Conecte-se agora

No aniversário de Rio Branco, Senador Sérgio Petecão faz grande festa na Cidade do Povo

Publicado

em

O senador Sérgio Petecão (PSD), que está próximo de anunciar oficialmente que estará no palanque em 2020 na atual prefeita de Rio Branco, Socorro Neri (PSB), que deve anunciar nos próximos dias que concorrerá a reeleição, fez uma grande festa no maior conjunto habitacional do Estado, a Cidade do Povo, para comemorar os 137 anos da capital acreana.

Na oportunidade, Petecão agradeceu pela receptividade e carinho como foi recebido pelos moradores da Cidade do Povo, onde moram grandes amigos.

Propaganda

Acre 01

Gleici Damasceno e ex-BBB trocam farpas nas redes sociais por causa de chifre no passado

Publicado

em

O ex-BBB Lucas Fernandes, que participou da edição de 2018, de ficou revoltado ao saber de um comentário que Gleici Damasceno, campeã de sua edição, fez sobre ele.

O comentário aconteceu quando Ana Clara observou que tem “muito homem comprometido no Big Brother Brasil 2020”, e Gleici completou: “Será que teremos um novo Lucas?”, em referência às traições de Lucas à então namorada, com a participante Jéssica.

Foi o suficiente para o cearense se revoltar com a acreana e responder com um vídeo atacando a moça. Primeiro, ele começou fazendo um mea culpa: “Nossa, Gleici, eu espero, de fato, que não tenha nenhum Lucas. Por que esse Lucas foi um cara falho, que errou com a última pessoa que poderia errar, que é a pessoa que ele mais ama”

Em seguida, passou a detonar Gleici:

“E eu espero que não tenha uma pessoa igual a você. Que precisou da edição de um programa para te tornar protagonista. Quem morou contigo sabe a pessoa sem expressão que você era. Você deveria deixar de ser debochada. Você deveria deixar de ser ditadora dos bons costumes e de dizer o que é sagrado e o que é profano”

“Você é a pessoa que luta pelos direitos e iguais e as minorias… Faz o básico bem feito. Começa a respeitar as pessoas. O erro que cometi foi há dois anos. Eu recebi o perdão da minha namorada, hoje ela é minha esposa e a gente vive feliz, sem encher o saco de ninguém”, completou. “Foca no que tu quer, mulher, foca na tua vida. Vamos torcer para não ter nenhum Lucas e nenhuma Gleici, pra que a pessoa que era para ganhar o programa ganhe, e não que ganhe como prêmio de consolação, por ser a coitadinha do programa.” .

No Twitter, Gleici Damascendo respondeu o vídeo dizendo: “Eu só fiz um comentário sobre um fato que aconteceu no programa que eu participei. São 70 câmeras”.

Continuar lendo

Acre 01

Duarte diz que Gladson precisa assumir que não dá conta e pedir intervenção federal na segurança

Publicado

em

“Em meio a uma onda de escalada da violência no Acre, o governador Gladson Cameli, precisa assumir que não dá mais conta de conter a violência e solicitar imediatamente Intervenção Federal na Segurança Pública do Estado do Acre”. Com essa declaração, o deputado Roberto Duarte (MDB) iniciou um debate nas redes sociais na tarde deste domingo, 19, após o Estado registrar 30 mortes violentas nos primeiros 19 dias de janeiro, a maioria ligada a guerra entre facções.

Duarte lembrou que em 2019 o Governo do Estado nomeou o Secretário de Segurança e Justiça, Coronel Paulo César, que afirmou que precisava apenas de 10 dias para devolver a sensação de segurança aos acreanos. “Apresentaram números que fundamentava uma suposta redução da violência por diversas vezes, mas infelizmente, o que pudemos acompanhar foi a mudança de comando da Polícia Militar 3 vezes e a troca do Delegado Geral de Polícia Civil por 2 vezes, e mesmo assim, a situação só piorou”, explicou o parlamentar afirmando que “o crime organizado praticamente tomou o controle dos municípios”.

“Por tudo isso, não vejo mais saída, senão, solicitar Intervenção Federal na Segurança Pública do Acre, pois durante o período de intervenção, as Forças Armadas poderão realizar uma série de ações para coibir o crime organizado e promover a segurança no Estado, assim como foi feito no Rio de Janeiro”, argumentou Duarte, destacando que a Constituição prevê o uso do instrumento de intervenção nas seguintes situações: para manter a integridade nacional, para repelir invasão estrangeira ou de uma unidade federativa em outra, para pôr termo a um grave comprometimento da ordem pública e para reorganizar as finanças de uma cidade.

“Precisamos urgentemente do Exército e da Força Nacional de Segurança Pública nas ruas dos bairros das nossas cidades. Precisamos trazer de volta à nossa população a sensação de segurança que já não temos há muitos e muitos anos”, frisou.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas