Conecte-se agora

Regiões do Acre são as mais chuvosas do País nos últimos dias

Publicado

em

Muitas áreas de instabilidade se formaram sobre uma extensa área entre o Acre, Amazonas e Rondônia. Choveu forte nestas localidades e os maiores volumes de chuva do país foram observados em um período de 24 horas. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, o município de Epitaciolândia, registrou 102,6 milímetros entre 6h de quinta-feira (12) e 6h desta sexta-feira (13). A maior chuva em 24h no país.

A estimativativa é que tenha chovido 90% do esperado para dezembro e deve continuar assim, pois a circulação de ventos sobre o Brasil, em diversos níveis da atmosfera, vai favorecer a manutenção de áreas de instabilidade sobre o Norte do Brasil, nos próximos dias. O calor e a alta umidade vão colaborar para a formação de nuvens carregadas sobre várias localidades e em alguns momentos a chuva pode cair com forte intensidade.

Anúncios

Destaque 6

Morre Francisco Camargo, pai dos sertanejos Zezé e Luciano

Publicado

em

Pai de Zezé di Camargo e Luciano, Francisco José de Camargo, de 83 anos, morreu na noite de segunda feira (23), após 14 dias internado em hospital particular em Goiânia. A informação foi confirmada pela assessoria da dupla na manhã desta terça-feira (24).

Por meio de nota, o Hospital Órion informou que o paciente morreu às 23h05 por causa de uma parada cardiorrespiratória e uma “instabilidade hemodinâmica”.

Em comunicado lamentando a morte do idoso, a assessoria dos sertanejos informou que o velório deve ser às 10h no Jardim das Palmeiras, em Goiânia. O sepultamento está marcado para as 17h (veja a íntegra ao fim da reportagem).

Também de acordo com a assessoria, Zezé já está na capital goiana. Luciano, que mora em São Paulo, testou positivo para Covid-19 e está em isolamento em casa.

Seu Francisco estava internado desde o último dia 10 de novembro, quando sentiu dores no intestino. Quatro dias depois, ele precisou passar por uma cirurgia de emergência para estancar um sangramento no órgão. No dia, Zezé e Luciano estavam em Goiânia para acompanhar de perto a evolução do quadro.

Segundo o irmão dos cantores, Emanoel Camargo, o pai havia começado a retirada dos sedativos na quinta-feira (18).

Apesar dos filhos famosos, ele só ficou conhecido nacionalmente em 2005, após o lançamento do filme “Dois Filhos de Francisco”, que contou a história dele e de sua família.

Francisco Camargo deixa a esposa, Helena Siqueira de Camargo, de 75 anos, e oito filhos: Mirosmar José de Camargo (Zezé), Marlene José de Camargo, Wellintgton Camargo, Emanoel Camargo, Luciele de Camargo, Welson David de Camargo (Luciano), Wesley José de Camargo e Walter José de Camargo. Outro filho do patriarca da família, Emival Camargo, que foi a primeira dupla com Zezé, morreu em 1975 em um acidente de carro.

Ele também tinha dez netos, incluindo a cantora Wanessa Camargo – filha de Zezé -, e bisnetos.

Internações

Nos últimos anos, Seu Francisco convivia rotineiramente com problemas de saúde e internações. Em março de 2018, ele ficou mais de um mês no hospital devido a uma pneumonia.

Já em fevereiro deste ano, Seu Francisco chegou a ser internado para tratar uma infecção decorrente de um enfisema pulmonar. Ele ficou oito dias no hospital e chegou a ocupar um leito de UTI.

2 Filhos de Francisco

O filme “2 Filhos de Francisco” foi lançado em 2005 nos cinemas brasileiros e contou a história de vida da dupla Zezé di Camargo e Luciano e o esforço do pai para tornar a dupla famosa no mundo da música sertaneja. O ator Ângelo Antônio foi o responsável por viver o papel de Francisco. Já a atriz Dira Paes foi a responsável por viver a esposa dele, Helena.

Segundo sites especializados em cinema, o longa foi assistido por cerca de 6 milhões de pessoas e arrecadou aproximadamente R$ 34 milhões.

Comunicado da assessoria de Zezé di Camargo e Luciano sobre morte de Francisco:

‘Seu’ Francisco se despede com a certeza de missão cumprida

Nascido em Sítio Novo, no interior de Goiás, o homem que um dia presenteou os colegas de trabalho da obra, na construção civil, com fichas telefônicas, sob a condição de que eles usassem as moedas para ligar na principal rádio de Goiânia pedindo pela canção chamada “É o Amor”, despediu-se de nós, nesta segunda feira (23), aos 83 anos, com a sensação de dever mais do que cumprido.

Desde que começou a multiplicar filhos com Dona Helena, “seu Francisco” preparava com afinco a dupla sertaneja com que tanto sonhava. Primeiro fez de Emival, o segundo filho, par de Mirosmar, o primogênito, mas, quis o destino que Emival saísse de cena precocemente. Só muitos anos depois, o Seu Francisco foi ver Mirosmar alinhado com o Welson David, ambos atendendo já como Zezé Di Camargo e Luciano.

A essa altura, o amor já era algo que mexia com a nossa cabeça e o nosso coração, e fazia a gente “entender que a vida é nada sem você”. Neste momento, diante da partida do pai, os filhos todos de Francisco – Mirosmar José, Emmanoel José, Marlene, Wellington, Walter, Welson David, Werlei e Luciele entoam justamente esse verso, certos de que a vida não seria nada sem ele e a parceria da mãe, a guerreira dona Helena, que tem amparado os filhos e netos com uma força descomunal.

De origem extremamente humilde, Seu Francisco viveu bem e o bastante para experimentar a maior das dores – a perda de um filho – e a mais gratificante das vitórias, que é o alcance do êxito absoluto dos filhos. Teve sua história contada em filme visto por a grande consagração dos filhos. Ainda há poucos dias, contabilizaram-lhe, em uma mesa, os quase 7 milhões de pessoas que foram assistir a esse enredo só no cinema. Salve!

O pai do Seu Francisco chamava-se Onofre Francisco. Ele pensava que Francisco fosse sobrenome e foi batizando todos os filhos com Francisco: Vicente Francisco, Liberato Francisco… O impasse se deu quando quis batizar um deles justamente com o nome de Francisco. Não podia ser Francisco Francisco. E então ficou Francisco José, acrescido de Camargo. E assim ele formou com honra o clã que todos amam.

Foi embora um homem simples, que deixou um grande exemplo de superação com um legado de honestidade!

Continuar lendo

Destaque 6

No Acre, ao menos 25% dos moradores perderam um familiar ou amigo para a Covid-19

Publicado

em

Foto: Divulgação 

O Acre é o 18º no ranking dos Estados onde as pessoas perderam parente ou amigo em decorrência da Covid-19. Durante uma pandemia, como essa do coronavírus, as mortes são inevitáveis e entre os participantes da pesquisa do portal Trocando Fraldas, pelo menos 25% deles perderam um amigo ou parente para a Covid-19.

No Amapá, pelo menos 44% dos entrevistados perderam algum parente ou amigo. No Rio de Janeiro, 30% passaram pela dor da perda durante a pandemia. Já em São Paulo, 23% da população perdeu um amigo ou parente próximo.

Os Estados com os menores percentuais são Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, com 17%, 16% e 14% respectivamente. O estudo teve abrangência nacional e foi realizado com mais de 11.800 pessoas de 8 à 12 de outubro de 2020. O método de coleta de dados foi feito por meio de questionário em formulário na internet.

Continuar lendo

Destaque 6

35% dos rio-branquenses acham governo Bolsonaro ruim

Publicado

em

A pesquisa Ibope divulgada pela Rede Amazônica neste sábado, 21, também avaliou o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) junto aos moradores de Rio Branco.

Os eleitores entrevistados classificaram a gestão federal em ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo. Conforme o percentual, 39% dos entrevistados acham o governo Bolsonaro ótimo/bom, 25% avaliam como regular e 35% como ruim/péssimo. 1% não sabem avaliar.

Com uma margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, a pesquisa foi encomendada pela Rede Amazônica Acre e ouviu 602 eleitores da cidade de Rio Branco no período de 18 a 20 de novembro. A pesquisa está identificada na Justiça Eleitoral com o registro: AC-06347/2020.

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Continuar lendo

Destaque 6

Ibope: 40% acham gestão de Gladson Cameli ótima

Publicado

em

A Rede Amazônica divulgou neste sábado, 21, a avaliação da população de Rio Branco para com as gestões do governador Gladson Cameli (sem partido) e da prefeita Socorro Neri (PSB) na capital acreana. Esta é a primeira pesquisa Ibope do segundo turno.

De acordo com os resultados de avaliação de Socorro Neri, 31% dos entrevistados consideram a gestão da prefeita como ótima/boa; 41% como regular e 26% como ruim/péssima. Neste critério, 2% não sabem avaliar.

Com relação ao percentual de aprovação da prefeita candidata à reeleição, 44% dos entrevistados aprovam e 47% desaprovam a gestão de Socorro. 9% não sabem avaliar.

Em relação aos percentuais de avaliação das administrações do governador do estado, Gladson Cameli, 40% dos entrevistados consideram ótima/boa, 40% acham regular: 40% e 17% avaliam como ruim/péssima. 4% não sabem avaliar.

Com uma margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos, a pesquisa foi encomendada pela Rede Amazônica Acre e ouviu 602 eleitores da cidade de Rio Branco no período de 18 a 20 de novembro. A pesquisa está identificada na Justiça Eleitoral com o registro: AC-06347/2020.

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas