Conecte-se agora

Skank é a droga da vez: mais um carregamento saído do Acre é retido

Publicado

em

São cada vez mais comuns as apreensões de skank, a supermaconha, no Acre ou envolvendo pessoas do Acre. Levantamento realizado pelo ac24horas mostra que, em 2019, já são mais de 110 quilos dessa droga retirados do mercado pelas polícias Civil, Rodoviária Federal, Militar e Federal dentro ou fora do Estado. O dado não é oficial e pode ser maior.

Só neste mês de dezembro foram três apreensões, uma pela Federal outra pela PRF –todas fora do Acre. Esta última ocorreu em Vilhena, nesta quarta-feira (25). Um carro de passeio foi abordado pela PRF na fronteira entre Rondônia e Mato Grosso durante a Operação Rodovida.

Ao revistarem o interior do carro, os PRFs encontraram 3,075 kg de skunk além de relógios e bebidas alcoólicas. “Quando questionados sobre a origem e destino do entorpecente, os detidos disseram que foi a droga foi adquirida no município de Brasiléia e que seria transportada até Itajaí, em Santa Catarina”, informou a PRF.

A química Líria Alves, da equipe Brasil Escola, explica detalhadamente o que é skank: é uma droga mais potente que a maconha, ambas são retiradas da espécie cannabis sativa e, por esse motivo, possuem em suas composições o mesmo princípio ativo -o THC (Tetra-hidro-canabinol).

A diferença é proveniente do cultivo da planta em laboratório. O preparo da Cannabis sativa para obtenção do Skank é feito em estufas com tecnologia hidropônica. Segundo estudos, no skank há um índice de THC sete vezes maior que na maconha. A porcentagem chega até 17,5%, sendo que na maconha é de 2,5%. Sendo assim, a quantidade necessária para entorpecer o indivíduo é bem menor.

A droga começa a ser absorvida pelo fígado até que o composto THC alcance o cérebro e o aparelho reprodutor. A espécie Skank é mais entorpecente que a maconha, seu uso leva a alterações da serotonina e da dopamina no organismo, e fazem o indivíduo ter dificuldades de concentração por provocar danos aos neurônios. Provoca também lapsos de memória e afeta a coordenação motora.

Em geral, os efeitos da droga skank são semelhantes aos da maconha: excitação, aumento de apetite por doces, olhos vermelhos, pupilas dilatadas, alucinações e distúrbios na percepção de tempo e espaço.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas