Conecte-se agora

Petecão busca destinar recursos para a prefeitura de Rio Branco

Publicado

em

Uma das primeiras agendas de trabalho do senador Sérgio Petecão (PSD) em Rio Branco após a aparente “racha” entre o parlamentar e, pelo menos, parte do governo Gladson Cameli (Progressistas) foi, no mínimo, sugestiva. Na manhã desta sexta-feira, 13, ele se reuniu com a prefeita Socorro Neri, em busca de alocar recursos para a capital acreana.

Um detalhe mencionado pelo senador é o fato de, para ele, ser positiva a parceria com a prefeitura devido a uma “boa gestão destes recursos”. Nessa quinta-feira, 12, Petecão disse em entrevista à TV Gazeta que R$ 7 milhões de suas emendas parlamentares direcionadas para a Segurança Pública do Acre ainda nem foram licitadas pelo governo, o que pode indicar incompetência dos gestores responsáveis pela licitação.

O encontro com a prefeita Socorro Neri, segundo o parlamentar, é um sinal de “boa política”. “Construindo as parcerias buscando recursos, inclusive extra orçamentários para o município de Rio Branco. A população ganha com a destinação e a boa gestão destes recursos pela Prefeita nas diversas áreas”, escreveu o senador.

Após Petecão afirmar que não acredita na relação do vice-governador Major Rocha (PSDB) com a nota pública emitida pela cúpula da Segurança Pública do Estado, Rocha deixou transparecer que sim, pode ter tido relação com a nota e fez cair por terra o argumento do senador acreano.

Petecão destacou que foi um dos principais influenciadores de Gladson para que Rocha se tornasse parte do governo como vice. Além disso, garantiu que sua parceria política com o vice não permitira um impasse dessa magnitude.

Porém, Rocha usou as redes sociais para rebater, mesmo que sem citar nomes, o que fora dito pelo parlamentar. Apesar de não endereçar o recado, o vice-governador se defendeu do suposto apadrinhamento político. “Entendo que não podemos vislumbrar padrinhos ou “vítimas” onde esses não existem. Minha participação na chapa majoritária se deveu ao convite feito pelo então Senador Gladson Cameli”, pontuou.

O senador pode ter arrumado um impasse sem precedentes ao criticar a segurança pública do estado, primeiramente em entrevista ao Blog do Crica, e em seguida numa postagem em rede social. Após ser repreendido por uma nota pública assinada por todos os representantes de instituições de segurança, agora o vice-governador endossou a represália.

“A verdade é que o partido trabalhou muito para eleger o Governador e os nossos dois Senadores, como de fato ocorreu. O resto é esperteza, fanfarronice e munganga”, completa Rocha.

Propaganda

Acre

Rocha faz chamamento da classe empresarial para encontro no Peru

Publicado

em

O vice-governador Major Rocha (PSDB) publicou um vídeo nas redes sociais com chamamento para que os empresários acreanos participem do Encontro Empresarial Acre-Ucayali, que será realizado em Pucallpa, nos dias 10 e 11 de fevereiro.

Ele destaca a importância do Encontro , o primeiro desse porte depois do início da ação do atual
Governo para a integração Multimodal entre o Brasil e o Peru, a partir do Vale do Juruá.

É no gabinete da vice governadoria em Cruzeiro do Sul, que atua o Grupo de Integração Regional Acre. Rocha cita a relevância de uma participação representativa do empresariado acreano no evento de dois dias no Peru.

” É um momento histórico e será muito importante que todos participem. É um dos passos mais significativos nesse processo de integração e querermos chamar a todos os empresários do Vale do Juruá e do Acre todo para essa viagem”.

Ele faz também agradecimentos especiais pelos passos que são dados no processo de integração. Cita a Federação das Industrias, no nome do presidente José Adriano, a Associação Comercial do Alto Juruá, se referindo ao presidente Luís Cunha e à bancada federal acreana, citando o senador Márcio Bittar.

De Cruzeiro do Sul, a expectativa segundo o presidente da Associação Comercial do Alto Juruá, Luís Cunha, é que 20 empresários sigam na viagem.

O ENCONTRO

A ida da caravana acreana para Pucallpa, no Peru, está marcada para o dia 9 de fevereiro. O Encontro Empresarial Acre-Ucayali será nos dias 10 e 11.

A organização do evento acredita que mais de 70 empresários e políticos irão ao evento onde haverá Rodas de Negócios e Feira de Produtos.

Os empresários vão prospectar entre si, oportunidades de negócios e meios para a concretização de importação e exportação de itens brasileiros e peruanos.

Na feira os empresários peruanos vão apresentar itens de 15 setores industriais como energético, florestal, agroindustrial e outros.

A expectativa é pela abertura da Estrada, a partir de Mâncio Lima, até Pucallpa. Enquanto a rodovia não é concretizada, políticos e empresários buscam a regularização de voo entre Pucallpa e Cruzeiro do Sul para a concretização da integração comercial entre os dois países.

O evento é organizado pelo governo do Estado do Acre, Grupo de Integração Regional Acre, prefeitura de Cruzeiro do Sul, governo do Departamento de Ucayali, prefeitura de Pucallpa, Câmara de Comércio, Indústria e Turismo de Ucayali. O apoio é da Federação das Indústrias – FIEAC, Associação Comercial do Alto Juruá e outras instituições.

Continuar lendo

Acre

Secretaria da Fazenda recebe visita de representante do BID

Publicado

em

FOTO: NETO LUCENA

Visando avaliar os processos e a maturidade da gestão fiscal do estado, a Secretaria da Fazenda do Acre (Sefaz) recebeu, na última segunda-feira, 20, a visita de uma representante do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Na ocasião, foi apresentada a metodologia para avaliação da Maturidade e Desempenho da Gestão Fiscal (MD-Gefis).

Durante o mês de fevereiro, uma equipe de consultores e especialistas do BID deve acompanhar e analisar os métodos de trabalho da Sefaz, avaliando os processos internos da gestão fiscal. O resultado da avaliação permite ao gestor orientar seu planejamento estratégico, potencializando assim seus resultados e priorizando seus investimentos.

“É uma avaliação integrada da gestão fiscal do estado que estuda a administração dos fiscos subnacionais, na área financeira, de planejamento e de transparência, tudo isso é analisado”, explica a representante do BID e componente da equipe de avaliação, Soraya Naffah.

O desenvolvimento dos trabalhos será supervisionado pela equipe técnica da Sefaz. Em função dos processos transversais, participarão também da avaliação, a Procuradoria Geral do Estado (PGE), a Controladoria Geral do Estado (CGE), a Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), a Secretaria de Indústria, Ciência e Tecnologia (Seict) e Casa Civil.

O que é a MD-Gefis?

É um instrumento criado para diagnosticar a maturidade dos processos de trabalho dos órgãos responsáveis pela gestão fiscal dos estados, buscando identificar os pontos positivos e oportunidades de melhorias na gestão tributária, tesouro e contabilidade do estado.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

welcome image