Conecte-se agora

Morre aos 80 anos o ex-senador e ex-deputado Aluísio Bezerra, em Brasília

Publicado

em

Morreu nesta quarta-feira, 25, ás 14:30, em Brasília, o ex senador Aluísio Bezerra, que teve complicações decorrentes de três Acidentes Vasculares que sofreu. Ele, que tinha 80 anos. Foi prefeito de Cruzeiro do Sul, Deputado Federal de 1979 a 1987 e Senador da República de 1987 a 1995, tendo ficado conhecido como o senador dos Soldados da Borracha.

Aluisio era casado com a ex-deputada federal e ex-prefeita de Cruzeiro do Sul, Zila Bezerra, com quem tinha uma filha. A família não divulgou nada sobre o velório e sepultamento .

Filho de Manuel Bezerra da Cunha e de Otília Oliveira da Cunha. Ingressou na Câmara dos Deputados em 1964 como técnico legislativo. Formado em Direito pela Universidae de Brasília em 1969 com especialização pela mesma instituição em 1973, ano em que se formou em Administração pelo Centro de Ensino Unificado de Brasília.

Oriundo do clandestino PCdoB ingressou no MDB e foi eleito primeiro suplente de deputado federal em 1974 obtendo a primeira suplência e um ano depois fundou o diretório municipal do MDB em Cruzeiro do Sul sendo seu primeiro presidente. Seguiu então para Paris onde obteve o título de doutor em Direito Internacional e relações políticas internacionais na Sorbonne, Universidade de Paris em 1978.

De volta ao Brasil no mesmo ano, elegeu-se deputado federal pelo MDB do Acre e com o fim do bipartidarismo em novembro de 1979 filiou-se ao PMDB compondo a chamada ala histórica do partido. Com o apoio de integrantes do PCdoB e do PCB elegeu-se mais uma vez deputado federal em 1982. Votou pela Emenda Dante de Oliveira[1] e depois, no Colégio Eleitoral de 1985, em Tancredo Neves. Em 1986, foi eleito senador pelo Acre.

Em junho de 1988, durante a Assembleia Constituinte de 1988, admitiu ter votado pelos cinco anos de mandato para José Sarney em troca da inclusão de um pedido de liberação de verbas para a construção da Rodovia Transcontinental, que ligaria o Acre ao Peru. No julgamento de 29 de dezembro de 1992 votou pelo impeachment de Fernando Collor. Tentou a reeleição em 1994, mas não obteve êxito. Em 1996, elegeu-se prefeito de Cruzeiro do Sul. Tentou a reeleição mas não obteve êxito.Encerrado seu mandato passou a apoiar à carreira política de sua mulher, Zila Bezerra, três vezes deputada federal pelo Acre e eleita prefeita de Cruzeiro do Sul em 2004.

Propaganda

Cidades

Prefeito Mazinho Serafim prestigia formatura de cabos da Polícia Militar

Publicado

em

O prefeito de Sena Madureira Mazinho Serafim (MDB) participou da solenidade de promoção dos 14 militares da Polícia Militar que foram promovidos a cabo nessa terça-feira (21). A solenidade de formatura dos militares ocorreu no auditório do Instituto Federal do Acre (Ifac), no Campus do município, e, a convite do comandante do 8º Batalhão, Major M. Jorge, reuniu policiais, familiares e autoridades municipais.

Para Mazinho, a promoção dos militares se soma aos 208 cabos que o estado do Acre irá ganhar. “Um dia muito importante para nossa sociedade, pois esses militares são orgulho para Sena Madureira. A nossa Polícia Militar é de excelência e desenvolve um papel fundamental para a nossa segurança”, disse o prefeito.

Durante a solenidade de promoção dos Cabos da PM, o comandante do 8º Batalhão da PM da cidade, Major M Jorge, destacou a importância que a prefeitura de Sena vem dando para o trabalho da polícia. “Agradecemos imensamente ao prefeito Mazinho, primeiro por ter aceitado o convite para participar dessa formatura, e segundo pela parceria que o poder público municipal vem estreitando com a segurança pública”, afirmou.

De acordo com o comandante, parceria tem sido fundamental para a realização de ações de combate à criminalidade no município e o desenvolvimento de ações de prevenção e atuação nas ruas. Também participaram do evento a deputada estadual Meire Serafim (MDB) e demais autoridades do município e do Estado.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Cidades

Governo implanta tubulação para resolver problema de água em bairro de Xapuri

Publicado

em

O Governo do Estado, por meio do Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa), anunciou que iniciará nesta quarta-feira, 22, a implantação de uma nova rede para levar água ao bairro Sibéria, em Xapuri, que enfrenta uma crise de desabastecimento desde dezembro do ano passado.

Segundo informa a Agência de Notícias do Acre, a intervenção visa solucionar o problema causado por um rompimento da tubulação que passa sob o leito do rio Acre. Com o grande volume de água do rio no início das cheias, a antiga estrutura, que tem tinha quase 25 anos não suportou a pressão.

O problema fez com os moradores daquela região da cidade passassem o Natal e o Ano Novo sem água. As várias tentativas de conserto da rede feitas pelo Depasa resultaram em insucesso em razão da dificuldade imposta pelo rio. Durante os serviços, o órgão foi auxiliado pelo Deracre e pela própria população em uma verdadeira operação para restabelecer a rede.

“Temos ali uma tubulação submersa que rompeu, causando muito transtorno à população. No período do inverno, o reparo pelo rio foi inviável, mas com o esforço das equipes coordenadas pelo nosso diretor de operações, Enoque Pereira, com apoio do chefe de operações e distribuição, Filogênio Ribeiro, fizemos a ligação por cima, com cabos de aço e, agora, estamos de novo levando um nova tubulação para resolver o problema que tem afetado os moradores da Sibéria”, explicou o diretor-presidente do Depasa, Zenil Chaves.

Para a execução do serviços serão utilizados 200 metros de cabo de aço e 300 metros de rede com tubos de 85 mm. A operação mobiliza homens e máquinas do Depasa e conta com a parceria da prefeitura de Xapuri. O trabalho deve ser concluído em 48 horas, quando então o abastecimento da vila Sibéria será completamente normalizado, segundo afirmou Zenil.

“Sabemos da dificuldade que é para uma mãe, um pai de família quando falta água nos seus lares. Então procuramos resolver a situação o mais rápido possível. Agradeço às equipes pelo empenho e aos parceiros que nos apoiam pra resolver essa situação o quanto antes”.

*Com informações da repórter Cleide Elizabeth, da Agência de Notícias do Acre.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas