Conecte-se agora

Homem que foi preso ontem (9) é encontrado morto em menos de 24 horas no presídio

Publicado

em

O detento Carlos Queiroz de Souza, de 34 anos, morreu por volta das 2h desta terça-feira, 10, na cela 30 do pavilhão “A” do Complexo Penitenciário de Rio Branco. Segundo o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen), Carlos entrou no presídio nessa segunda-feira, 9, acusado pelo crime de homicídio.

Ele dividia cela com mais 25 presos. Os demais presidiários teriam informado aos policiais penais de plantão que o preso Carlos Queiroz não pediu socorro, mas perceberam ele gemendo de dor e silenciando em seguida.

O detento levado até à frente do pavilhão, enquanto aguardava o atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). “Ao chegar ao local, a unidade móvel apenas confirmou o falecimento do presidiário”, diz a direção do Iapen.

A reportagem do ac24horas entrou contato com o presidente do Iapen, Lucas Gomes, que informou que o delegado ainda está no local fazendo as diligências e ouvindo os presos.

Questionado sobre as possíveis causas do falecimento do apenado (Carlos Queiroz), Lucas Gomes relatou que uma das possibilidades estudadas é asfixia e que o detento foi encontrado sem perfurações ou marcas aparentes.

 

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas