Conecte-se agora

Em quatro anos, Acre recebeu 1,8 bilhões da Sudam, mas só usou 48,54% do valor disponível

Publicado

em

Em setembro de 2019, fez quatro anos que o acreano Paulo Roberto Correia da Silva está à frente da Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM). Neste período, o órgão afirma que já foram liberados cerca de R$ 1,8 bilhões por meio do Fundo Constitucional de Financiamento do Norte – FNO ao estado. Desse valor, foram executados, entre 2016 e 2019, o valor de R$ 888,33 milhões, que corresponde a 48,54% do total disponibilizado.

Correia disse em conversa com o ac24horas que, com relação às transferências voluntárias com o Acre e as prefeituras acreanas, entre 2015 até o mês de dezembro deste ano, foram celebrados 98 convênios e recepcionadas 14 emendas para o exercício de 2020, com repasses acima de R$ 170 milhões e liberações financeiras em torno de R$ 22 milhões, nas áreas de infraestrutura, aquisição de equipamentos e capacitações.

“Quanto aos incentivos fiscais, cinco empresas foram atraídas ou mantidas, com 13 incentivos fiscais concedidos, o que gerou 1543 empregos diretos e indiretos e R$ 498 milhões em investimentos, sendo as áreas de alimentos e bebidas, as mais beneficiadas”, explica o superintendente.

Questionado sobre o que representa os montantes repassados ao Acre, Paulo diz que todos os recursos injetados no estado são atrelados a uma proposta de desenvolvimento local, com foco no bem regional. “Na verdade, através dos instrumentos da SUDAM, propõem-se provocar um efeito cascata na medida em que seus benefícios se estendem para além do fator econômico ou o cumprimento do objeto, mas alimenta um circulo virtuoso de crescimento de diferentes segmentos que vai desde o comércio e serviços locais, a ampliação e reestruturação do parque produtivo do Estado”, garante.

O fato de um acreano estar à frente da SUDAM, para Paulo, não interfere no bom relacionamento ou não com o órgão, uma vez que, segundo ele, a SUDAM atua de forma igualitário com todos os estados da Amazônia. “Independente de ser acreano, sou amazônida, e hoje estou à frente de um cargo de muita visibilidade, responsabilidade e inúmeros desafios”, salienta. De acordo com o superintendente, é um estímulo a mais para definir os objetivos e metas institucionais que elevem a qualidade de vida da sociedade amazônica. “Viabilizando os incentivos fiscais a empresas que se fixarem na região, ampliando as potencialidades e as oportunidades de negócios, gerando mais empregos e renda a população”, pontua.

A partir de 2020, a SUDAM pretende atuar no Acre focando e articulando parcerias para viabilizar os 33 projetos estruturantes propostos pelo governo do Acre, no valor de R$ 1 bilhão, que encontram-se inseridos na carteira de projetos do Plano, além de finalizar os projetos já em curso. Tudo isso, “após a aprovação pelo Congresso Nacional, do Plano Regional de Desenvolvimento da Amazônia-PRDA, para o quadriênio 2020-2023”, diz Paulo Correia.

O superintendente finaliza dizendo que “sempre se preocupou em ativar o potencial de cada Estado de forma responsável e coerente, indicando caminhos possíveis ou mais eficazes para ampliar sua capacidade competitiva, sem interferir na autonomia do ente federado”.

Anúncios

Acre 01

Criminosos armados roubam caminhonete e mulher é feita de refém em Rio Branco

Publicado

em

Criminosos armados sequestraram uma mulher e roubaram uma caminhonete modelo Hilux, de cor prata, placa MZT-6265, na noite desta terça-feira (11). A ação dos bandidos aconteceu no bairro Aviário, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia, a condutora do veículo estava trafegando na sua caminhonete pela Estrada do Aviário, quando foi interceptada pelos membros de uma facção em um veículo modelo Palio, de cor prata.

A mulher foi mantida refém durante toda a ação dos criminosos. O marido da vítima ligou para a esposa e, durante a ligação, escutou os bandidos conversando e desconfiou que ela estava sendo assaltada.

O homem imediatamente ligou para Polícia Militar, fez o rastreamento do veículo pelo aplicativo e encontrou a caminhonete abandonada na rua Vital Brasil, no bairro Estação Experimental.

Várias guarnições da polícia foram acionadas para tentar encontrar a mulher que estava sendo mantida de refém e durante buscas nos bairros de Rio Branco, a mulher foi encontrada na rua Vitória, próximo a Sapolândia, no bairro Conquista.

A vítima e a caminhonete foram encaminhadas à Delegacia de Flagrantes (Defla). A mulher registrou o boletim de ocorrência e o veículo aguarda o trabalho da perícia criminalística para ser restituída ao proprietário.

Continuar lendo

Acre 01

Mais da metade dos exames de coronavírus sem resultado são de Rio Branco

Publicado

em

No Acre, até esta terça-feira (11) são 52.282 casos notificados com 30.460 -ou 58,3% do total- descartados para Covid-19. Outros 21.757 (ou 41,6%) estão confirmados e 65 (0,1%) seguem aguardando resultado de exame laboratorial por PCR nos laboratórios Central (Lacen) e Charles Mérieux, em Rio Branco.

Esses laboratórios costumam receber amostras do Estado todo mas nesta terça-feira dos 22 municípios apenas seis enviaram exames para o laboratório Charles Mérieux e 4 para o Lacen.

Ou seja: a maior parte do interior acreano não tem demandado os grandes laboratórios. Dos 65 exames pendentes, 39 são de Rio Branco –35 estão no Mérieux e 4 no Lacen.

Sendo assim, o interior tem apenas 40% do total de exames esperando resultado nesta terça.

As notificações no Estado do Acre começaram a ocorrer a partir do dia 2 de março de 2020, seguindo até o dia 15 daquele mês em média com duas notificações diárias. Após a confirmação dos primeiros casos, no dia 17 de março, as notificações aumentaram de forma significativa e hoje a situação encontra-se estável com tendência à queda.

Continuar lendo

Acre 01

Vídeo mostra bando do CV atacando Cidade do Povo a tiros; três pessoas ficaram feridas

Publicado

em

Um vídeo compartilhado nas redes sociais no início da tarde desta segunda-feira, 10, mostra membros da facção criminosa Comando Vermelho fortemente armados invadindo o Conjunto Habitacional Cidade do Povo e efetuando vários disparos em direção às residências e a uma quadra de esportes.

O ataque dos criminosos aconteceu na noite desse domingo, 9, na quadra 9 do Conjunto Habitacional. Os bando saiu de uma área de mata localizada na divisa da Cidade do Povo e o Residencial Rosalinda e efetuaram vários tiros, tendo como alvo adultos e crianças que estavam tomando refrigerante.

Na ação dos criminosos, é possível ver seis homens correndo efetuando vários tiros e gritando a gíria usada pela organização criminosa: “é o trem porra”, bem como proferindo palavras de baixo calão.

Três pessoas, identificadas como Delmiro da Silva Pires, de 24 anos, Fernando Pires, de 25 anos, e um adolescente de 16 anos, foram feridos com os disparos das armas de fogo.

O vídeo já está com a Polícia Civil, que iniciou as investigações em busca de identificar e prender os membros da organização criminosa.

Segundo a Polícia, a motivação do crime seria a guerra entre facções por disputa de território e domínio do tráfico de drogas.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Acre 01

Bando do CV invade Cidade do Povo, atira contra moradores e crianças e fere três pessoas

Publicado

em

Membros da organização criminosa Comando Vermelho invadiram o Conjunto Habitacional Cidade do Povo, em Rio Branco, na noite desse domingo, 9, e feriram pessoas a tiros. Delmiro da Silva Pires, de 24 anos, Fernando Pires, de 25 anos, e um adolescente de 16 anos foram as vítimas.

De acordo com informações de populares, cerca de 10 homens da facção, fortemente armados, saíram de dentro de uma área de mata localizada na divisa da Cidade do Povo e o Residencial Rosalinda. Os criminosos seguiram até uma quadra de esporte e renderam vários moradores que estavam tomando refrigerante após um jogo de futebol, entre as vítimas havia crianças. Os criminosos ainda teriam dado ordem para ninguém correr.

Mesmo assim, moradores correram e foi então que os membros da facção começaram a efetuar vários tiros na região. Três pessoas ficaram feridas na ação dos criminosos, que fugiram pelo mesmo local que entraram na Cidade do Povo.

As vítimas foram atingidas pelos disparos na região das nádegas, costas e no pé. As três foram socorridas por terceiros e encaminhadas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade do Povo, e em seguida conduzidas por uma ambulância ao pronto-socorro de Rio Branco, todos em estado de saúde estável.

A Polícia Militar foi acionada e após colher as características dos membros da facção, fizeram patrulhamento nas regiões do conjunto habitacional e no Rosalinda, mas ninguém foi preso. As tentativas de homicídios serão investigadas pelos agentes de Polícia Civil da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

A polícia acredita que a motivação do crime pode ter sido causada pela guerra entre facções por disputa de território e domínio do tráfico de drogas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas