Conecte-se agora

Último FPM de 2019 é repassado às prefeituras; Rio Branco leva R$ 10,7mi

Publicado

em

O último repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) será creditado hoje, 30 de dezembro, na conta das prefeituras do Acre. Somado ao dinheiro do Pré-Sal, que será pago nesta terça-feira (31) os prefeitos tem mais facilidade de fechar as contas de 2019, incluindo o pagamento do 13o salário do servidores.

Nada menos que R$19.802.438,69 em valores brutos estão sendo repassados aos 22 municípios. Rio Branco, que já pagou salário de dezembro e 13o, fica com a maior parte, R$10.745.750,11. O FPM é repassado três vezes ao mês, um cada dez dias.

A Confederação Nacional de Municípios (CNM) informa que o valor nacional do crédito é de R$ 2,9 bilhões, já descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). Em valores brutos, incluindo o Fundeb, o montante é de R$ 3,7 bilhões.

De acordo com os dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), o 3º decêndio de dezembro de 2019, comparado com mesmo decêndio do ano anterior, apresentou um crescimento de 6,84% em termos nominais – valores sem considerar os efeitos da inflação). O acumulado do mês, em relação ao mesmo período do ano anterior, teve crescimento de 9,01%.

Com relação ao acumulado do ano, o valor total do FPM apresentou crescimento ao longo do ano. O total repassado aos municípios brasileiros no período de janeiro até o 3º decêndio de dezembro de 2019 apresentou um crescimento de 8,94% em relação ao mesmo período de 2018. O FPM fechou o ano com um crescimento de 5,12% em relação ao mesmo período do ano anterior. O FPM é a principal fonte de receita da grande maioria dos Municípios. Os números apontam que, apesar das dificuldades enfrentadas, o FPM fechou o ano com um resultado positivo.

Propaganda

Cotidiano

Acusado de matar esposa e padastro a golpes de faca é preso no Centro de Rio Branco

Publicado

em

Uma ação da Polícia Militar na manhã desta quarta-feira (22) resultou na prisão de William Cordeiro da Silva, de 20 anos. Ele é o acusado de ter matado a golpes de faca, na noite desta terça-feira (21) o padastro Hudson Matias da Silva, 39 anos, em uma residência localizada na rua da Amizade, no bairro Novo Calafate, em Rio Branco.

A prisão do acusado ocorreu no Centro de Rio Branco, nas proximidades da Organização em Centros de Atendimento (OCA).

A polícia recebeu uma denuncia anônima que o acusado do homicídio estava próximo a (OCA), uma guarnição se deslocou até o local e fez a abordagem a William que ainda se encontrava com a blusa manchada de sangue. O acusado não reagiu a prisão.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão e William foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

Continuar lendo

Cotidiano

Polícia diz que acreana sofreu “estupro virtual”; acusados foram presos em MG e PE

Publicado

em

Na manhã desta quarta-feira (22), a Polícia Civil do Estado do Acre informou que uma acreana que não teve a sua identidade revelada, vinha sofrendo estupro virtual desde 2019, e que dois suspeitos de participação no crime foram presos em outros estado da federação.

O delegado Nilton Boscaro, explicou que o autor da prática teria feito vítimas Brasil a fora. “O principal acusado está nesse exato momento na delegacia de Pernambuco prestando esclarecimentos”, concluiu.

A delegada Juliana D’Angelis, da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM), falou sobre o caso em coletiva na sede da Polícia Civil, na manhã desta quarta-feira (22).

“São crimes que estão se tornando comum nesse mundo de redes sociais. Uma vítima procurou a Polícia Civil para dizer que estava sendo coagida a praticar atos sexuais. A partir de então, foi instalado um inquérito policial, e todas as diligências foram tomadas e que culminou na operação conjunta com os Estados de Pernambuco e de Minas Gerais”, afirmou.

O delegado Nilton Boscaro alertou aqueles que costumam trocar mensagens sexuais com desconhecidos.

“Ele adicionou a vítima no Facebook, e aos poucos foi enviado videos de roupas íntimas para encorajá-la a enviar vídeos também. Posteriormente, ela enviou vídeos. Logo depois, ele exigiu que ela enviasse nudes. Com os vídeos salvos, ele deflagrou o golpe e começou a ameaçá-la, exigindo dinheiro para não divulgar o conteúdo nas redes sociais.

Abalada psicologicamente, a vítima teria tentado até em suicídio.

“A vítima chegou a ser hospitalizada e o sujeito como não conseguiu mais contato, acabou divulgando alguns videos. Graças ao trabalho, em conjunto com o Ministério da Segurança Pública e o laboratório de crimes cibernéticos, conseguimos localizar as residências de onde estavam saindo a conexão de internet e nesta quarta-feira (22), com o apoio da Polícia Civil de Minas Gerais e de Pernambuco, foram presas duas pessoas. O alvo de pernambuco, era o principal suspeito”.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas