Conecte-se agora

Cameli destrava operações de crédito do Estado com o BNDES

Publicado

em

O encontro no Rio de Janeiro entre o governador Gladson Cameli e o presidente do BNDES, Gustavo Montezano, resultou numa negociação favorável às pretensões do Estado em fazer novos investimentos sociais nos próximos anos. Após intensas tratativas visando atender as exigências do BNDES, a reunião selou a aprovação de uma proposta factível de ressarcimento de dívidas anteriores com um novo cronograma de aporte financeiro, flexibilizando prazos e condições. O resultado prático será o total desbloqueio de todas as operações com o BNDES, a partir do próximo dia 12 de dezembro.

“Estamos fazendo o dever de casa para termos credibilidade com todas as instituições financeiras. Isso permite fazermos as renegociações das dívidas deixadas pelos governos anteriores e termos condições favoráveis que nos permitirá fazer novos investimentos em obras essenciais para o desenvolvimento econômico e social do Acre, comemorou Cameli.

A proposta que teve o aval do presidente do BNDES, Gustavo Montezano, prevê, inclusive, que o Estado poderá apresentar investimentos já realizados com outras fontes de recursos como forma de abater a dívida e assim reduzir a necessidade de aporte financeiro. O secretário-adjunto Jarbas Anute e a diretora de PPP Kelly Lacerda, da Secretaria de Planejamento (Seplag), participaram do encontro na sede do BNDES e apresentaram a proposta técnica do Estado.

“O Estado se encontrava impedido de executar qualquer ação no âmbito das operações contratadas junto ao BNDES, bloqueando a liberação de recursos até que o Estado devolvesse o montante financeiro de aproximadamente R$ 100 milhões. As sanções resultavam da aplicação irresponsável – da gestão anterior – de recursos que deveriam ser destinados a projetos aprovados. Como agravante, tais sanções geraram um montante de dezenas de obras paralisadas”, explicou Jarbas.

Após a liberação pelo BNDES, o Estado poderá contratar novamente créditos para a aplicação em obras de interesse da população. Além de fazer uma economia considerável no pagamento das parcelas de dívidas contraídas anteriormente com o banco. Na prática poderá contar com mais recursos financeiros para o próximo ano que estavam comprometidos com a amortização dos empréstimos junto ao BNDES.

Anúncios

Acre

Coordenação de Bocalom nega que empresário tenha oferecido doação

Publicado

em

Foto: Sérgio Vale/ac24horas  

A coordenação de campanha do candidato Tião Bocalom desmentiu o que chamou de “boato” a informação de que havia sido procurado pelo empresário Adem Aaújo que teria oferecido doação ao candidato do Progressistas.

Para mostrar que não partiu de seus auxiliares tal informação,  Bocalom pediu pra o senador Sérgio Petecão (PSD) e o deputado José Bestene (Progressistas) irem ao encontro do empresário na manhã de hoje (24).

A redação de ac24horas reafirma que recebeu a informação da possível doação do coordenador político do PSD, Solino Matos, que integra a equipe de campanha do candidato Tião Bocalom.

Continuar lendo

Acre

Eleitor não pode ser preso a partir de hoje devido ao segundo turno

Publicado

em

Foto: Divulgação 

Os eleitores que moram nas cidades que terão segundo turno das eleições municipais não podem ser presos a partir desta terça-feira (24). A restrição é válida no período de cinco dias antes do pleito e 48 horas depois da votação. A segunda rodada de votação será realizada no próximo domingo (29).

De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), há exceções sobre a impossibilidade de prisão. As regras não se aplicam aos casos de crime em flagrante e de sentença condenatória por crime inafiançável, como racismo, tortura e tráfico de drogas.

Criada pela Lei 4.727/1965, a restrição das prisões no período eleitoral está prevista no Artigo 236 do Código Eleitoral. Pelo dispositivo, “nenhuma autoridade poderá, desde cinco dias antes e até 48 horas depois do encerramento da eleição, prender ou deter qualquer eleitor, salvo em flagrante delito”.

No domingo, cerca de 38 milhões de pessoas estão aptas a votar no segundo turno, que ocorrerá em 57 cidades do país, das quais 18 são capitais.

Agência Brasil

Continuar lendo

Acre

Após demissão de Raymson, diretor de contabilidade pode deixar a Sefaz

Publicado

em

O governo do estado está fazendo mais mudanças na Secretaria de Fazenda. Após, na semana passada, o governador exonerar Raymson Ribeiro Bragado do cargo de secretário adjunto do Tesouro Estadual, o diretor de contabilidade geral do estado decidiu também deixar o cargo.

O pedido de exoneração de Pedro Nogueira Brilhante Júnior foi feito ao governador por meio de uma carta. O ac24horas teve acesso ao documento onde Pedro pede sua exoneração “por motivo de ausência de alinhamento e comunicação com os interesses da minha gestão frente a Contabilidade Fiscal do Estado”.

Na edição desta terça-feira, 24, do Diário Oficial, Gladson Cameli publica a exoneração de Pedro. Para sua vaga de diretor, foi nomeado Eduardo Alves Maia Neto.

Continuar lendo

Acre

Presidente da Juceac é internado após sofrer princípio de AVC

Publicado

em

O empresário Jurilande Aragão, presidente da Junta Comercial do Acre (Juceac), foi internado na madrugada desta terça-feira, 24, após sofrer um princípio de Acidente Vascular Cerebral (AVC), em sua residência, no Bosque.

De acordo com informações, Jurilande estava sozinho na sua residência, momento em que teria perdido a consciência. Ao despertar, Jurilande tinha dificuldades para se comunicar e caminhar.

Mesmo nessa situação, o empresário conseguiu ligar para um dos contatos da agenda telefônica, que o socorreu e levou ao hospital. Jurilande está internado em observação no Pronto Atendimento da Unimed, onde faz exames de imagem e sangue, para avaliação neurológica. O empresário está consciente, mas o quadro exige cuidados.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas