Conecte-se agora

Quinta será de tempo instável com chuvas pontuais em algumas regiões do Acre

Publicado

em

No Acre, a previsão do tempo para esta quinta-feira (05) será de tempo instável, com chuvas pontuais, que podem ser fortes, principalmente no leste e no sul do estado.

A umidade do ar mínima, na parte da tarde, varia entre 55 e 75%, no leste e no sul do estado, e entre 50 e 70%, nas demais áreas.

A temperatura na capital acreana e em Senador Guiomard, Bujari e Porto Acre, mínima, varia de 22 e 24ºC, e a máxima, entre e 30 e 32ºC.

Sena Madureira e Manuel Urbano, mínima, 22 e 24ºC, e máxima, entre 31 e 33ºC. Brasileia, Epitaciolândia, Assis Brasil, Xapuri e Capixaba, mínima, entre 21 e 23ºC, e máxima, 29 e 31ºC.

Já em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima, Rodrigues Alves e Porto Walter, a mínima, entre 22 e 24ºC, e máxima, entre 31 e 33ºC. Marechal Thaumaturgo e Jordão, a mínima, entre 22 e 24ºC, e máxima, entre 30 e 32ºC.

Em Tarauacá, Feijó e Santa Rosa do Purus, a mínima, entre 22 e 24ºC, e máxima, entre 32 e 34ºC. Acrelândia e Plácido de Castro, a mínima, entre 22 e 24ºC, e máxima, entre 29 e 31ºC.

Propaganda

Acre

Acre encerra 2019 fechando 559 vagas de carteira assinada

Publicado

em

Mais um dezembro frustrante em termos de oferta de emprego no Acre em 2019. Ao invés de empregar, o Acre fechou 559 vagas de trabalho no último mês do ano passado, confirmando a tradição de ser um mês ruim para o emprego no Estado.

Em termos percentuais (0,71%) o Acre é 12º no ranking nacional do desemprego em dezembro. Mato Grosso, com –1,31%, é o que mais desempregou no período.

Os dados são do adastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na manhã desta sexta-feira (24) pela Secretaria do Trabalho do Ministério da Ecomomia.

Em dezembro, o Acre admitiu 1.539 trabalhadores mas demitiu 2.098, diferença de 0,71%. Em nível de País, o cenário é diferente: o Brasil fechou 2019 com o maior saldo de emprego com carteira assinada em números absolutos desde 2013.

Dados do Caged de dezembro mostram que houve a geração de 644.079 novas vagas de emprego formal no país em 2019, o que significa 115 mil postos a mais do que o registrado em 2018. Com isso, o estoque de empregos com carteira assinada chegou a 39 milhões de vínculos – em 2018, esse número tinha ficado em 38,4 milhões.

As cinco regiões fecharam o ano com saldo positivo. O melhor resultado absoluto foi o da região Sudeste, com a criação de 318.219 vagas. Na região Sul, houve abertura de 143.273 postos; no Nordeste, 76.561; no Centro-Oeste, 73.450; e no Norte, 32.576. Considerando a variação relativa do estoque de empregos, as regiões com melhores desempenhos foram Centro-Oeste, que cresceu 2,30%; Sul (+2,01%); Norte (+1,82%); Sudeste (+1,59%) e Nordeste (+1,21%).

Em 2019, o saldo também foi positivo para todas as unidades da federação, com destaque para São Paulo com a geração de 184.133 novos postos, Minas Gerais, com 97.720, e Santa Catarina, com 71.406.

Continuar lendo

Cotidiano

Com medo da onda de violência, entregador se assusta com manequim em bairro periférico

Publicado

em

O entregador, Liiu Delefrati, usou as redes sociais na noite desta quinta-feira (23) para relatar um “susto” que passou quando fazia a sua última entrega da noite, no bairro Recanto dos Buritis, em Rio Branco.

O motoboy relatou que estava subindo a ladeira no bairro, quando a moto “morreu” e ao levantar a cabeça viu a sua frente o que parecia um fantasma com a metade de um corpo.

“Na hora, o ** trancou, tremedeiras nas pernas e comecei a suar frio. Achei que era uma pessoa só com as pernas, quase morri, fui ver, era um manequim”, relatou aos risos.

Ele decidiu registrar o momento, e a foto caiu na internet e arrancou boas gargalhadas dos internautas acreanos.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

welcome image