Conecte-se agora

Defensoria Publica é a mais conhecida e melhor avaliada pela sociedade, aponta pesquisa da FGV

Publicado

em

Uma pesquisa encomendada pela Associação de Magistrados do Brasil (AMB), realizada pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), mostrou um estudo, inédito em profundidade, no qual aponta oportunidades para o Judiciário melhorar a comunicação com os cidadãos e aumentar a aproximação com a população.

No Brasil, dentre os orçamentos do sistema de justiça, as defensorias públicas são as que tem o menor orçamento dentre o sistema do judiciário.

No Acre, a Defensoria Pública do Estado (DPE) tem apenas um pequena fatia de 0,9% do orçamento no Acre, enquanto o Tribunal de Justiça (TJAC) tem 8% e o Ministério Público do Estado (MPE/AC) com 4% do Orçamento.

Em 2018, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) também fez um pesquisa e também foi apontada que a Defensoria Pública é a instituição melhor avaliada no país. Ou seja, em 2018, e agora em 2019, a Defensoria Pública foi considerada a instituição melhor avaliada pela sociedade.

A pesquisa disponibilizou à sociedade um amplo conjunto de informações sobre as percepções e expectativas a respeito da atuação do Judiciário brasileiro, a avaliação do cumprimento de suas funções de garantir os direitos individuais, coletivos e sociais.

No estudo foi usado metodologias e técnicas qualitativas e quantitativas, abrangendo diversos segmentos de público: sociedade (termo usado a seguir para denominar usuários e não usuários dos serviços da Justiça, sendo os jurisdicionados demandantes e demandados) advogados, defensores públicos, e formadores de opinião.




Propaganda

Destaque 4

Se depender dos incendiários, Gladson vai passar a caneta nos aliados indicados por Petecão

Publicado

em

video




Continuar lendo

Destaque 4

Empreendedora explica o coworking, e como trabalhar em um ambiente comunitário

Publicado

em

Ter a perspectiva de uma carreira profissional em empresa ou no serviço público parece que está deixando de ser o sonho dos jovens brasileiros. Eles estão querendo, cada vez mais, a independência se tornando empreendedores desde cedo.

No “Boa Conversa” desta sexta-feira (13) a convidada é a Natália Albuquerque, proprietária da Casa Urbana.

Natália informa que irá ocorrer nesta sexta-feira (13) e sábado (14) uma exposição de artesanatos, biojoias, comidas típicas, rodada de negócios, talk show e memórias em grupo.

O evento irá contar com palestras para esclarecimentos de quem ainda tem dúvidas sobre o assunto. A entrada é franca.

“A população está convidada a participar deste espaço”, disse Natália Cavalcante.

Assista essa Boa Conversa:

video




Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas