Conecte-se agora

Homens morrem sete vezes mais que mulheres por causas violentas

Publicado

em

De acordo com o IBGE, 3.924 óbitos foram registrado no Acre em 2018, sendo que o mês de março daquele ano contou 397 casos, segundo os dados de registro civil do IBGE. A pesquisa levou em conta as mortes decorrentes de causas naturais.

Grande parte desse número, 2.027 óbitos, é relacionada ao sexo masculino. 1.483 óbitos foram de mulheres no ano passado.

Para mortes violentas, os homens contabilizam aproximadamente sete vezes mais casos que o sexo feminino: foram 326 óbitos do sexo masculino em 2018. As mulheres somaram 43. Foram registrados 154 óbitos fetais no Estado naquele ano.

Esse pode ser um dos efeitos da guerra de facções que assola o Estado há anos, sempre matando mais homens jovens com idade abaixo dos trinta anos.

Foram realizados 15.777 registros de nascidos vivos no Estado. Em Rio Branco esse número foi de 6.278.

Propaganda

Destaque 5

Jenilson Leite cobra ações de combate à dengue em Tarauacá

Publicado

em

Na manhã desta sexta-feira feira, 24, o deputado Jenilson Leite, acompanhado do vereador Lauro Benigno, visitou as famílias que residem no bairro Triângulo, região da rotatória -BR 364.

Durante a visita os edis, receberam inúmeros relatos dos moradores, como a falta d’água, falta de iluminação, alto índice de casos de dengue, dentre outros.

Aproximadamente, 300 pessoas não dispõem de água em suas casas,tampouco de iluminação pública na via, haja vista, que todas as mais de 60 famílias que ali residem, pagam suas taxas da ENERGISA.

Jenilson Leite irá apresentar proposições para que sejam solucionados as reivindicações dos moradores, pois sabemos que a energia elétrica é fundamental para a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento socioeconômico das comunidades, bem como, a Água é primordial para saciar as demandas humanas e, consequentemente a qualidade de vida das famílias.

Finalizando a visita, preocupado com os crescentes casos de dengue e determinado a colaborar no combate aos possíveis focos criadouros do Aedes aegypti, o mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus, o deputado Jenilson Leite cobrará ações emergenciais da Prefeitura e Governo do Estado para combater a Dengue.

Segundo, Jenilson Leite precisamos somar esforços junto à Secretaria Municipal de Saúde e Governo do Estado. ” Precisamos usar de todas as ferramentas “, finalizou.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Destaque 5

Acre já tem 1.210 casos suspeitos de dengue em 2020

Publicado

em

De 1 a 18 de janeiro deste ano o Acre foi assolado por 1.210 casos suspeitos de dengue. 353 deles foram confirmados e os pacientes entraram em tratamento.

O Departamento de Vigilância Epidemiológica do Acre confirmou oficialmente o o primeiro caso de morte por dengue em 2019. A vítima é uma adolescente de 16 anos, moradora de Cruzeiro do Sul.

A população deve manter o combate diário aos criadouros do mosquito, é importante estar atento à caixa d’água, se está aberta ou não; à limpeza das calhas; à verificação permanente da presença de água na bandeja do ar-condicionado, na bandeja da geladeira e nos pratinhos de vaso de planta; e acondicionar adequadamente os objetos que costumam ficar nos quintais, como garrafas e latas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

welcome image