Conecte-se agora

Chegada das chuvas mostra abandono de ruas em Rio Branco

Publicado

em

O início do período chuvoso é época difícil para quem mora na periferia de Rio Branco e que não conta com a rua onde mora em condições de trafegabilidade.

Depois de sofrer com a poeira durante o verão, agora o sofrimento é a lama que resulta das chuvas quase diárias.

Uma das ruas onde as péssimas condições tem tirado a paciência dos moradores é a rua Flores, no bairro Boa Vista, região da Baixada da Sobral.

Cristiano Santos, 38 anos, motorista de ônibus, conta que a prefeitura já esteve no local, mas não resolver o problema. “A Semsur veio ao local, fez a limpeza, mas colocou todo o entulho nos buracos da nossa rua, tapando-os. Nós reclamamos, mas eles foram embora sem fazer nada”, afirma.

O morador diz ainda que a rua é a única que proporciona o acesso ao bairro para carros e motos, mas não sabe por quanto tempo. “A única entrada acessível para carros e motos, mas por pouco tempo, pois a rua está se rachando no meio. Nós estamos aguardando a prefeitura, se não nada for feito vamos reunir todos os moradores e bloquear a rua principal da Sobral”, diz Cristiano.

Já os moradores da rua 7 de Setembro no bairro das Placas não tiveram paciência e interditaram a via na última segunda-feira, 16. Mesmo assim, segundo o morador Marcos Isaías. Ele conta que o problema na rua é que está cedendo, já que toda chuva, mesmo não sendo tão forte, a rua alaga. “O nosso medo é que a rua ceda e aconteça um problema até com o próprio ônibus que circula aqui. Até agora ninguém resolveu o nosso problema”.

Vídeo e fotos enviados à redação do ac24horas mostram a situação dos moradores durante a chuva do último domingo com a rua totalmente alagada.

 

Há ainda o pedido de socorro dos moradores da rua Jessé Santiago, no bairro Jorge Lavocat. “Essa é a antiga rua Eldorado. Mudaram até de nome que é pra não arrumar. Estamos sofrendo há mais de 2 anos com boeiros abertos, o asfalto não existe mais, acidentes já aconteceram e pessoas quase morreram, a água não chega até as residências por que não tem força e estamos ficando ilhados”, diz o morador Julierme Maffi.

Propaganda

Acre

Oitavo foragido do FOC é recapturado pela polícia

Publicado

em

Francisane Rocha Ribeiro estava escondido numa região de mata próximo ao presídio Francisco D’Oliveira Conde quando foi encontrado pela Polícia Penal na tarde dessa quinta-feira (23). Segundo os agentes, ele é o oitavo foragido recapturado após uma fuga em massa que aconteceu na última segunda-feira, onde 26 detentos do Pavilhão L escaparam.

De acordo com o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen), Francisane cumpre pena pelo crime de tráfico de drogas. Agora, dos 26 presos que conseguiram fugir, 18 seguem foragidos, todos com pena em regime fechado.

Os presos fizeram um buraco na parede da cela e escalaram a muralha do presídio com o auxílio de lençóis.

Seguem foragidos:

1. Francisco Santos Braga

2. Rogério Furtado dos Santos

3. Ariclene Firmiano da Silva

4. Dheyci de Angelo Lima e Lima

5. Aloísio Lucas Mesquita

6. Mirleson Nascimento da Silva

7. Saymon Wallace Fonseca do Nascimento

8. Valber de Aguiar Morais

9. Anderson de Souza Alves

10. Raimundo Nonato dos Santos Fonseca

11. Jaciel Batista do Nascimento

12. Wellington de Souza Lima

13. Lucas Souza da Silva

14. Joel Menezes de Queiroz

15. Ronicley Ribeiro da Silva

16. José Valdenes Viana da Silva

17. Gerilto Caetano da Silva

18. Sebastião Weverton Lima de França

Continuar lendo

Acre

Bebê de 8 meses morre ao se afogar em balde no bairro do Bosque

Publicado

em

Um bebê de apenas 8 meses de vida acabou morrendo na manhã desta sexta-feira, 24, após cair dentro de um balde com água. Segundo os socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que atenderam a ocorrência, o acidente aconteceu na residência da família do menino, situada no bairro do Bosque, em Rio Branco.

Quando a equipe do Samu chegou ao local, a criança já estava sem vida. Extremamente abalados, os pais relataram ao Samu que o balde estava cheio para não ficarem sem água em casa.

A polícia técnica foi acionada para fazer a perícia. O corpo do bebê foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) para autópsia.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

welcome image