipal e Estadual do Podemos, ao exonerar nesta terça-feira, 24, a diretora-presidente do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb), Maria Josilene de Lima Pontes, que estava no cargo desde março deste ano.

A exoneração foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE). A exoneração de Maria Josilene de Lima Pontes foi motivada, após os irmãos Correia anunciarem apoio a Tião Bocalom (Progressistas).

Quem assume cumulativamente o cargo de diretor-presidente do Saerb é José Herivelton de Holanda Trindade, que vai ficar respondendo pelo órgão por tempo indeterminado.

Continuar lendo

Acre 01

O dilema do PT

Publicado

em

O PT, que mandou e desmandou no Acre por cerca de 20 anos, aparentemente vive um verdadeiro dilema. Principalmente os remanescentes que são ideológicos até a medula: Votar no adversário tradicional da Florestania, Tião Bocalom, ou na prefeita Socorro Neri, parceira política da eleição de 2016 e 2018, mas que largou os companheiros a própria sorte?

Pouco importa para onde vão os votos do PT. A eleição está praticamente definida e o desempenho do partido nas urnas no 1º turno foi pífio na capital. A soma dos fatores não altera o produto.

Particularmente acredito que a maioria dos petistas anula o voto, vota em branco ou se abstém. Porém, alguns estão com gosto de sangue na boca e querem cravar no “Boca” por pura vingança. Também por via das dúvidas: Vai que a Socorro Neri ganha, sabe-se lá, coisas sobrenaturais acontecem.

Quando o PT diz que os filiados votarão de acordo com suas convicções é só discurso. Segundo as “convicções”, que fundamentam o PT, nenhum dos dois merece os votos. Nem Bocalom, muito menos Socorro Neri.

Para completar, com a onda do antipetismo quebrando na praia o dilema do PT não é escolher entre Bocalom e Socorro Neri. O buraco é mais embaixo. A questão é que o presidente do partido, Cesário Braga, não quer contar, passa por 2022. Por enquanto, ele vai comendo sardinha e arrotando caviar com a eleição dos quatro prefeitos petistas. Três do Alto Acre e um do Juruá. (Até rimou).

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas