Conecte-se agora

Equatoriano é preso com cocaína pura avaliada em R$ 100 mil

Publicado

em

O trabalho de investigação dos agentes da Delegacia de Combate ao Narcotráfico (Denarc) coordenada pelo delgado Pedro Resende, resultou na apreensão de mais de 3 kg de cocaína pura e na prisão do traficante equatoriano Victor Alfonso Vargas Pluas, 28 anos, natural da província de Guayas/Guayaquil. A prisão do estrangeiro aconteceu na tarde desta segunda-feira (2) no posto de fiscalização estadual, no km 30, no trevo de Senador Guiomard.

A apresentação do entorpecente ocorreu na manhã desta terça-feira (3) na Delegacia Especializada de Investigações Criminais (Deic) no bairro Cadeia Velha, em Rio Branco.

De acordo com o delegado Pedro Resende, apreensão do entorpecente se deu após um trabalho de investigação, a polícia recebeu informações que membros de uma organização criminosa nacional, estariam contratando estrangeiros para entrar com drogas no Brasil.

“Recebemos diversas informações de que uma rede organizada por brasileiros estariam cooptando bolivianos, peruanos e equatorianos para trazerem drogas para o Brasil. Essa rede possivelmente faz parte de uma organização criminosa que atua no Brasil inteiro. Esse Equatoriano, o Victor, foi cooptado para trazer essa droga, ele saiu do Equador, atravessou todo o país do Peru e ontem pela tarde entrou no Brasil. Essa droga que teria como destino a cidade de Salvador-BA foi apreendida em uma barreira da Polícia Civil, o entorpecente estava em fundo falso de uma mala dentro de um táxi”, disse o delegado.

Resende informou a reportagem do ac24horas, que a droga é cocaína pura, está avaliada em um valor muito alto e que o estrangeiro receberia um valor de 2 mil dólares para levar o entorpecente até o seu destino.

“Essa droga é uma cocaína extremamente pura, o preço de mercado dela é muito alto, os três quilos está avaliado em aproximadamente R$ 100 mil. O Victor que era a “mula” a pessoa que fazia o transporte, iria receber 2 mil dólares, fora as despesas com a viagem”, concluiu Resende.

Victor vai responder pelo crime de tráfico internacional de droga. Órgãos competentes já foram acionados, o consulado e a embaixada equatoriana já foram notificados da prisão. O equatoriano irá a audiência de custódia ainda nesta manhã em Senador Guiomard e ficará a disposição da justiça.

Propaganda

Destaque 7

Videomaker e colunista do ac24horas concorrem ao Prêmio Glow 2019; deixe seu voto

Publicado

em

O videomaker Kennedy Santos e o colunista social Alex Thomas, ambos colaboradores do jornal eletrônico ac24horas, foram escolhidos pelo voto popular para concorrer a duas categorias de destaques no Prêmio Glow 2019, realizado pela agência Glow – Branding & MKT Digital. Kennedy disputa com outros quatro concorrentes à vaga de profissional mais destacado este ano, no ramo das produções audiovisuais. Já Alex Thomas enfrenta a categoria colunista social destaque de 2019.

As votações estão abertas através do link: http://bit.ly/premioglow. Esta é a primeira edição do evento, que irá anunciar os ganhadores das 10 categorias no próximo dia 18 de dezembro, no Afa Jardim. A festa de premiação contará com atrações musicais, espaços reservados para a gastronomia, sorteios, drinks e outras surpresas. O passaporte para a primeira edição do evento custa R$ 70.

O prêmio surgiu com o propósito de atuar como uma grande vitrine de negócios, unindo marcas, clientes, influenciadores digitais e personalidades acreanas de diversas áreas que se destacaram em 2019.

Para acompanhar a votação dos profissionais que mais brilharam em 2019, basta acessar o perfil da @glowbranding.

Continuar lendo

Destaque 7

Bittar atende reivindicação de empresários e garante término da ponte sobre o Rio Madeira

Publicado

em

Preocupados com o andamento da construção da ponte sobre o Rio Madeira, em Rondônia, a classe empresarial do Acre buscou apoio junto ao senador Márcio Bittar (MDB) esta semana após receberem o relatório de visita técnica que apresentava a falta de R$ 23 milhões para a conclusão da obra.

A ponte, que tinha previsão para ser entregue ainda em 2019, só deve ser inaugurada em 2020. “Recebi uma delegação de empresários e membros da Federação das Indústrias do Estado do Acre (Fieac) na terça-feira, 11, pois estavam eles estavam temerosos com a notícia de que não havia orçamento da União, nem rubrica, garantido dinheiro para terminar a ponte sobre o Rio Madeira”, explica Bittar.

Foi então que o parlamentar procurou informações junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) para saber o que de fato ocorreu. “O pior não aconteceu, porque existe a rubrica. Se não tivesse, seria bem mais complicado. Inicialmente só tinha R$ 1 milhão liberado para o término da obra, o que é pouco, e assim realmente faltava R$ 23 milhões”.

Contudo, nesta quinta-feira, 13, o senador recebeu uma ligação do DINIT garantindo que o próprio governo já conseguiu mais R$ 15 milhões para a obra. “Então fica faltando somente R$ 7 milhões. Mas já fiz um ofício solicitando e, no primeiro semestre do ano que vem, com apoio dos demais, vamos conseguir liberar”, salienta.

Bittar diz que entende a preocupação dos empresários acreanos. “Mas já está tudo certo, o resto a gente vai conseguindo”. Segundo o parlamentar, outra situação que estava se tornando um problema era a dúvida se a parte final da ponte que falta construir precisaria de uma nova licitação. “Essa dúvida já resolvemos na audiência que tive com o ministro [da Infraestrutura], o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL) e os técnicos do Dnit, que já disseram que não vai precisar fazer nova licitação, apenas um aditivo”, conclui o parlamentar.

A obra da ponte que finalmente ligará o Acre ao restante do país pela BR-364 começou em 2014 e é um dos maiores desejos dos acreanos. Já foram investidos mais R$ 130 milhões na construção.

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas