Conecte-se agora

Casa de Chico Mendes segue fechada sem previsão de reabertura ao público

Publicado

em

Único bem tombado como patrimônio cultural nacional no Acre, a casa onde viveu e foi assassinado o líder sindical Chico Mendes, em Xapuri, está fechada há mais de um ano. Transformado em memorial, o imóvel se tornou o ponto turístico mais visitado do município e a maior referência material da história do ativista.

Localizada na rua Batista de Moraes, nº 10, Setor 1, Distrito 1, Lote 290, conforme descrição do Instituto Nacional do Patrimônio Artístico e Cultural (Iphan), a casa simples, de madeira, que tem apenas 4 metros de largura, abrigou os dois últimos anos da luta de Chico Mendes contra a expulsão dos seringueiros de suas áreas.

O fechamento da casa à visitação pública se deu ainda em 2018, quando o governo do estado rescindiu o contrato de locação por meio do qual o espaço era mantido. Com a mudança de governo, em janeiro deste ano, não houve acordo entre a família de Chico Mendes e a nova gestão estadual para que o patrimônio, que também é tombado pelo Estado do Acre, fosse reaberto.

Recentemente, a filha mais nova de Chico, Elenira Mendes, informou que anunciaria em breve novidades sobre o futuro da casa de memórias. Ela está à frente da fundação que leva o nome do pai, que está em processo de retomada após alguns anos de paralisação de suas atividades.

Em agosto deste ano, o superintendente do Iphan no Acre, Jorge Mardini, informou que o instituto mantinha contato com o governo do Estado, por meio da Fundação Elias Mansour, e com a família Mendes, alertando para a necessidade de preservação do imóvel tombado. Segundo ele, a única prerrogativa do Iphan é a de preservação e guarda do patrimônio.

“Uma coisa que precisa ficar bem clara é que o imóvel é da família. O patrimônio é tombado, mas é uma propriedade particular dos herdeiros. A nossa única prerrogativa é a de impedir a destruição do imóvel. Para evitar isso o Iphan tem, inclusive, poder de polícia. No mais é fazer apenas a fiscalização e zelar para que o patrimônio seja preservado porque ele representa parte importantíssima da vida do Chico Mendes”, explicou.

A organização não governamental SOS Amazônia, que teve Chico Mendes como um de seus sócios fundadores, iniciou este ano um diálogo com a família do seringueiro com objetivo de chegar a um acordo para a reabertura da casa. Miguel Scarcello, diretor-executivo da organização diz que as conversas avançaram, mas que ainda não há uma definição.

“Já demos um passo. Estamos conversando sobre como funcionará essa gestão, a partir de um contrato mais um plano de trabalho que escrevemos. Estou aguardando um posicionamento da Elenira para avançar”, explicou.

O tombamento da Casa de Chico Mendes pelo Iphan, ocorrido em 17 de outubro de 2011, com a sua inscrição no Livro do Tombo Histórico sob o n° 596, folhas 10 a 11, volume III, interferiu de maneira direta na vida de quem possui imóveis naquela região da cidade. Portaria publicada pelo órgão em 2015, estabeleceu uma poligonal de entorno da Casa de Chico Mendes e fixou critérios para intervenções nessa área.

O resultado disso é que qualquer projeto de construção ou reformas de prédios residenciais e comerciais, a instalação de equipamentos publicitários e sinalização turística e funcional devem atender aos critérios estabelecidos na portaria. As ruas do entorno do patrimônio e o bosque localizado atrás da casa também não podem ser alterados, segundo o documento que também expõe a justificativa para a imposição das medidas.

“Garantir a visibilidade da Casa de Chico Mendes em função do deslocamento a pé e da desobstrução de suas visadas preferenciais nos passeios e vias carroçáveis e a preservação da ambiência do bem tombado, configurada pela qualidade ambiental e paisagística do entorno decorrente da presença expressiva da vegetação e de edificações predominantemente isoladas no lote que remete ao singelo ambiente urbano à época de vida e assassinato do líder seringueiro”.

Anúncios

Cidades

Prefeitura de Brasiléia entrega kits para famílias cadastradas no programa Criança Feliz 

Publicado

em

A prefeitura de Brasiléia através da equipe técnica do CRAS – Centro de Referência e Assistência Social, realizou a entrega de kits com material de trabalho para as crianças integrantes do SCFV – Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos.

Participaram da ação, a coordenadora do Programa Criança Feliz Kílvia Amaral, os visitadores sociais Fabrício Lima e Aline Soares.

A coordenadora do programa criança feliz ” Kilvia Amaral” falou da ação e dos trabalhos realizados 

“Neste momento de pandemia buscamos estratégias para não deixarmos as famílias desassistidas, as visitas estão sendo feitas de forma remota e cada visitados criou um grupo de WhatsApp para manter o contato com as famílias, beneficiadas pelo programa. 

Algumas famílias não possuem aparelhos de comunicação, então continuamos com as visitas presenciais de 15 em 15 dias com todos os cuidados necessários”. 

Com a ação, o CRAS pretende dar continuidade às atividades do Centro mesmo em paralisação devido às medidas de isolamento social. 

Nos kits, foram incluídas várias atividades para os integrantes realizarem dentro de suas casas. Além das atividades, também foram incluídos lembrancinhas para o dia dos pais.

A medida visa dar maior amparo às pessoas em vulnerabilidade social.

Continuar lendo

Cidades

Sena Madureira irá fiscalizar praias no feriado prolongado para evitar aglomeração

Publicado

em

A fim de evitar mais cenas de aglomeração sem cuidados com o distanciamento social nas praias localizadas às margens do Rio Iaco, a Polícia Militar e a Vigilância Sanitária de Sena Madureira vão fiscalizar as praias e balneários dessa região neste feriado prolongado que inicia com hoje, dia 6, com o ponto facultativo para servidores do governo do Estado.

É o 8º Batalhão que está responsável por fazer essa ação de fiscalizar as aglomerações junto à Vigilância. O trabalho foi definido em reunião ocorrida ainda nessa quarta-feira, 5, onde foram traçadas as ideias e o efetivo que será empregado na fiscalização das praias.

Entre as ações determinadas, estão a interdição de espaços com cercas, cones e fitas zebradas, inserir avisos de orientação quanto ao descumprimento do decreto e acompanhar pessoalmente os espaços nos dias 6,7, 8 e 9 de agosto, durante todo o feriadão.

De acordo com a PM, as pessoas serão orientadas e, caso alguém esteja compactuando com a aglomeração em espaços públicos, este será enquadrado no artigo 268 do Código Penal e também pelo descumprimento aos decretos vigentes, que não permite a utilização de espaços públicos que ocasionem aglomeração de pessoas.

Caso necessário, será dada voz de prisão aos infratores da lei, sendo estes levados à delegacia para os procedimentos cabíveis. “Orientamos que a população seja consciente e colabore, e se precisar denunciar aglomeração nas praias ligue no 190”, diz a PM de Sena.

O governo do Acre publicou o decreto nº 6.465, tornando a sexta-feira, 7, ponto facultativo. O ato leva em consideração o fato de que na quinta-feira, 6, não haverá expediente administrativo em razão do aniversário da Revolução Acreana.

Continuar lendo

Cidades

Criminoso mata produtor rural com tiro na cabeça, estupra esposa e mantém filho em cárcere

Publicado

em

Duas equipes, de policiais civis e militares, com a participação do delegado Bruno Coelho Oliveira, fazem buscas na região do seringal Nazaré, no município de Xapuri, na tentativa de prender o acusado de um crime brutal: o assassinato a sangue frio do produtor rural Fábio Júnior Flores de Andrade, de 36 anos de idade.

O crime aconteceu na colocação União, por volta das 7 horas da manhã desta quarta-feira, 5. De acordo com informações prestadas à polícia pela esposa da vítima, o trabalhador foi morto sem nenhum motivo aparente, quando ele ainda estava deitado em uma rede. Fábio Júnior foi alvejado com pelo menos um tiro na cabeça e morreu no local.

De acordo com as informações que chegaram até a polícia, na noite anterior – terça-feira, 4 de agosto – o suspeito atirou em uma mulher cuja identidade não foi divulgada. O fato foi confirmado pela própria vítima, que compareceu à Delegacia de Xapuri para registrar um boletim de ocorrência.

O tiro atingiu a mulher sem maior gravidade, tendo, porém, a bala ficado alojada superficialmente na região das costelas. A polícia vai investigar se os crimes estão relacionados ou se são fatos isolados. Tanto a mulher baleada na véspera quanto a esposa de Fábio Júnior disseram não conhecer o acusado.

O corpo do trabalhador rural foi resgatado na tarde desta quarta-feira por uma guarnição do 8º Batalhão do Corpo de Bombeiros, sediado em Xapuri. O local é de difícil acesso, tendo uma parte do caminho sido feita a pé, de acordo com a comandante da unidade, a tenente Marcela Sopchaki.

Até o fechamento desta matéria, por volta das 20h30 desta quarta-feira, 5, as equipes deslocadas para capturar o acusado ainda não haviam retornado. Em razão da distância, o sinal de rádio foi perdido e não havia qualquer informação a respeito do andamento da operação. O clima na região é tenso em virtude da notória periculosidade do suspeito.

Outras informações a qualquer momento.

Continuar lendo

Cidades

Prefeitura e USP vão estudar comportamento do coronavírus em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Professores da Universidade de São Paulo (USP) e uma equipe da secretaria municipal de Saúde de Cruzeiro do Sul firmaram nesta quarta feira, 5, parceria para a realização de estudo sobre a Covid-19 na cidade. O estudo é desenvolvido pelo médico e professor do Instituto de Ciências Biomédicas da USP, Marcelo Ferreira. A pesquisa, que terá duração de 2 anos, será importante na busca de alternativas de tratamento da doença.

De acordo com o professor, o projeto vai abranger Cruzeiro do Sul e Mâncio Lima, e será dividido em duas etapas. A primeira tem por objetivo entender de onde vem o vírus, e a segunda será a testagem para saber se a população tem anticorpos e quanto tempo eles duram no organismo após a infecção.

O processo de pesquisa será feito através de testes sorológico e rápido. “Nós vamos fazer dois tipos de testes começando pelo sorológico. Vamos levar o material para análise em São Paulo. Na segunda fase, vamos em algumas residências e se identificarmos sintomas, faremos a testagem rápida,” contou o professor.

A secretária de Saúde de Cruzeiro do Sul, Juliana Pereira, diz que o estudo vai facilitar o conhecimento sobre o comportamento do vírus. “Nós estamos recebendo esse projeto para entender como esse vírus chegou aqui e sua adaptação e, com isso, podemos estabelecer novos protocolos de tratamento,” frisou ela.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas