Conecte-se agora

Para conter avanço da dengue, prefeitura distribui mudas de citronela à população

Publicado

em

Na tentativa de conter o crescimento dos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e Chikungunya, a Prefeitura de Rio Branco deflagra nesta quarta-feira (4) uma campanha para incentivar o cultivo da planta citronela, que, segundo consta, tem o poder de repelir o inseto.

Para isso, serão distribuídas mudas da planta na escola Jessé Santiago, no bairro Jorge Lavocat. A ação começa às 8 horas.

“É uma alternativa segura e sustentável que estaremos testando, com possibilidade de expandir. Para garantir a eficácia da planta, cada morador receberá também um folheto informativo de como plantar e como utilizá-la para repelir os mosquitos”, informa a Prefeitura.

A infestação de focos do mosquito cresce neste período de chuvas.

Anúncios

Cotidiano

Arasuper emite pesar pela morte de funcionária que atuava há 7 anos na empresa

Publicado

em

A Rede Arasuper de supermercados em Rio Branco divulgou uma nota de pesar na tarde desta quinta-feira, 6, após o trágico acidente que vitimou uma de suas funcionárias, Jonhliane Paiva de Souza, de 30 anos. A mulher estava dirigindo uma motocicleta modelo Biz, a caminho do trabalho, quando foi violentamente atingida por um carro modelo BMW, cujo condutor estava participando de um racha.

Jonhliane trabalhava no Arasuper localizado no bairro Seis de Agosto, no Segundo Distrito de Rio Branco. A vítima era colaboradora da empresa desde 2013. “Ela parte deixando muitas saudades e lições de competência”, diz a Rede.

“As pessoas são insubstituíveis em sua existência, e quando são especiais, além da falta que fazem àqueles que as amam, deixam o mundo mais pobre. Pedimos a Deus que conforte o coração de todos nesse momento de dor”, publicou o supermercado.

Continuar lendo

Cotidiano

Campanha da OAB/Acre combate o abandono de animais domésticos na pandemia

Publicado

em

A Comissão de Defesa e Proteção dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre (OAB/AC) iniciou nesta primeira semana de agosto a campanha “Não Esqueça o seu Melhor Amigo”, que visa conscientizar as pessoas sobre o abandono e os maus-tratos de cães, gatos e outros animais domésticos no período pandêmico. A intenção é distribuir cartazes em pontos estratégicos de Rio Branco.

A presidente da Comissão, Vanessa Facundes, declara que houve um aumento preocupante do número de casos de negligência nos últimos meses. “Pessoas têm abandonado os seus bichos e maltratado nessa pandemia por falta de recursos financeiros, por ficarem doentes e não se preocuparem com o bem-estar do animal e por medo deles transmitirem a Covid-19”, disse a advogada. A entidade alerta que essa atitude é crime.

Segundo a legislação brasileira, abandonar o animal doméstico é crime ambiental. Na Lei n° 9.605/98 consta que a pena pode variar entre detenção de 3 meses a 1 ano e multa, sendo aumentada de um terço a um sexto caso ocorra a morte do bicho. As instituições ambientais orientam a quem presenciar atos de crueldade e descuido, que denuncie pelos números 68 3227-5095 (Polícia Ambiental), 68 99227-1128 e 68 3228-5765 (Secretaria Municipal do Meio Ambiente).

“As pessoas devem lembrar que os animais não nos abandonam em circunstância alguma e nessa quarentena são nossos principais parceiros, até porque não transmitem o vírus. Cuidem dos seus melhores amigos”, advertiu Vanessa. A iniciativa conta com o apoio da Caixa de Assistência dos Advogados do Acre (CAA/AC), Promotoria do Meio Ambiente do Ministério Público do Acre (MPAC), organizações não governamentais (ONGs) e entidades protetoras dos animais.

Continuar lendo

Cotidiano

Seringueiro consegue remarcar audiência online para presencial por não ter acesso à internet

Publicado

em

O Juizado Especial Cível de Cruzeiro do Sul expediu liminar determinando que dois bancos suspendam a cobrança de empréstimos, que estão sendo descontados de benefício previdenciário de um trabalhador rural. A decisão foi publicada na edição n° 6.647 do Diário da Justiça Eletrônico e estabeleceu prazo de cinco dias para o cumprimento da ordem, sob pena de multa diária no valor de R$ 100,00.

De acordo com os autos, o idoso reclama de duas instituições financeiras, afirmando ambas realizaram vários empréstimos e concederam reserva de margem para cartão de consignado sem sua autorização. O requerente enfatizou que não passou qualquer procuração a terceiros e não assinou nenhum documento, ainda mais considerando o fato de ser um analfabeto funcional.

Em seu pedido à Justiça, solicitou que seu nome não fosse negativado, porque as cobranças são ilegais. Solicitou também que as audiências sejam realizadas de forma presencial, pois não possui smartphone e sinal de internet para assim participar de videoconferência, modalidade adotada pelo TJAC, como medida de prevenção ao contágio de Covid-19.

Posto isso, a juíza de Direito Evelin Bueno, titular da unidade judiciária, entendeu que a continuidade das cobranças questionadas gera prejuízo ao seringueiro, que recebe apenas um salário mínimo de aposentadoria para seu sustento.

Os bancos devem apresentar o ônus da prova sobre os empréstimos que o idoso afirma não tem contratado, “por seu turno, esses estariam incorrendo em enriquecimento ilícito”. Além disso, ao deferir a liminar, a magistrada determinou o cancelamento da audiência de conciliação por videoconferência que estava agendada, assim a audiência terá nova designação quando for possível realizar presencialmente.

Continuar lendo

Cotidiano

Profissionais da saúde engajados na luta contra a Covid-19 serão premiados no Acre

Publicado

em

Servidores têm até o próximo dia 10 para se inscrever no Prêmio Espírito Público 2020. De acordo com o regulamento, o prêmio celebra a importância daqueles servidores públicos que dedicam sua carreira para melhorar a vida dos brasileiros.

Neste ano, levando em consideração o atual momento, o prêmio reconhecerá equipes na área de Saúde e será criada a Medalha Espírito Público, que premiará com menções honrosas instituições que estejam engajadas na busca por soluções para diminuir os efeitos da Covid-19, tema escolhido como o atual desafio da administração pública.

A premiação é uma iniciativa da Fundação Brava, Fundação Lemann, Instituto Humanize e República.org em colaboração com o Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad).

“O objetivo é contemplar práticas de excelência que contribuem para garantir a qualidade e eficiência do serviço público e, no Estado do Acre, temos servidores que se doam e se dedicam fazendo muitas vezes do seu trabalho a sua história de vida. Acreditamos que quando os servidores são valorizados e respeitados, eles se sentem mais satisfeitos e compromissados com a instituição, por se sentirem parte dela”, destacou o diretor de Gestão de Pessoas da Secretaria de Planejamento e Gestão do Acre, Guilherme Duarte.

As inscrições na edição de 2020 do Prêmio Espírito Público serão divididas entre as seguintes categorias: Educação, Gestão de Pessoas, Governo Digital, Meio Ambiente, Segurança Pública e Saúde (projeto de equipe). Os interessados em se inscrever podem acessar o Guia do Candidato e verificar o detalhamento e o passo a passo das etapas do processo.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas