Conecte-se agora

Prefeito de Xapuri retribui brincadeira de Gladson e paga 13º dos servidores no dia 11, às 11 horas

Publicado

em

Prefeito de Xapuri pelo segundo mandato intercalado, o primeiro foi entre 2009-2013, Ubiracy Vasconcelos (PT) é considerado por aliados e opositores como um político comedido, conhecido pelo estilo cauteloso, às vezes em demasia, com que cuida dos atos administrativos em sua gestão.

Desafeito a polêmicas e resistente a retrucar as críticas que recebe, tem sido um administrador que se relaciona bem com todas as vertentes políticas e ideológicas, inclusive, por várias vezes, se manifestando publicamente como amigo do governador Gladson Cameli, com quem mantém bom relacionamento.

Nesta quarta-feira, 11, Bira Vasconcelos resolveu, com uma boa pitada de humor, responder à medida adotada por Cameli de pagar a segunda parcela do 13º salário dos servidores estaduais no dia 13 de dezembro, às 13 horas, em homenagem ao PT, que teria dito que ele não daria conta da pagar os salários do funcionalismo por três meses consecutivos em seu primeiro ano de mandato.

O gestor xapuriense anunciou o pagamento 13º salário dos funcionários municipais nesta quarta-feira, dia 11, em homenagem ao 11 (PP), nos mesmos moldes usados pelo administrador estadual. Segundo Vasconcelos, tudo não passa de uma brincadeira na qual quem ganha são os funcionários que recebem com antecipação essa importante remuneração.

“Quero dizer que estamos fazendo um paralelo com o nosso governador Gladson, a quem eu respeito e tenho a maior amizade, que disse que vai fazer o pagamento do 13º dos servidores estaduais em homenagem ao 13, no dia 13, às 13 horas. Saudavelmente, depois de um ano bem difícil, tomando muito cuidado com as contas públicas, nós também vamos pagar, em homenagem ao 11, dia 11, às 11 horas e 11 minutos, o 13º aos servidores do nosso município”, afirmou em vídeo divulgado na internet.

Por telefone, o prefeito de Xapuri ressaltou os esforços de austeridade feitos no decorrer de 2019 para manter o pagamento dos servidores em dias e, ainda, realizar investimentos no município, boa parte deles com recursos provenientes de arrecadação própria (RP).

“Foi um ano realmente difícil, mas com muito equilíbrio e contenção de gastos desnecessários foi possível fazer com que a administração andasse bem, pagando os funcionários em dias e fazendo investimentos em obras de infraestrutura, recuperando ruas e melhorando a cidade. Se Deus quiser, teremos também um bom fim de ano, com uma programação que ainda vamos divulgar, inclusive com a inauguração da Praça da Juventude”, concluiu.

Propaganda

Acre 01

Detentos de seis pavilhões da FOC iniciam greve de fome contra atitudes tomadas pelo IAPEN

Publicado

em

Uma carta enviada à redação do ac24horas feita por presos que estão no presídio Francisco D’Oliveira Conde denuncia o que eles chamam de humilhação e perseguição por parte do IAPEN após a fuga em massa de 26 detentos da unidade prisional.

“Por causa dessa fuga nós vem (sic) sofrendo opressão, abuso de poder e constantes humilhações por parte dos agentes. Cortaram o nosso banho de sol, visita íntima e tiraram todas as televisões dos pavilhões”, diz um trecho da carta.

Os presos denunciam ainda que estão recebendo comida estragada e que os agentes estariam se negando a trocar a alimentação. “no dia 23, algumas marmitas vieram estragadas, azedas e os agentes não quiseram trocar. Neste domingo, o café da manhã veio todo azedo”.

Como forma de protesto, agentes que estão de plantão nesta segunda-feira, 27, no Francisco D’Oliveira Conde e o próprio IAPEN, confirmaram que detentos de seis pavilhões rejeitaram o café da manhã e deram início a uma greve de fome.

Os presos dos pavilhões B, C, D, E, O e P entraram em greve de fome. A expectativa é que o movimento também chegue ao chapão, como é denominado onde estão os pavilhões J, K e L. Este último foi onde aconteceu a fuga dos 26 presos.

Continuar lendo

Acre 01

Enquete mostra que 92% são favoráveis a intervenção federal na Segurança do Acre

Publicado

em

Uma enquete disponibilizada por ac24horas em sua página no facebook por 7 dias aferiu a opinião dos internautas do jornal a respeito se seriam favoráveis ou não a uma intervenção federal na segurança pública do Acre, levando em conta o número de homicídios, assaltos e roubos praticados em janeiro.

Cerca de 8,6 mil internautas que interagem na página opinaram e comentaram. De acordo com o levantamento, 92% (7.900 votos) são favoráveis a uma intervenção federal na segurança pública. Já 8% (734 votos) são contrários á medida.

A publicação, que não pode ser patrocinada ou impulsionada, atingiu um universo de quase 50 mil internautas no facebook e gerou mais de 274 comentários.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas