Conecte-se agora

Em bebedeira, discussão por causa de futebol termina com jovem morto a tiros

Publicado

em

Mais um homicídio foi registrado na capital. Uma bebedeira entre “amigos” terminou na morte de Roberto Iranildo Galvão, de 23 anos, na noite deste domingo (15). O crime aconteceu no Assentamento Moreno Maia, no Polo Benfica, em Rio Branco.

De acordo com informações da polícia repassadas a reportagem do ac24horas, Roberto estava bebendo em um bar na companhia de “amigos”, quando começou a discutir com o autor do crime por causa de futebol, que de posse posse de um revólver calibre 38, efetuou dois tiros que atingiu a vítima no peito e no rosto. Após a ação o criminoso fugiu do local tomando rumo ignorado.

A ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada, mas quando o médico chegou no local, nada pode fazer por Iranildo que já se encontrava morto.

A área foi isolada pela Polícia Militar para os trabalhos dos peritos em criminalística,  em seguida os policiais fizeram rondas na região em busca de prender o autor do crime, mas ele não foi encontrado.

O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para os exames cadavéricos.

O caso segue sob investigação da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

Anúncios

Cotidiano

Umidade do ar cai a 25% no Acre nesta terça-feira; saiba se prevenir aos efeitos do clima

Publicado

em

O tempo segue aberto e seco em todo o Acre nesta terça-feira (4). A umidade do ar fica baixa e pode atingir valores mínimos próximos aos 25% durante a tarde em todas as áreas.

O índice ideal, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), é que varie entre 50% e 80%. A situação pode interferir nas notificações de Covid-19, já que pode causar problemas respiratórios com sintomas semelhantes aos da doença.

Quanto mais quente o ar nos períodos nos períodos de longa estiagem, menor a umidade do ar. O horário crítico, em geral, ocorre entre 15h e 16h. Quando o nível cai para menos de 30%, os prejuízos se tornam mais evidentes: garganta seca e irritada, sensação de areia nos olhos que ficam vermelhos e congestionados, ressecamento da pele, cansaço, entre outros sintomas.

O Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) diz ainda que a terça será mais um dia de céu claro a parcialmente nublado, com muito sol e temperaturas elevadas.

Não há previsão de chuva em todo o estado.

Como foge ao controle humano imediato impedir a queda da umidade do ar, algumas medidas podem ser utilizadas para melhorar a saúde e qualidade de vida:

• Ingerir bastante líquido;

• Espalhar panos ou baldes com água em ambientes da casa, principalmente no quarto, ao dormir, ou utilizar umidificadores de ar;

• Lavar nariz e olhos com soro fisiológico algumas vezes ao dia;

• Trocar comidas com muito sal ou condimentos por alimentos mais saudáveis;

• Usar creme hidratante na pele, e creme sem enxágue em cabelos não-oleosos;

• Evitar exercícios físicos entre as 10 da manhã e 5 da tarde;

• Evitar grandes aglomerações;

• Evitar carpetes ou cortinas que acumulem poeiras;

• Evitar roupas e cobertores de lã ou com pelos;

• Evitar exposição prolongada à ambientes com ar condicionado;

• Manter a casa higienizada, arejada e ensolarada;

• Não provocar queimadas.

Continuar lendo

Cotidiano

Programação incentiva o aleitamento materno na capital acreana

Publicado

em

Apoiar a Amamentação para um planeta mais saudável é o slogan da Semana Mundial do Aleitamento Materno deste ano e a prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) está realizando atividades que visam apoiar e promover as ações de incentivo junto a gestantes e mães lactantes através dos meios virtuais devido à pandemia de Covid-19.

O objetivo é trocar experiências, orientar, tirar suas dúvidas, os medos além de abordar a questão dos impactos da alimentação infantil no meio ambiente, nas mudanças climáticas e na necessidade urgente de proteger, promover e apoiar o aleitamento materno também para a saúde do planeta.

A Aliança Mundial para Ação de Aleitamento Materno (WABA) é uma rede global de indivíduos e organizações dedicadas à proteção, promoção e apoio ao aleitamento materno em todo o mundo. O mês de agosto tornou-se simbólico na promoção do aleitamento materno, no Brasil e no mundo.

Em 2020, a pandemia de Covid-19 muda o formato das atividades mas não o foco. Os eventos de celebração e conscientização estão ocorrendo virtualmente, respeitando o distanciamento social necessário.

Nesta segunda-feira (03) aconteceu uma Roda de conversa sobre a Importância da Amamentação através do WhatsApp com gestantes e mães lactantes acompanhadas na USF Mariano Gonzaga, do bairro Placas e também o Mamaço virtual com mães lactantes através de rede social (Skype).

Na terça-feira (04) haverá outra Roda de conversa sobre a Importância da Amamentação através do WhatsApp, desta vez com gestantes e mães lactantes acompanhadas na USF Esperança I e II.

Também serão realizados Teleatendimentos na Universidade Federal do Acre com os profissionais do Banco de Leite Humano da Sesacre e diversas lives nas redes sociais, sobre temas relacionados ao aleitamento materno, com pediatras, nutricionistas, enfermeiros e mães contando suas experiências sobre o processo da amamentação.

Quem amamenta sabe o valor deste gesto

“Aleitamento materno além de um ato de amor é um ato de consciência ecológica. Meu leite para ser produzido não gera poluição, não gera degradação do meio ambiente tampouco desperdício. Então, quando estou amamentando minha filha, além de contribuir para o crescimento dela forte e saudável, estou contribuindo para o planeta. Amamentar é um ato de amor pela minha filha e pelo planeta terra”, Gelly Café.

“O aleitamento materno é o alimento mais completo para o bebê. É rico nos nutrientes necessários para o desenvolvimento do recém-nascido e previne contra diarreias, doenças respiratórias, processos alérgicos. É importante amamentar exclusivamente até os seis meses e depois até os dois anos pode fazer a complementação com outros alimentos. Não é uma tarefa fácil, mas não é impossível. Amamentar é um ato de amor”, Alrilene Freitas.

“Tenho duas filhas e tive dificuldades para amamentar a primeira, mas com apoio da minha família não desisti. Ela mamou exclusivamente até os seis meses, depois com complementação até os 4 anos e hoje tem 11 anos e é uma criança saudável. Agora tenho minha bebê de 5 meses, está mamando só no peito. Ela nasceu com baixo peso, pequena para a idade gestacional, mas graças à amamentação ela desenvolveu muito rápido. Eu sou muito orgulhosa por isso e se alguém me perguntar o que eu já fiz de melhor vida, foi amamentar as minhas filhas”. Patrícia Martins.

Continuar lendo

Cotidiano

PRF prende motorista com 68 kg de drogas na BR-364 e dá prejuízo em facção criminosa

Publicado

em

Uma ação de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal (PRF) resultou na prisão de um homem de 46 anos e na apreensão 68 kg de entorpecentes dentro de uma carreta na tarde desta segunda-feira (3). A prisão aconteceu no posto de fiscalização Tucandeira no km 115 da BR-364 no município de Acrelândia-AC.

A Polícia estava fazendo uma fiscalização de rotina na região quando abordou o condutor da carreta modelo Iveco/stralis, de cor branca, placa MTT-6165, que trafegava na BR-364 no sentido Rio Branco/Porto Velho. Durante a entrevista pessoal o motorista apresentou nervosismo e os policiais Rodoviários Federais resolveram fazer uma vistoria na carreta. Dentro da cabine em um compartimento embaixo da cama do motorista foi encontrado 44 kg de skunk e 24 kg de cocaína.

Segundo informações da PRF, o homem adquiriu a droga em Rio Branco com uma pessoa desconhecida e receberia o valor de R$ 10 mil para levar os entorpecentes até o cidade de Goiânia-GO.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão e motorista foi encaminhado à Delegacia de Flagrantes (Defla) para os devidos procedimentos.

De acordo com Polícia Rodoviária Federal o prejuízo estimado a organização criminosa foi de aproximadamente R$ 1,5 milhão.

Continuar lendo

Cotidiano

Cinco pessoas são detidas com droga; indígena está entre os apreendidos

Publicado

em

A Polícia Militar de Tarauacá prendeu três homens e apreendeu duas menores nessa segunda-feira, 3, quando o quinteto foi localizado portando mais de meio quilo de entorpecentes (cocaína e maconha). Uma das menores é uma indígena da etnia Kaxinawá, de 17 anos.

As 653 gramas de cocaína e maconha foram encontradas em duas casas no bairro Triângulo, em Tarauacá, onde estavam os envolvidos, entre eles, um homem monitorado por tornozeleira eletrônica. Os presos são: Maicon Pereira, Alexandre Vieira, Francisco Maicon do Espírito Santo e as menores E.M, de 16 e E.K. de 17 anos. Segundo informações, as duas adolescentes participavam ativamente do tráfico sendo responsáveis pela entrega da droga aos usuários.

Segundo o comandante da Polícia Militar de Tarauacá, capitão Jean, a ocorrência começou quando um policial penal foi averiguar o monitorado Maicon Lima, que usa tornozeleira eletrônica. Ao perceber uma estranha movimentação, o agente pediu reforço da Polícia Militar. Equipes da Rotam e de cães farejadores de Cruzeiro do Sul deram apoio à operação que prendeu as 5 pessoas e apreendeu mais de meio quilo de drogas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas