Conecte-se agora

Preso pelo governo de Evo Morales, ex-governador do Pando Leopoldo retorna a Cobija

Publicado

em

De volta ao lar, Cobija -a capital do Departamento do Pando, na Bolívia, Leopoldo Fernandez só está finalmente livre após a renúncia e imediata fuga de Evo Morales do País. O governo de Evo implodiu após denúncias de manobras que o favoreceram nas eleições presidenciais da Bolívia mas demorou pelo menos três semanas para que o ex-governador pandino, Leopoldo Fernandez, saísse da prisão em La Paz.

Vários dos adversários de Evo que estavam encarcerados foram libertos. Se vivo estivesse, Roger Molina também poderia voltar à Cobija. O ex-senador teve de fugir para o Brasil apoiado pelo senador Sergio Petecão após ser ameaçado pelo regime de Morales mas morreu em acidente no interior de Goiás.

No Pando, uma convocatória do movimento Coluna de Integração, da qual Fernandez é considerado líder, lotou ruas de Cobija nesta segunda-feira (23) para receber o “amigo Leo”. Mais de dez anos se sucederam desde que foi levado para La Paz, acusado de conspiração.

Ainda nesta segunda-feira Fernandez estará no Palácio da Justiça para responder por três outros processos, os quais não devem devolvê-lo ao cárcere. No aeroporto, ele se disse impressionado com a recepção. “Nunca pensei isso”, disse em meio à multidão.

Em seguida, “Leo” discursa no Clube Social de Cobija para velhos correligionários e simpatizantes das comunidades de Puerto Rico, Gonzalo Moreno, El Censa, Porvenir, Bellaflor, Filadelfia e Bolpebra.

Em 2008, o anúncia da prisão de Fernandez foi feito pelo então ministro da Presidência, Juan Ramón Quintana, em rede de TV. Segundo ele, a determinação do governo boliviano era uma resposta pelo fato de Fernández “ter violado a Constituição e por ter gerado a sangrenta matança de camponeses em Pando”.

Quintana acusou também o governador de chefiar grupos “paramilitares e mafiosos” no enfrentamento ao estado de sítio decretado pelo presidente Evo Morales. A fronteira do Acre foi o lugar dos enfrentamentos ocorridos naquele ano que deixaram 14 mortos.

Propaganda

Destaque 6

Após decisão do STF, MEC libera acesso ao resultado do SISU

Publicado

em

O Ministério da Educação (MEC) liberou no final da tarde desta terça-feira, 28, o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que estava com divulgação suspensa por ordem judicial. As informações foram liberadas depois de decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ), na tarde de hoje.

Quem não for contemplado agora, poderá participar da lista de espera da segunda chamada, entre 29 de janeiro e 4 de fevereiro. O ministério informou também que estarão abertas hoje à noite as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni).

No cronograma inicial, o término para concorrer às bolsas seria na próxima sexta-feira (31). O MEC decidiu prorrogar o prazo por mais um dia, sábado,1º de fevereiro, para que os candidatos tenham tempo suficiente de se inscreverem.

Continuar lendo

Destaque 6

Ultima semana de janeiro tem vencimentos do DPVAT para o Acre

Publicado

em

Os proprietários de veículos automotores de todo o país já podem realizar o pagamento do Seguro DPVAT 2020. Os valores variam de R$ 5,23, para automóveis, e R$ 12,30, para motocicletas. A última semana de janeiro tem vencimentos para Estados como Acre, Ceará, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina. Já em fevereiro, proprietários de diversas categorias e finais de placa em Acre, Alagoas, Distrito Federal, Mato Grosso, Pará, Pernambuco, Rio de Janeiro, Santa Catarina e São Paulo devem efetuar os seus pagamentos.

O Seguro DPVAT deve ser pago, uma única vez ao ano, junto ao vencimento da cota única ou da primeira parcela do IPVA, acompanhando os calendários estaduais definidos pelas secretarias de Fazenda de cada estado.

As informações completas de como pagar estão disponíveis no site www.seguradoralider.com.br. É importante lembrar que o pagamento do Seguro DPVAT é condição obrigatória para obtenção do CRV e CRLV, documentos que comprovam o licenciamento anual do veículo. Além disso, o proprietário garante a sua indenização em caso de acidente de trânsito. (Seguradora Líder)

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas